SGIA organiza grupo especial para criação de padrões de cores na impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/04/2019
Trabalho visa reduzir desperdícios e aumentar a satisfação dos clientes

Trabalho visa reduzir desperdícios e aumentar a satisfação dos clientes

A SGIA (Specialty Graphic Imaging Association), associação norte-americana voltada para os mercados de inkjet e serigrafia, está reunindo alguns dos maiores especialistas em cores para atender a uma séria necessidade da indústria: padrões de cores para a impressão digital. Trata-se de um novo grupo de trabalho que incluirá representantes de fabricantes de tintas, mídia, impressoras, softwares e soluções de cores.

Ray Weiss, diretor de programas de impressão digital da SGIA, declarou: “Há uma grande lacuna na área de normas na indústria de impressão. Embora as especificações de cores, como SWOP e GRACol, sejam baseadas em impressoras offset que executam tintas tradicionais CMYK, a impressão digital é completamente desassistida, com substratos e conjuntos de tinta variando tremendamente. Nós (SGIA) temos o conhecimento e contamos com o apoio de fabricantes e impressores. É hora de agir. Este é um projeto desafiador, e temos alguns dos melhores profissionais da indústria trabalhando nele”.

Weiss disse que a ideia do grupo é criar padrões para reduzir desperdícios e aumentar a satisfação dos clientes. Além disso, o Sonoco Institute, da Clemson University, fornecerá dados de medição, e o economista-chefe da SGIA, Andrew D. Paparozzi, supervisionará os cálculos estatísticos.

Até o momento, os profissionais que estão participando do grupo são:

• Travis Barcelona, Nazdar;

• Bruce Bayne, SpotOn;

• Tim Bolton, Ricoh;

• Dave Brewer, Image Options;

• Tom Cooper, WestRock;

• Ann Crum, Phoenix Ink;

• Dan Gillespie, Alder Technology;

• Josh Hope, Mimaki;

• Mike Mentone, 3M;

• Chris Padilla, Mutoh;

• Peter Pretzer, Fujifilm;

• Jim Raffel, ColorCasters;

• Bruce Ridge, Nazdar;

• Paul Roba, Avery Dennison.

• Toby Satterfield, Ricoh;

• Max West, Holland e Crosby.

Fonte: SGIA



Fornecedora alemã lança cortadora a laser de tecidos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/01/2018
3XL-3200 corta substratos têxteis de grandes formatos

3XL-3200 corta substratos têxteis de grandes formatos

A Eurolaser, fabricante alemã de equipamentos digitais, anunciou a 3XL-3200, cortadora a laser para processar tecidos com largura e comprimento de até 3,2m.

O equipamento conta com sistema de alimentação de rolo e transportador especialmente desenvolvido para garantir o processamento adequado das mídias.

Segundo a empresa, a cortadora é modular e pode ser configurada de acordo com as necessidades de cada cliente. Além disso, conta com ferramentas como o reconhecimento óptico de materiais impressos.

A Eurolaser também oferece seminários para os operadores dos equipamentos da marca. Os cursos tratam de operação e manutenção eficiente e ambientalmente correta dos maquinários. Além disso, dão dicas e apresentam soluções de problemas.

Fonte: Eurolaser



Zünd lança Zünd Cut Center 3.0

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/12/2017
ZCC 3.0 vem com ferramentas melhoradas de corte e gerenciamento remoto

ZCC 3.0 vem com ferramentas melhoradas de corte e gerenciamento remoto

A Zünd, fabricante de mesas de corte, anunciou a versão 3.0 do Zünd Cut Center (ZCC). O software passou a oferecer métodos de registro aprimorados e um painel de controle adicional, para acesso remoto às informações de produção.

O ZCC 3.0 inclui algoritmos para capturar as marcas com mais precisão. Assim, a câmera ICC visa apenas marcas críticas, ignorando as demais. Isso gera economia de tempo e aumenta a produtividade.

A dashboard é outro destaque da nova versão do aplicativo. Por meio dela, é possível visualizar os dados de desempenho das mesas de corte Zünd, para gerenciamento e acesso remoto a todos os dados de produção. O status do trabalho em tempo real pode ser visualizado a qualquer hora e em qualquer lugar. As estatísticas fornecem uma visão clara e instantânea da produção.

O Cut Queue do ZCC 3.0 oferece uma paleta de ferramentas de planejamento de produção e gerenciamento de tarefas. Muitas configurações podem ser manipuladas manualmente ou automaticamente por meio de hot folders, através do Cut Editor.

Os hot folders geram automaticamente arquivos para programas de CAD e layout. Isso acelera a preparação e elimina as etapas manuais. O software também otimiza automaticamente os dados de corte, para diminuir o tempo de processamento.

O Cut Editor também oferece funções de corte, vinco e nesting.

Fonte: Zünd