Roland DG apresenta a nova impressora solvente SOLJET Pro4 XF-640

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/04/2013

A Roland DG, fabricante de equipamentos para comunicação visual, lançou no dia 02 de abril, em todas as suas filiais e subsidiárias, a SOLJET Pro4 XF-640, impressora digital solvente que possui 1,6m de largura. Trata-se do equipamento mais rápido da empresa, por trabalhar na velocidade máxima de 102m2/h. Para oferecer tal característica, a máquina incorpora novas tecnologias, como o duplo CMYK (com duas cabeças) e sistema redesenhado de alimentação de substratos.

"Hoje, há uma grande demanda por impressoras velozes tanto em países desenvolvidos quanto em mercados emergentes", comentou Katsuo Ikehata, gerente de pesquisa e desenvolvimento da Roland DG. "Além da produção de alto volume, o objetivo de muitos dos nossos clientes é reproduzir imagens de qualidade. A SOLJET Pro4 XF-640 foi desenvolvida para dar conta dessa necessidade, pois ela combina impressão excepcional e alta velocidade."

A nova impressora da Roland é uma ferramenta voltada para quem produz aplicações indoor e outdoor, como placas, banners, envelopamento de carro, instalações em janelas, displays de PDV, adesivação em estandes, cartazes, entre outras aplicações.

SOLJET Pro4 XF-640, impressora solvente, com 1,6m de largura chega a 102m2/h

SOLJET Pro4 XF-640, com 1,6m de largura chega a 102m2/h

Nova tecnologia de impressão

A SOLJET Pro4 XF-640 incorpora duas cabeças de impressão (duplo CMYK), instaladas de modo escalonado, que elimina problemas de banding. As novas cabeças também foram projetadas para disparar níveis elevados de tinta, a fim de reproduzir imagens mais densas e cores saturadas.

Segundo a Roland, a máquina possui arquitetura mais robusta, com diversos upgrades, como o trilho de rolamento, que suporta e estabiliza o grupo impressor (e as cabeças), fazendo com que as gotas de tinta sejam disparadas com mais precisão.

Tintas

A nova impressora XF-640 emprega as tintas ECO-SOL MAX2. Segundo representantes da marca, esses insumos secam rapidamente e oferecem uma gama de cores maior, resultando em imagens de qualidade elevada.

Além disso, a máquina vem com uma nova unidade (frontal) de carregamento de cartuchos, que facilita o trabalho de substituição desse invólucros. E uma trava, que protege as cabeças de impressão, abre-se ao tocar o botão de limpeza.

Sistema reformulado de alimentação de substratos

Um total de 16 roletes (pinch rollers) e um novo sistema de rolos garante a alimentação das mídias. Além disso, a máquina vem com um sistema redesenhado de aquecedores e take up, que otimiza a produtividade por diminuir o tempo da impressão e da secagem.

Além disso, a XF-640 tem alavancas de carregamento de mídia posicionadas tanto na parte da frente quanto na traseira da máquina, o que dá comodidade ao operador. Além disso, suportes especiais de substrato carregam até os mais pesados ​​rolos de mídia.

Fonte: Roland DG



Passo a passo mostra processo de sublimação digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/01/2013

Saiba como fazer sublimação digital

Saiba como fazer sublimação digital

A sublimação digital tem uma série de vantagens. A primeira é que ela garante ótimos resultados de qualidade de imagem. A segunda é que a tinta (de corante) fica impregnada nas fibras do tecido, de forma que, mesmo após muitas lavagens, as cores das estampas continuam firmes e resistentes. Outra vantagem é a oferta de impressoras, tintas, papéis transfer e prensas disponíveis hoje no mercado.

Ficou interessado? Quer saber como funciona a sublimação digital? Então acompanhe, na galeria abaixo, um passo a passo preparado pela Fremplast, que utilizou software RIP Photoprint, impressora Epson 9700 e tintas Cromajetsubli.

Observação: para garantir resultados de alta qualidade na sublimação, recomenda-se o uso de papéis transfer sublimáticos e tecidos sintéticos (de preferência 100% poliéster).

Fonte: Fremplast



Mimaki Europa apresenta nova versão da impressora JV33

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/02/2014

Nova versão da Mimaki JV33 vem equipada com tecnologia que diminui o efeito banding nos impressos

Nova versão da Mimaki JV33 vem equipada com tecnologia que diminui o efeito banding nos impressos

A filial europeia da Mimaki, fabricante de impressoras digitais, lançou na feira C!Print, na França, uma versão aperfeiçoada da série JV33, composta por equipamentos solvente e rolo a rolo.

A empresa destacou que a novidade apresenta a tecnologia Mimaki Advanced Pass System (Maps), que dispara gotas de tinta de modo a diminuir ou eliminar os problemas de banding, especialmente nos modos de produção de alta produtividade (velocidade).

De acordo com a empresa, a Maps permite aumentar pelo menos em 10% a velocidade.

A nova versão da JV33 já está disponível para clientes do continente europeu.

Fonte: Mimaki Europa