Sihl relança seu portfólio de mídias

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/05/2017
Substratos são indicados para decoração, fotografia e comunicação visual comercial

Substratos são indicados para decoração, fotografia e comunicação visual comercial

A Sihl, fabricante de mídias para comunicação visual, será uma das expositoras da Fespa 2017, feira que ocorre entre os dias 8 e 12 de maio, na Alemanha. A empresa aproveitará o evento para relançar seu portfólio de substratos para decoração, fotografia e comunicação visual comercial.

Entre os destaques de sua nova coleção de papéis de parede, a Sihl destacará o design2wall HealthClean 295. Trata-se de um material resistente ao rasgo e que permite a limpeza desinfectante. Pode-se, inclusive, empregar etanol para a limpeza da mídia, que garante a ancoragem da tinta sublimática impressa.

A linha de fotografia e fine arts recebeu dois novos canvas, um para impressão de tinta à base d’água e outro para impressão solvente e látex.

Outro lançamento da empresa é a Prime 400 FR Matt AQ (3503), mídia têxtil de poliéster preto para confecção de banners. Com um revestimento branco no lado que pode ser impresso, o substrato oferece planicidade e pode ser colocado em sistemas roll-up.

A Sihl também exibirá na Fespa 2017 o novo Wallgrafx Prime 240 FR Satin, tecido de poliéster autoadesivo com revestimento superficial para receber tintas solvente e látex. O produto é indicado na produção de decoração de paredes, estandes, mobiliários e aplicações publicitárias.

Fonte: Sihl



Nova geração de plotters de recorte Roland CAMM-1

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/03/2017
GR Série GR é composta por três modelos de plotters de recorte

GR Série GR é composta por três modelos de plotters de recorte

A fabricante Roland DG anunciou três novos modelos de plotters de recorte da linha CAMM-1 GR: o 640 (com 1,62m de largura), o 540 (com 1,37m) e o 420 (com 1,06m). Segundo a empresa, a série foi redesenhada para oferecer mais precisão e velocidade e maior variedade de mídias.

Entre as novidades dos equipamentos está o design ergonômico do suporte e da máquina em formato "L", que dá mais estabilidade na produção. Além dele, o carro redesenhado, o suporte da lâmina e outros mecanismos permitem que as plotters operem em velocidade máxima de 1.485mm/s.

Para trabalhar com maior variedade de aplicações e mídias, a série GR oferece a função de ajuste de pressão dos roletes eletrônicos. As plotters também possuem uma ferramenta que permite o corte de sobreposição em substratos difíceis. Também há a função de emulação tangencial, que oferece maior precisão de corte de contornos para letras em mídias espessas.

Os equipamentos rodam com o software Roland CutStudio, que possui função de corte de perfuração indicada (para adesivos e decalques) e de corte por cor (útil em saídas de desenhos com várias folhas coloridas). O programa ainda inclui um plug-in que permite integração com Adobe Illustrator e CorelDRAW.

Yohei Shinomura, gerente de produto do negócio de impressão digital da Roland DG no Japão, declarou: “A indústria está mais diversificada. Além de sinalização, o corte agora pode ser utilizado para adesivação de janelas e veículos, proteção para automóveis, vestuário personalizado, etiquetas e decalques, protótipos de embalagem e muito mais. A amplitude de aplicações proporciona a oportunidade de uso de uma ampla gama de materiais, como películas para janelas, materiais refletivos de alta intensidade, materiais de termotransferência, papelão e máscara de jateamento”.

Desde 1988, a Roland DG vendeu mais de 440 mil plotters de recorte no mundo.

Fonte: Roland DG Brasil



Epson anuncia investimento em novas linhas de cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/06/2013

Epson faz investimento para ampliar a fabricação de cabeças de impressão

Epson faz investimento para ampliar a fabricação de cabeças de impressão

No Japão, a Seiko Epson Corporation investiu aproximadamente 16 bilhões de ienes (algo em torno de 164 milhões de dólares) em duas novas linhas de cabeças de impressão. As novidades devem chegar ao mercado no próximo semestre.

De acordo com a marca, os investimentos feitos nos últimos três anos resultaram em uma série de tecnologias capazes de atender às novas exigências de produção.

As novas cabeças possuem um design aperfeiçoado, que auxilia a automatização dos processos nas linhas de montagem.

"Nossa visão corporativa apela para a expansão do negócio de impressoras a jato de tinta, e as novas linhas de produção representam um elemento essencial nesses planos", disse Motonori Okumura, diretor executivo e gerente administrativo.

"Daqui para frente, a Epson vai aumentar a sua competitividade, expandindo o uso das novas cabeças de impressão", concluiu Okumura.

Fonte: Epson