SAi cria associação internacional para signmakers

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/01/2013

ISPG_Logo_Blue

A SA International (SAi), desenvolvedora de softwares e soluções para comunicação visual, lançou uma organização internacional a fim de ajudar birôs, gráficas digitais e signmakers a expandirem seus negócios.

Intitulado "INTERNATIONAL SIGN & PRINTMAKERS GUILD", o projeto vai oferecer uma série de benefícios para seus membros, incluindo o envio de novos clientes e oportunidades de garantir novas relações comerciais de longo prazo.

"A organização possibilitará uma ampla expansão do universo de sinalização e de impressão de grande formato", afirmou Mark Blundell, CEO e presidente da SAi. "Muitos de nossos clientes continuam enfrentando o desafio de manter seus lucros em ambientes muito concorridos. Com as possibilidades de patrocínios para esta indústria, a associação pode até mesmo reduzir as despesas dos membros", revelou.

A SAi pretende investir três milhões de dólares em publicidade online nos próximos anos. A ideia é atrair um público voltado para o mercado de sinalização digital e impressão em grande formato. Por meio da associação, esses clientes serão encaminhados diretamente para seus membros mediante o pagamento de uma taxa baixa.

Acesse o site da INTERNATIONAL SIGN & PRINTMAKERS GUILD para obter mais informações sobre essa nova agremiação.

Fonte: SAi. Texto: InfoSign



Epson conclui obras de nova fábrica de cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/07/2018
Planta vai triplicar a capacidade de produção de chips PrecisionCore

Planta vai triplicar a capacidade de produção de chips PrecisionCore

No Japão, a fabricante Seiko Epson concluiu a construção de uma nova fábrica dedicada a produzir chips de impressão inkjet PrecisionCore. As obras haviam começado em 2016. O novo empreendimento, que começará a operar no ano fiscal de 2018 (que termina em 31 de março de 2019), triplicará a capacidade atual de confecção dos chips.

Segundo a empresa, a fábrica será o segundo local de produção dos eletrônicos PrecisionCore, que atualmente são fabricados na província de Nagano, também no Japão. A Epson também frisou que a estrutura, as instalações e os equipamentos da nova planta apresentam excelente resistência a desastres, o que reforça a segurança na continuidade de negócios da marca.

O novo empreendimento também foi projetado para atingir uma produtividade espacial 20% maior do que as fábricas existentes. Além disso, conta com departamento de pesquisa e desenvolvimento, o que lhe granjeia um papel fundamental na melhoria da qualidade e produtividade das cabeças de impressão.

Sob o lema “Epson 25 Corporate Vision”, a empresa busca atender aos mercados de impressão comercial, industrial e em escritórios. No ano fiscal de 2018, a marca planeja vender 9,5 milhões de unidades de impressoras, um aumento de 1,7 milhão em relação ao ano fiscal de 2017.

Nos setores comercial e industrial, a empresa espera que haja uma substituição acelerada de soluções analógicas para as digitais, o que gerará um crescimento significativo do mercado de impressoras de sinalização, tecidos e rótulos. Para tanto, a Epson continuará a fortalecer suas linhas de impressoras de grande formato. A nova fábrica permitirá à empresa expandir sua presença nesses segmentos, além de reforçar sua capacidade de lidar com um aumento esperado de médio alcance na demanda por cabeças de impressão.

Fonte: Epson



Epson adquire fabricante italiana de impressoras têxteis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/06/2016
Impressoras Monna Lisa, da Robustelli, passarão a integrar o portfólio da Epson

Impressoras Monna Lisa, da Robustelli, passarão a integrar o portfólio da Epson

A Epson, desenvolvedora japonesa de tecnologias, firmou recentemente um acordo com a Robustelli, fabricante italiana de impressoras têxteis digitais, a fim de adquirir todo o capital da empresa europeia.

A aquisição da Robustelli aumentará a capacidade produtiva da Epson, que passará a oferecer um número maior de impressoras inkjet têxteis a seus clientes. A Epson contará com a experiência da Robustelli para acelerar o desenvolvimento de tecnologias de impressão digital têxtil que ajudem os clientes a expandir seus negócios. As duas empresas concentrarão esforços de pesquisa e desenvolvimento para atingir esse objetivo.

Localizada em Como, um dos polos europeus da indústria têxtil, a Robustelli especializou-se desde 1972 no desenvolvimento, fabricação e venda de equipamentos para estamparia em tecidos. Atualmente, o principal produto da empresa é a série Monna Lisa.

Sunao Murata, COO da divisão Professional Printing Operations da Epson, declarou: “A parceria com a Robustelli nos coloca em um ótimo lugar para atender as necessidades de um número maior de clientes que procuram aproveitar as vantagens de soluções digitais para ajudar a conduzir seus negócios. Vamos trabalhar com nossos colegas da Robustelli para colocar a linha de impressoras Monna Lisa em um novo patamar”.

Estima-se que o mercado global de impressão digital têxtil cresça a uma taxa anual de aproximadamente 25%. Além de usar sua rede de produção para atender a essa demanda, a Epson pretende otimizar suas vendas mundiais e aumentar sua rede de serviços para fornecer a linha de impressoras Monna Lisa a um número maior de países.

O presidente da Epson, Minoru Usui (segundo da direita para a esquerda), com Sandro, Valerio e Riccardo Robustelli