Roland DG lança impressora VersaUV LEF-20

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/02/2014

LEF-20 complementa a linha de impressoras UV desktop da Roland

LEF-20 amplia a linha de impressoras UV desktop da Roland

A Roland DG, fabricante de equipamentos digitais, lançou no Brasil a LEF-20, impressora UV de mesa indicada para empresas de brindes, como canetas, pen-drives, capas de celular, cases para tablets, componentes de equipamentos, artigos eletrônicos, entre outros materiais. A impressora faz parte da VersaUV LEF, linha de máquinas que imprime diretamente sobre uma ampla variedade de substratos e objetos 3D.

A máquina oferece uma área de impressão maior (quase o dobro do modelo anterior, LEF-12), o que permite o trabalho em objetos de até 508mm de largura, 330mm de comprimento e 100mm de altura.

Além de apresentar área expandida de impressão, a máquina emprega lâmpada UV LED. Isso aumenta a produtividade e melhora o desempenho do equipamento e da cura. Graças a esse sistema, que seca instantaneamente a tinta durante a impressão, é possível imprimir materiais rígidos (PET, ABS, policarbonato e PS) e flexíveis (couro e tecido).

A lâmpada LED UV (de baixo calor) e as tintas ECO-UV permitem a impressão em vários substratos tratados e não tratados, incluindo dispositivos eletrônicos e plásticos sensíveis a calor, sem o risco de causar danos a eles.

Impressão

A LEF-20 apresenta a tecnologia Roland Intelligent Pass Control, que permite a impressão de gradações tonais suaves e cores sólidas em reproduções de imagens e textos nítidos.

A impressora oferece dois modos de impressão: Generic (para detalhes em superfícies planas) e Distance (para objetos em que a superfície não é nivelada).

Além disso, a LEF-20 apresenta uma configuração especial de tintas ECO-UV, que inclui branco e verniz, permitindo a produção de materiais com acabamento (brilhante ou fosco) e impressões em relevo com várias camadas.

O equipamento também conta com 72 padrões de texturas prontos e facilmente incorporados a qualquer design. Com ele, é possível criar efeitos de alto valor, atraentes e exclusivos.

Desempenho

Equipada com lâmpadas LED UV de longa vida útil (até 10 mil horas), a máquina não precisa aquecer, o que a torna mais eficiente e fria ao toque. A impressora ainda dispõe de uma tampa hermeticamente fechada, que protege o operador contra a luz UV e evita que sujeira caia sobre a superfície do substrato durante a impressão.

Próximo à cabeça de impressão da LEF-20, há um ventilador cuja função é soprar a névoa de tinta para um filtro. Trata-se de um sistema que coleta resquícios de tinta e evita embaçamento de cores e impressão fora das bordas. O filtro pode ser facilmente substituído pelo usuário.

Com o objeto 3D inserido na máquina e com a função de ajuste automático selecionada, a LEF-20 começa a mover a mesa (para frente e para trás) até que sua superfície atinja a altura adequada para a operação. Essa função ajuda a manter a produção de cópias de qualidade por conta do ajuste automático da distância entre a cabeça de impressão e a superfície do material.

Fonte: Roland DG Brasil



EasyCut Studio chega à versão 4.102

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/11/2017
Software pode operar diversos modelos de plotters de recorte

Software pode operar diversos modelos de plotters de recorte

Indicado para rodar plotters de recorte, o software EasyCut Studio foi atualizado para a versão 4.102, que passou a suportar mais 100 modelos de equipamentos, dentre eles: Goldcut JK, Redsail, Liyu, KingCut, Roland PNC, Secabo, Creation PCut, TENETH, UKCutter, VicSign e Ioline.

O Easy Cut Studio foi desenvolvido exclusivamente para produção profissional de sinalizações que envolvam recorte de vinis, como letras, logotipos, decalques, transfers, envelopamento de carros, displays, entre outras aplicações.

O software oferece recursos como a autovetorização, soldagem e opções de corte avançadas. Também conta com funções para capturar dados de imagem e criar de marcas de registro.

Disponível para Mac e Windows, o aplicativo suporta mais de 500 plotters de recorte, como Liyu, Redsail, Roland, GCC, Saga, ASC365, Seiki, Bosskut Gazelle, Craftwell eCraft, BlackCat, Cougar/Lynx, Pazzles Inspiration, Silhouette SD/CAMEO/Portrait, SilverBullet, USCutter e VinylExpress.

Fonte: EasyCut Studio



InfoTrends lança estudo sobre o mercado de estamparia digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/01/2013

Infotrends faz estudo sobre estamparia digital

A InfoTrends, empresa de consultoria para a indústria de impressão, concluiu um novo estudo voltado ao segmento de estamparia digital. Chamado "Transforming Textile Printing" (Transformando a Impressão Têxtil), a análise explora questões sobre demanda e tendências, além de enfatizar as características das empresas envolvidas na cadeia produtiva desse mercado.

Segundo o estudo, o potencial da impressão digital no mercado têxtil é bastante promissor. Isso se deve à introdução de equipamentos de altíssima velocidade e que também permitem trabalhar com diversos tipos de tintas.

A indústria têxtil global está avaliada em aproximadamente um trilhão de dólares. Desse todo, o InfoTrends estima que a parcela que utilizada a estamparia digital (para vestuário, decoração e produtos industriais) é de 10,3 bilhões (em 2012), ou menos que 1,5% de todo o mercado têxtil.

Apesar do segmento de estamparia digital ainda ser pequeno — se comparado com a indústria têxtil como um todo —, ele vem crescendo expressivamente e, de acordo com o InfoTrends, as receitas de vendas de tintas e equipamentos voltados para esta finalidade deve ter um crescimento anual de cerca de 30%.

Segundo a consultoria, as principais tendências que estão impulsionando este crescimento incluem a tecnologia de impressão de alta qualidade, a disponibilidade de soluções com preços mais baixos (que permite a entrada de novas empresas no mercado) e sistema aberto de cabeças de jato impressão, que permite o uso de tintas de vários fornecedores diferentes.

O estudo cobre os seguintes itens:

  • Fornecedores de sistemas de impressão digital e fabricantes de cabeças de impressão;
  • Fornecedores de tintas digitais e os tipos de tintas;
  • As fibras e os tecidos utilizados na impressão têxtil;
  • Sustentabilidade na impressão digital têxtil.

O estudo é baseado em entrevistas com empresas de toda a cadeia produtiva da estamparia digital. Ao todo, o InfoTrends realizou 67 entrevistas com empresas na China, Índia, Estados Unidos e Itália.

O documento, porém, custa 16,995.00 dólares. O interessado pode acessar mais informações na página especialmente criada para o estudo.

Fonte: InfoTrends. Texto: InfoSign