Roland DG anuncia novo software Cotodesign

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/03/2019
Aplicativo possibilita a criação de peças têxteis personalizadas na própria loja

Aplicativo possibilita a criação de peças têxteis personalizadas na própria loja

A Roland DG, fabricante de impressoras digitais, anunciou o Cotodesign, software de gerenciamento de impressão e design para personalização de itens de vestuário.

O aplicativo é indicado a empreendedores, varejistas e empresas de impressão digital que produzem itens personalizados. De autosserviço, o software é baseado em navegador de internet e permite selecionar combinações de imagens, trabalhos de arte e texto para criar designs únicos por meio de tablets e computadores.

A loja pode usar o programa para imprimir designs exclusivos em camisetas, bolsas, canetas, capas para celulares, papel de carta e uma ampla variedade de brindes.

O software abrange todos os processos necessários, desde a criação até a impressão em cores. Também oferece gerenciamento de pedidos por meio de interface simples e intuitiva.

Etsuo Harada, presidente da divisão de negócios Coto da Roland DG, declarou: “Qualquer pessoa pode criar uma lembrança ou um item de vestuário em questão de minutos. Basta usar nosso software”.

O programa é compatível com os modelos da série LEF e com as impressoras VersaSTUDIO BN-20 e BT-12. Além disso, pode ser usado com a laser LD-80, para adicionar textos e gráficos em folhas metálicas e holográficas.

Segundo a Roland DG, a produção sob demanda de presentes, acessórios pessoais e roupas tornou-se muito popular nos últimos anos, e o Cotodesign é uma solução indicada para empresas que buscam se diferenciar e criar oportunidades nesse tipo de negócio.

Fonte: Roland DG



Wasatch apresenta RIP dedicado a sublimação 3D

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/09/2014

Dlubak é processo de impressão sublimática que permite a decoração de objetos tridimensionais

Dlubak é um processo de impressão sublimática que permite a decoração de objetos tridimensionais

Mídias tridimensionais personalizadas estão se popularizando entre arquitetos e decoradores norte-americanos, que têm empregado o Dlubak, processo de sublimação em substratos de vários formatos e tamanhos. Com a técnica, é possível colorir e personalizar portas, painéis, trabalhos artísticos e elementos de design 3D.

No processo, a imagem é impressa em um filme sublimático, colocado sobre o substrato revestido com um pó específico. Em seguida, a película e a mídia são inseridas em fornos especiais que empregam mesas de sucção para fixar os materiais durante a sublimação.

A pré-impressão do processo é realizada com software RIP da Wasatch especialmente projetado para impressão sublimática. O programa inclui opções de espelhamento de imagens e registro dos arquivos trabalhados.

Sublimação em objetos tridimensionais pode ser usada na personalização de ambientes

Sublimação em objetos tridimensionais pode ser usada na personalização de ambientes

Diversos substratos podem receber impressão sublimática 3D

Diversos substratos podem receber impressão sublimática 3D

Fonte: My Print Resource



MultiCam lança opcionais de segurança para equipamentos de corte e gravação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 19/06/2014

Routers podem receber incremento de segurança operacional

Routers podem receber incremento de segurança operacional

A MultiCam, fabricante de equipamentos de corte e gravação, lançou equipamentos de segurança dedicados a proteger operadores de routers, máquinas de acabamentos e máquinas a laser, plasma, faca e jato d’água. O conjunto de dispositivos contém opções como cortina de luz, tapetes e óculos de segurança.

A cortina de luz possui transmissores fotoelétricos que lançam feixes de luz infravermelha a um receptor da máquina. Eles interrompem a operação do equipamento caso um objeto ou uma pessoa atravesse os feixes.

Os tapetes de segurança devem ser instalados em torno da máquina, para proporcionar uma área segura aos operadores que precisam parar a máquina ou fechar o obturador mecânico.

Já o uso de óculos especiais servem de proteção aos olhos dos operadores que trabalham com máquinas a laser.

Fonte: SGIA