Road Show da Gênesis Tintas recebe mais de 50 profissionais da sublimação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/01/2014

Entre os dias 20 e 23 de janeiro ocorreu a primeira edição do Road Show – Sublimação digital, organizado e realizado pela Gênesis, fabricante de tintas digitais, e pela Pixel, especializada em assistência técnicas de impressoras. O objetivo do evento é profissionalizar, informar e oferecer novas soluções para empresários e técnicos da sublimação digital.

Realizado no auditório do Espaço Gênesis em Guarulhos (SP), o Road Show contou com mais de 50 profissionais de revendedores, gráficas digitais, estamparias, fornecedores e veículos de mídia especializada.

O evento seguiu a programação estabelecida. Abriu com uma palestra ministrada por Rogério Takeshita, diretor da Pixel, que tratou de sublimação digital para quem tem interesse em ingressar no mercado. No segundo dia, foi realizado o treinamento operacional avançado de impressoras Mutoh RJ900X. O mesmo curso foi dado no terceiro dia de evento, mas dessa vez em impressoras Epson 9700/7700. No último dia do workshop, foi realizado um treinamento de workflow de cores.

Segundo a organização, o Road Show foi um grande sucesso, com ótimo feedback dos participantes. Em breve, a Gênesis Tintas divulgará o calendário das próximas edições.

Veja algumas imagens do evento:

Road Show da Gênesis realizado em janeiro de 2014 (2) Road Show da Gênesis realizado em janeiro de 2014 (3) Road Show da Gênesis realizado em janeiro de 2014 (4) Road Show da Gênesis realizado em janeiro de 2014 (5) Road Show da Gênesis realizado em janeiro de 2014 (6) Road Show da Gênesis realizado em janeiro de 2014 (7) Road Show da Gênesis realizado em janeiro de 2014 (8) Road Show da Gênesis realizado em janeiro de 2014

Fonte: Gênesis Tintas



HP apresenta três novos modelos de impressoras látex

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/05/2016
A partir de meados de 2016, HP passará a comercializar impressoras Latex 1500, 560 e 570

A partir de meados de 2016, HP passará a comercializar impressoras Latex 1500, 560 e 570

A HP, desenvolvedora de tecnologias, revelou mais três novas impressoras látex. Uma delas é a Latex 1500, que conta com largura de 3,2m. As outras duas fazem parte da série Latex 500, composta pelos modelos 560 e 570, ambas com largura de 1,6m. Segundo a empresa, as máquinas passarão a ser vendidas a partir de julho de 2016. Confira as principais características e novidades dos equipamentos.

HP Latex 560 e 570

Além de poder trabalhar na velocidade de 23m²/h (modo indoor), as impressoras HP Latex 560 e 570 apresentam um novo modo de produção, que permite a reprodução de imagens com densidade de tinta 50% maior (do que equipamentos antecessores).

Com capacidade de executar todas as tarefas na frente da impressora, como trocas de mídias e cartuchos, as impressoras também garantem maior integração com outros modelos HP Latex e maior capacidade de emulação de cores.

Entre os novos acessórios está um wiper-roller, que garante resultados de alta qualidade em mídias de baixo custo, e um ajuste automático de inclinação, para carregar rolos em um minuto ou menos. Além disso, os equipamentos contam com suporte a rolos de mídias com até 55kg e ferramenta de status para monitoramento em tempo real de produção.

HP Latex 1500

Desenvolvida com base na série HP Latex 3000, a HP Latex 1500 emprega cabeças térmicas de 1.200dpi, espectrofotômetro integrado, ferramenta de substituição automática de nozzles e sensor óptico de mídias.

O equipamento vem com uma pequena câmera para o registro preciso e automático das mídias durante a impressão, que pode ser realizada em velocidade de 74m²/h (modo produção) ou 45m²/h (modo com maior qualidade).

Outro novo recurso é o rolo que homogeniza superfícies de mídias para garantir melhor impressão em substratos de qualidade inferior, que podem causar problemas de imagem por não ter suficiente uniformidade.

A impressora também vem com cartuchos de 5 litros de tinta, dispositivo de controle de vapores gerados no processo de cura da tinta, servidor de impressão interno, ferramenta para monitoramento em tempo real e uma área de impressão com iluminação LED, para auxiliar o carregamento de mídias.

A HP ainda ressalta melhorias como a implementação de dois rolos de transporte com 1,6m cada, talhadeiras em linha, kit de impressão automática de aplicações backlit de dupla face e um dispositivo que permite fazer acabamentos nas peças impressas enquanto o trabalho ainda está em andamento.

Fonte: Fespa



O que você deve saber sobre conteúdo para sinalização digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/11/2014

É fundamental responder a três perguntas básicas na hora de criar conteúdo a ser veiculado por sinalização digital

É fundamental responder a três perguntas básicas na hora de criar conteúdo a ser veiculado por sinalização digital

Especialista em sinalização digital, Frank Kenna dá dicas fundamentais para quem cria conteúdos a serem veiculados em displays de digital signage. Abaixo estão três questões básicas para ajudá-lo a avaliar a qualidade do conteúdo:

1. Qual é a relevância do conteúdo para os objetivos que você quer atingir?

Muitos administradores de sinalização digital usam conteúdos gratuitos ou de baixo custo disponíveis na internet. Isso pode parecer bom, mas será que realmente vai ajudar a atingir seus objetivos? Não. O que ele faz é ajudar a impulsionar o número de leitores (ver questão 3), mas isso é apenas um dos ingredientes de uma sinalização digital eficaz. Seus objetivos devem direcionar o conteúdo.

2. Você cria e veicula facilmente os conteúdos?

Depois de identificar os seus objetivos, você tem de saber quem vai desenvolver o conteúdo. Alguém precisa criar um material fresco e relevante regularmente. Os administradores precisam de um software que seja fácil de operar e que veicule conteúdos rapidamente.

3. Será que as pessoas estão lendo o conteúdo?

Se não lerem, investigue as razões para isso estar acontecendo. Você precisa escolher um dado importante e se concentrar nele. Se o seu público-alvo for composto por trabalhadores do chão de fábrica, mostre-lhes métricas de produção e outros materiais relevantes. E separe pelo menos 25% do seu conteúdo para coisas que não tenham a ver com o negócio, como notícias, esportes e previsão do tempo.

Responder às três questões acima poderá levá-lo a encontrar um bom caminho para um sistema de sinalização digital eficaz e que realmente funcione.

Fonte: Digital Signage Today