Roland DG apresenta a nova impressora solvente SOLJET Pro4 XF-640

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/04/2013

A Roland DG, fabricante de equipamentos para comunicação visual, lançou no dia 02 de abril, em todas as suas filiais e subsidiárias, a SOLJET Pro4 XF-640, impressora digital solvente que possui 1,6m de largura. Trata-se do equipamento mais rápido da empresa, por trabalhar na velocidade máxima de 102m2/h. Para oferecer tal característica, a máquina incorpora novas tecnologias, como o duplo CMYK (com duas cabeças) e sistema redesenhado de alimentação de substratos.

"Hoje, há uma grande demanda por impressoras velozes tanto em países desenvolvidos quanto em mercados emergentes", comentou Katsuo Ikehata, gerente de pesquisa e desenvolvimento da Roland DG. "Além da produção de alto volume, o objetivo de muitos dos nossos clientes é reproduzir imagens de qualidade. A SOLJET Pro4 XF-640 foi desenvolvida para dar conta dessa necessidade, pois ela combina impressão excepcional e alta velocidade."

A nova impressora da Roland é uma ferramenta voltada para quem produz aplicações indoor e outdoor, como placas, banners, envelopamento de carro, instalações em janelas, displays de PDV, adesivação em estandes, cartazes, entre outras aplicações.

SOLJET Pro4 XF-640, impressora solvente, com 1,6m de largura chega a 102m2/h

SOLJET Pro4 XF-640, com 1,6m de largura chega a 102m2/h

Nova tecnologia de impressão

A SOLJET Pro4 XF-640 incorpora duas cabeças de impressão (duplo CMYK), instaladas de modo escalonado, que elimina problemas de banding. As novas cabeças também foram projetadas para disparar níveis elevados de tinta, a fim de reproduzir imagens mais densas e cores saturadas.

Segundo a Roland, a máquina possui arquitetura mais robusta, com diversos upgrades, como o trilho de rolamento, que suporta e estabiliza o grupo impressor (e as cabeças), fazendo com que as gotas de tinta sejam disparadas com mais precisão.

Tintas

A nova impressora XF-640 emprega as tintas ECO-SOL MAX2. Segundo representantes da marca, esses insumos secam rapidamente e oferecem uma gama de cores maior, resultando em imagens de qualidade elevada.

Além disso, a máquina vem com uma nova unidade (frontal) de carregamento de cartuchos, que facilita o trabalho de substituição desse invólucros. E uma trava, que protege as cabeças de impressão, abre-se ao tocar o botão de limpeza.

Sistema reformulado de alimentação de substratos

Um total de 16 roletes (pinch rollers) e um novo sistema de rolos garante a alimentação das mídias. Além disso, a máquina vem com um sistema redesenhado de aquecedores e take up, que otimiza a produtividade por diminuir o tempo da impressão e da secagem.

Além disso, a XF-640 tem alavancas de carregamento de mídia posicionadas tanto na parte da frente quanto na traseira da máquina, o que dá comodidade ao operador. Além disso, suportes especiais de substrato carregam até os mais pesados ​​rolos de mídia.

Fonte: Roland DG



GCC lança a LaserPro X380 Hybrid

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/05/2014

Novas ferramentas fazem parte da X380 Hybrid

Novas ferramentas fazem parte da X380 Hybrid

A GCC, fabricante de equipamentos para comunicação visual, anunciou no mercado internacional a X380 Hybrid, máquina a laser que combina ferramentas de corte e gravação.

Segundo a empresa, o equipamento emprega tubos de laser RF-driven e DC CO2. Para trabalhos de gravação, a máquina ativa automaticamente o tubo de metal. Já para cortes, o processamento se dá com o tubo de vidro.

O equipamento vem com software de interface amigável e com o driver LaserPro, que oferece múltiplas funções de corte e gravação e processa trabalhos de acordo com definições vetoriais e raster prévias.

A fabricante frisa que o grande diferencial da X380 Hybrid é unir, em uma mesma máquina, ferramentas para trabalhos de corte e gravação.

Fonte: GCC



Projeto do banco Lloyds usa jogo e sinalização digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/12/2012

sinalização digital

Pagar as dívida ficou menos chato com a mídia digital preparada pelo Banco Llloyds

Ir ao banco nem sempre é uma atividade muito agradável, ainda mais se for para conferir uma conta no vermelho ou pagar dívidas. Talvez pensando nisso, o banco Lloyds TSB, na Inglaterra, resolveu inovar — e passou a oferecer um serviço (multiplataforma) no qual os clientes brincam, jogam e interagem antes de começar os seus chatos afazeres bancários.

Chamada "Sidecar Grand Prix", a novidade é um joguinho no qual o usuário comanda um veículo por meio de recursos touchscreen. Durante o trajeto, vai recolhendo ícones relacionados aos serviços oferecidos pelo banco. Depois de coletar os itens, ao final do game, o jogador é convidado a uma visita ao caixa mais próximo ou para o site da instituição.

Acessível também pelo smartphone, a campanha foi parar em algumas mídias out of home (de sinalização digital): telas de LCD localizadas em pontos específicos. "Atualmente, experiências interativas também podem ser exploradas fora de casa, aproveitando recursos da tecnologia digital", afirmou Dan Dawson, diretor da Grand Visual, empresa que executou o projeto. "Sabemos, por experiência própria, o quanto isso pode ser divertido. Por isso, queremos oferecer uma experiência marcante e mais acessível", concluiu Dawson.

sinalização digital

Gamer controla o motorista usando tela touchscreen

Fontes: Grand Visual e Output Mag. Texto: InfoSign