Roland DG apresenta a nova impressora solvente SOLJET Pro4 XF-640

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/04/2013

A Roland DG, fabricante de equipamentos para comunicação visual, lançou no dia 02 de abril, em todas as suas filiais e subsidiárias, a SOLJET Pro4 XF-640, impressora digital solvente que possui 1,6m de largura. Trata-se do equipamento mais rápido da empresa, por trabalhar na velocidade máxima de 102m2/h. Para oferecer tal característica, a máquina incorpora novas tecnologias, como o duplo CMYK (com duas cabeças) e sistema redesenhado de alimentação de substratos.

"Hoje, há uma grande demanda por impressoras velozes tanto em países desenvolvidos quanto em mercados emergentes", comentou Katsuo Ikehata, gerente de pesquisa e desenvolvimento da Roland DG. "Além da produção de alto volume, o objetivo de muitos dos nossos clientes é reproduzir imagens de qualidade. A SOLJET Pro4 XF-640 foi desenvolvida para dar conta dessa necessidade, pois ela combina impressão excepcional e alta velocidade."

A nova impressora da Roland é uma ferramenta voltada para quem produz aplicações indoor e outdoor, como placas, banners, envelopamento de carro, instalações em janelas, displays de PDV, adesivação em estandes, cartazes, entre outras aplicações.

SOLJET Pro4 XF-640, impressora solvente, com 1,6m de largura chega a 102m2/h

SOLJET Pro4 XF-640, com 1,6m de largura chega a 102m2/h

Nova tecnologia de impressão

A SOLJET Pro4 XF-640 incorpora duas cabeças de impressão (duplo CMYK), instaladas de modo escalonado, que elimina problemas de banding. As novas cabeças também foram projetadas para disparar níveis elevados de tinta, a fim de reproduzir imagens mais densas e cores saturadas.

Segundo a Roland, a máquina possui arquitetura mais robusta, com diversos upgrades, como o trilho de rolamento, que suporta e estabiliza o grupo impressor (e as cabeças), fazendo com que as gotas de tinta sejam disparadas com mais precisão.

Tintas

A nova impressora XF-640 emprega as tintas ECO-SOL MAX2. Segundo representantes da marca, esses insumos secam rapidamente e oferecem uma gama de cores maior, resultando em imagens de qualidade elevada.

Além disso, a máquina vem com uma nova unidade (frontal) de carregamento de cartuchos, que facilita o trabalho de substituição desse invólucros. E uma trava, que protege as cabeças de impressão, abre-se ao tocar o botão de limpeza.

Sistema reformulado de alimentação de substratos

Um total de 16 roletes (pinch rollers) e um novo sistema de rolos garante a alimentação das mídias. Além disso, a máquina vem com um sistema redesenhado de aquecedores e take up, que otimiza a produtividade por diminuir o tempo da impressão e da secagem.

Além disso, a XF-640 tem alavancas de carregamento de mídia posicionadas tanto na parte da frente quanto na traseira da máquina, o que dá comodidade ao operador. Além disso, suportes especiais de substrato carregam até os mais pesados ​​rolos de mídia.

Fonte: Roland DG



Case: Instalação artística em novo mercado holandês de alimentos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/07/2014

Mercado foi apelidado de Capela Sistina de Rotterdam

Mercado foi apelidado de Capela Sistina de Roterdã

A cidade de Roterdã, na Holanda, ganhará em outubro de 2014 um novo mercado conceito especializado em produtos alimentícios. Contando com uma arquitetura peculiar, o estabelecimento, apelidado de "Capela Sistina de Roterdã", será decorado com mais de 11 mil metros quadrados de comunicação visual.

A arte que serviu de base para a instalação foi desenvolvida pelo birô TS Visuals em conjunto com o  artista Arno Coenen. Chamado de "Cornucópia", o grafismo cria a ilusão de que o observador está olhando, através da parede, para flores e alimentos que estão caindo do céu para a terra.

Estabelecimento tem onze mil metros quadrados de comunicação visual

Estabelecimento tem 11 mil metros quadrados de comunicação visual

As paredes e o teto do mercado foram cobertos por mais de quatro mil painéis de metal, que receberam impressão sublimática e revestimento brilhante, antigrafite e resistente a riscos. Muitos painéis foram dobrados para serem acomodados ao teto em forma de arco, conferindo um efeito 3D à arte.

Um dos maiores desafios do projeto foi manter o padrão de cores das imagens reproduzidas. Para tanto, o birô usou ferramentas como a Color Atlas Generator e a Spot Color Replacement do software Wasatch SoftRIP. Com o mesmo programa, a empresa realizou panelizações e nesting e adicionou marcas de corte e anotações nas imagens, para evitar confusão na hora de instalar as peças.

Fonte: My Print Resource



Como avaliar um fabricante de tintas de impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/11/2014

Contar com um fornecedor de qualidade é fundamental para manter o processo e o negócio de impressão digital em dia

Contar com um fornecedor de qualidade é fundamental para manter o processo e o negócio de impressão digital em dia

Na impressão digital de grande formato, as tintas contribuem significativamente nas despesas de produção. Portanto, os birôs estão sempre em busca de alternativas mais acessíveis e de boa qualidade. Na hora de pesquisar e escolher fornecedores de tintas, não deixe de levar em conta os pontos fundamentais listados abaixo:

Compatibilidade

O birô deve escolher uma tinta desenvolvida especificamente para o modelo de impressora em questão. A tinta feita sob medida para o equipamento terá melhor desempenho do que uma tinta genérica e compatível apenas com a tecnologia de cabeça de impressão da máquina.

Aplicação

Algumas tintas terão melhor desempenho em certas mídias do que em outras. Portanto, não hesite em testá-las. Solicite amostras de impressão da tinta em um substrato específico ou peça uma amostra dos insumos para testar na sua empresa. Poucos fabricantes oferecem tintas com qualidade original e poucos conseguem personalizá-las para uma aplicação específica.

Fabricante

Descubra se o fornecedor é uma revenda ou se desenvolve e fabrica suas próprias fórmulas de tinta. Poucas empresas investem permanentemente em pesquisa e desenvolvimento para formular materiais a partir do zero. Bons fornecedores devem garantir a rastreabilidade e a homogeneidade dos lotes, a fim de assegurar a qualidade das tintas.

Assistência

Prestar bom atendimento e suporte técnico é fundamental para manter clientes satisfeitos. Um fabricante de tintas respeitável deve assistir o cliente durante a instalação e fazer os ajustes necessários depois, como criar perfis ICC.

Fonte: Fespa