SGIA passa a credenciar profissionais habilitados em gerenciamento de cores

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/07/2017
Primeira turma de profissionais credenciados já está atuando

Primeira turma de profissionais credenciados já está atuando

Nos Estados Unidos, a SGIA (Specialty Graphic Imaging Association) criou um programa de avaliação e certificação de profissionais especialistas em reprodução de cores digitais. Para obter o selo (SGIA Color Digital), os avaliados devem passar por um processo de duas etapas. Na primeira, o requerente realiza um teste escrito para demonstrar seus conhecimentos. Em seguida, ele deve imprimir uma imagem de teste fornecida pela própria SGIA. Ao término, uma equipe especializada avalia a qualidade e a consistência da reprodução levando em consideração especificações técnicas industriais. A primeira leva de avaliados foi composta por 16 alunos. No entanto, apenas sete obtiveram a certificação.

Ray Weiss, especialista da SGIA, declarou: “A cor é importante para um trabalho que satisfaça o cliente. Criamos a certificação profissional SGIA Color Digital como uma forma de provar que as empresas têm essa competência. O conhecimento teórico é fundamental, mas o que diferencia uma empresa é sua capacidade de obter as cores certas na prática. Empresas com o selo SGIA Digital Color provaram seu conhecimento e habilidades no assunto”.

Fonte: SGIA



Canon e Zünd desenvolvem nova solução de corte e acabamento

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/07/2016
Protótipo foi apresentado durante a feira Drupa 2016

Protótipo foi apresentado durante a feira Drupa 2016

A Canon, fabricante de impressoras digitais, e a Zünd, fornecedora de mesas de corte, estão desenvolvendo uma solução que visa aumentar a eficiência do fluxo de trabalho de birôs e gráficas digitais. Chamada provisoriamente de View & Cut, a máquina, cujo protótipo foi apresentado na Drupa 2016, visa automatizar o acabamento dos materiais impressos por equipamentos de grande formato da Canon. Trata-se de uma solução que une características de dispositivos da Océ e da Zünd.

A solução incorpora tecnologia EOS da Canon a um sistema que reconhece marcas de registro nos impressos e identifica automaticamente os trabalhos sobre a mesa. A tecnologia de visualização e corte converte os dados obtidos em instrução para o software Océ ProCut Vision, que processa os trabalhos com base em suas especificações, como cortes e vincos.

O equipamento poderá reduzir drasticamente a intervenção manual do operador no acabamento, além de poder aumentar a automatização das saídas de folhas ou rolos de uma ou mais impressoras de grande formato da Canon. Também oferecerá a possibilidade de aninhar vários trabalhos em folhas ou em rolos para agilizar os acabamentos.

A View & Cut ainda está em desenvolvimento e não está disponível comercialmente, mas ela mostra como os fabricantes estão pensando em novas soluções para aumentar a produtividade e a automação nos fluxos de trabalhos.

Mathew Faulkner, gerente de marketing da Canon Europa, declarou: “Esta inovação demonstra como o conhecimento da Canon pode gerar um progresso real e pragmático a ambientes de produção de impressão exigentes”.

Fonte: Graphic Display World



Roland DG lança tintas sublimáticas fluorescentes

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/06/2016
Insumos foram desenvolvidos para equipamentos da linha de impressoras Texart

Insumos foram desenvolvidos para equipamentos da linha de impressoras Texart

A Roland DG, fabricante de impressoras digitais, anunciou uma nova linha de tintas sublimáticas fluorescentes. Segundo a filial brasileira da fornecedora, os insumos passarão a ser vendidos no país a partir de agosto de 2016.

Formulada especificamente para as impressoras Texart, a série fluorescente é composta por duas cores: rosa (Fp) e amarela (Fy). Combinados com as demais tintas sublimáticas originais da Roland, os insumos possibilitam a reprodução de centenas de tonalidades vivas e fluorescentes.

Os equipamentos Roland Texart são indicados para a produção de vestuários esportivos, moda, sinalização em tecido, decoração, itens promocionais, entre outras aplicações. As impressoras podem trabalhar com a Roland DG Fluor, biblioteca de cores patenteada que pode ser instalada no Adobe Illustrator ou no CorelDraw. De acordo com a empresa, o dispositivo permite que, com um simples clique na cor desejada da paleta, sejam incorporadas na produção cores fluorescentes, brilhantes e pastéis.

Yuko Maeda, presidente de desenvolvimento de mercado para a divisão de impressão digital da Roland DG, declarou: “Há uma crescente demanda para produções personalizadas ou de pequenas quantidades no mercado de decoração têxtil. Acreditamos que com a adição das tintas fluorescentes, aumentaremos não apenas a versatilidade das nossas impressoras Texart, mas também ampliaremos as possibilidades de impressão em tecidos para nossos clientes, especialmente para vestuários esportivos e moda”.

Fonte: Roland DG