SAi esclarece dúvidas sobre gerenciamento de cores para grandes formatos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/02/2019
Executivo da desenvolvedora aborda pontos fundamentais sobre o processo

Executivo da desenvolvedora aborda pontos fundamentais sobre o processo

Gudrun Bonte, vice-presidente de gerenciamento de produtos da SAi, desenvolvedora de aplicativos dedicados a impressão de grande formato, responde a algumas das perguntas mais corriqueiras sobre gerenciamento de cores.

Quais ferramentas de gerenciamento de cores a SAi oferece para grande formato? Descreva os produtos e como usá-los.

O Flexi, software RIP da SAi, inclui um conjunto completo de ferramentas para criação de perfis, capazes de guiar os birôs por todo o processo. O SAi Flexi também tem ferramentas para automatizar o Pantone e para fazer correspondência manual de cores especiais.

Como o aplicativo se diferencia da concorrência?

A SAi se diferencia ao tornar mais fácil o gerenciamento de cores para as pessoas sem experiência. O Flexi também é o único RIP de perfis para grande formato disponível hoje por assinatura. Por apenas 50 dólares por mês, os bicôs podem ter um RIP completo.

Calibração de cores é passo fundamental no gerenciamento de cores

Com quais sistemas de cores o Flexi trabalha?

O Flexi funciona perfeitamente com perfis ICC compatíveis. Ele também se integra perfeitamente às bibliotecas online de perfis dos fabricantes de impressoras. Isso significa que os birôs só precisam colocar a mídia na impressora e o Flexi carregará automaticamente o perfil da biblioteca do fabricante do equipamento.

Além dos perfis de cores, quais opções estão disponíveis para os birôs que desejam aprimorar o gerenciamento de cores?

Qualquer birô que leve a sério a comunicação de cores precisa ter um dispositivo de medição de cores. Ferramentas como o Color Muse fazem medições precisas de cores especiais e também comparam cores impressas. Esses dispositivos portáteis custam menos de 100 dólares e suas medições podem ser usadas no software RIP para as correspondências. A maneira mais eficaz de os birôs poderem aprimorar suas habilidades de gerenciamento é por meio de treinamentos profissionais. O software pode facilitar o processo, mas o treinamento ajuda os profissionais envolvidos a entender como comunicar cores com os clientes e como implementar um fluxo de trabalho completo.

Quais são as atuais expectativas dos clientes dos birôs?

Os compradores de impressão estão mais cientes e exigentes. Querem que suas cores combinem nas mais diversas mídias. Os compradores de impressão querem cores mais consistentes e são mais propensos a trocar de birô para obter esse resultado. Muitos compradores de impressão sabem quais cores devem estar em seus produtos. Isso significa que a comunicação de cores e a antecipação clara das expectativas se tornaram mais importantes. Ou seja, os birôs precisam estampar corretamente e também se comunicar de forma inteligente com os seus clientes.

Amostras de cores reproduzidas pelo aplicativo

Quais são os maiores desafios que os birôs enfrentam para atender tais expectativas?

Sem treinamento ou processo formal de gerenciamento de cores, os birôs podem ter muita dificuldade para obter consistência de cores. Controles de processo, como a Calibração G7 e a simulação de perfis, tornamra-se importantes para os trabalhos mais complicados. É muito difícil obter cores precisas e consistentes sem o uso dos perfis ICC correspondentes às mídias usadas. Portanto, corrigir esse problema tornará o gerenciamento de cores mais fácil. É por isso que os birôs estão investindo na criação de seus próprios perfis.

A crescente variedade de mídias de grande formato aumenta a necessidade de ferramentas de gerenciamento de cores? Por quê?

Os princípios básicos do gerenciamento de cores são os mesmos, independentemente da mídia. No entanto, fazer a correspondência de cores em diferentes tipos de mídias e tintas é muito difícil sem o gerenciamento.

Como as ferramentas de gerenciamento de cores se adaptaram para oferecer suporte a uma variedade maior de mídias?

A nova geração de dispositivos de medição de cores tornou muito mais rápido e fácil perfilar mídias transparentes e têxteis. Esses dispositivos são investimentos caros, mas reduzem drasticamente o desperdício. Ferramentas de perfil de cores se tornaram muito mais fáceis de operar. Por exemplo, a versão mais recente do Flexi inclui um assistente que guia o usuário iniciante na confecção de perfis. Ele também inclui ferramentas de comparação e relatório, para ajudar os birôs a comunicar melhor sobre as cores com seus clientes.



GCC implementa novas funções em suas plotters

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/08/2019
Funções de corte de contorno, velocidade e economia de mídias foram adicionadas aos equipamentos

Funções de corte de contorno, velocidade e economia de mídias foram adicionadas aos equipamentos

A fabricante GCC anunciou que três novas funções foram adicionadas às plotters de recorte dos modelos Supremacy e Elite das séries RX II, Jaguar V e Puma IV. As novidades são:

- Função de velocidade AAS: permite variar a velocidade de leitura da marca de registro, em 3 opções (baixa, média e alta). Para obter maior precisão do corte de contorno, deve-se usar a opção de baixa velocidade (lendo lentamente a marca de registro 3 vezes). Para maior produtividade, os usuários podem ajustar a velocidade como alta (leitura da marca de registro 2 vezes, e mais rápido);

- Função de aceleração: a velocidade pode ser ajustada entre 3 a 153cm por segundo. A aceleração pode ser ajustada em 3 níveis (alta, média e baixa). Trata-se do ajuste da velocidade de movimento horizontal entre os objetos cortados. Os usuários podem fazer ajustes com base nos materiais, na qualidade e na produtividade;

- Modo “economia de papel”: quando a mídia tem formato de folha, a área de corte normal deve estar dentro da região de cobertura das marcas de registro. Por meio desse modo, os usuários podem expandir ambos os comprimentos (até 10mm) e largura (19mm), para que o corte possa ser executado além da marca de registro.

Fonte: GCC



Feira Signs Nordeste espera receber 8 mil visitantes em 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/09/2013

Signs Nordeste: feira leva novidades à região

Signs Nordeste: feira leva novidades à região

Agendada para ocorrer entre os dias 29 de outubro e 01 de novembro, no Centro de Eventos do Ceará, em Fortaleza (CE), a edição 2013 da Signs Nordeste, feira de impressão digital e serigrafia, promete apresentar novos equipamentos, materiais e mídias para técnicos e empresários da região.

Faça sua inscrição
Baixe a planta da feira

Segundo a FCEM Feiras e Congressos, organizadora do evento, a exposição contará com os principais fornecedores de equipamentos serigráficos e de impressão digital sediados atualmente no país. Também serão apresentados lançamentos de lonas, adesivos, substratos e tintas.

No ano passado, a primeira edição da feira contou com 45 marcas, que exibiram tecnologias para mais de 5 mil profissionais. Para 2013, a expectativa é que o evento atraia mais de 8 mil pessoas.

Além das marcas que expuseram em 2012, o visitante encontrará, numa área de exposição ainda maior, prestadores de serviço e publicações técnicas. O evento ainda conta com apoio das seguintes entidades:

  • Abigraf (Associação Brasileira da Indústria Gráfica);
  • Abimaq (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos);
  • Fortaleza Convention & Visitors Bureau;
  • Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micros e Pequenas Empresas);
  • Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial);
  • Sindicato da Indústria Gráfica do Ceará.

Veja fotos da edição passada da feira Signs Nordeste:

Os visitantes poderão ver tecnologias de sublimação em funcionamento

Os visitantes poderão ver tecnologias de sublimação em funcionamento

Em 2012, a feira atraiu cerca de 5 mil pessoas

Em 2012, a feira atraiu cerca de 5 mil pessoas

Em 2013, a organizadora pretende angariar 8 mil visitantes

Em 2013, a organizadora pretende angariar 8 mil visitantes

Visitante vai poder conferir novas impressoras digitais

Visitante vai poder conferir novas impressoras digitais

Feira dá ênfase a tecnologias de impressão digital

Feira dá ênfase a tecnologias de impressão digital

Fonte: Signs Nordeste