RIP VersaWorks chega à versão 6

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/10/2018
Atualização inclui uma interface redesenhada

Atualização inclui uma interface redesenhada

A Roland DG atualizou o VersaWorks, software RIP que chegou à versão 6 e passou a fornecer suporte nativo de 64-bit, para maximizar o desempenho dos sistemas operacionais mais recentes.

Para agilizar o fluxo de trabalho, o aplicativo disponibiliza cinco filas de impressão com configurações salvas para trabalhos recorrentes. Os usuários podem salvar dados dos requisitos específicos dos clientes e recarregá-los imediatamente em novos trabalhos.

A nova versão do VersaWorks processa arquivos PDF nativamente, para renderizar transparências, sombras e outros efeitos especiais. Além disso, uma função de correspondência de cores garante reproduções consistentes ao usar várias impressoras de um mesmo modelo e mesmas configurações.

Segundo a empresa, a interface do VersaWorks 6 foi redesenhada para refletir as mais recentes tendências de design e apresenta ícones visuais mais intuitivos que melhoram a usabilidade.

A partir de 30 de outubro de 2018, os clientes da Europa, Oriente Médio, Norte da África e Índia poderão fazer a atualização gratuita do software. No começo de novembro de 2018, o VersaWorks 6 será fornecido com os equipamentos Roland listados abaixo:

Impressoras ecossolventes: SOLJET Pro 4 XR-640, TrueVIS VG-640 / 540, SG-540 / 300, VersaCAMM VS-640i / 540i / 300i, SP-540i / 300i, VersaSTUDIO BN-20, SOLJET EJ-640 e VersaEXPRESS RF-640.

Impressoras UV: VersaUV LEC-540 / 330, VersaUV LEF-300 / 200 / 20 / 12 / 12i, VersaUV LEJ-640, VersaUV S-Series LEC-330S-F200, LEJ-640S-F200 / LEJ-640S-F300 / LEJ-640S-F400, LEC-330S-B150 e LEJ-640S-B150 / 640S-B250.

Impressoras sublimáticas: Texart RT-640

Plotters: CAMM-1 GR-640 / 540/ 420, CAMM-1 GS-24, CAMM-1 PRO GX-640 / 500 / 400 / 300 e CAMM-1 GX-24.

Fonte: Roland DG
 



Cientista europeu cria processo para recuperar cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/01/2013

Um cientista europeu afirma ter descoberto um novo processo de recuperação para cabeças de impressão entupidas. Com a novidade, as peças que seriam descartadas, ganhariam uma nova chance.

"É certo que nós, na Europa, criamos o primeiro processo deste tipo. Desenvolvi um químico capaz de remover a tinta de forma a não causar degradações nas cabeças de impressão", revelou Phil Keenan, atual diretor da Camscience, e com passagens em empresas como a HP e a Xennia.

Com sua tecnologia atualmente utilizada por empresas como HP, Ricoh e outras que usam cabeças para disparo de tinta UV, Keenan pretende expandir os negócios, atingindo outras marcas como Mimaki e Roland. Segundo o cientista, a novidade é capaz de restaurar as peças a fim de fazê-las trabalharem como novas, evitando que sejam enviadas para aterros.

Keenan disse ao site britânico SignLink como funciona o químico: "Ele provoca uma separação entre a tinta UV curada e as superfícies da cabeça de impressão. Usando solventes leves e surfactantes, o químico quebra a tinta em partículas tão finas que são facilmente removidas", explicou.

É esperar para ver se o produto chega ao Brasil e, principalmente, se cumpre com o esperado.

reaproveitar cabeça de impressão

O cientista Phil Keenan afirma ter desenvolvido químico que reaproveita cabeças de impressão já gastas

Fonte: SignLink. Texto: InfoSign



Pesquisa: mercado de grande formato registra crescimento mundial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/07/2014

De acordo com o estudo Worldwide Quarterly Large Format Printer Tracker, realizado pela International Data Corporation (IDC), o mercado mundial de impressoras de grande formato cresceu em unidades (7,4%) e valor expedido (3,7%) no primeiro trimestre de 2014 (em relação ao mesmo período do ano passado).

Phuong Hang, gerente da Worldwide Large Format Printer Trackers, declarou: "A expedição de dispositivos UV tem crescido firmemente nos últimos três anos. A IDC esperar que esse negócio continue a crescer assim nos próximos três anos".

Segmento técnico

No primeiro trimestre de 2014, o segmento técnico foi responsável pela expedição de 49.500 unidades e por 61% do mercado global de grandes formatos. O segmento cresceu 9,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Todas as regiões consultadas pela IDC cresceram, com ênfase nos seguintes locais:

  • Ásia/Pacífico, exceto o Japão: 10,5%;
  • Japão: 14,1%;
  • Oriente Médio e África: 15,4%;
  • EUA: 11,8%.

O valor de envio do segmento cresceu 1,4% e registrou o total de 301 milhões de dólares no primeiro trimestre de 2014.

Segmento gráfico

No primeiro trimestre de 2014, o segmento gráfico registrou a expedição de 32.000 unidades e ocupa 39% de todo o mercado de impressoras de grandes formatos. O segmento cresceu 4,6% em relação ao mesmo período do ano passado. As regiões consultadas que mais cresceram foram:

  • Japão: 22,4%;
  • Oriente Médio e África: 18,7%;
  • Canadá: 12,8%.

O valor de envio de impressoras de grande formato para o segmento gráfico cresceu 5,3% em relação ao mesmo período do ano passado, registrando 493 milhões de dólares.

Estudo foi realizado pela IDC

HP, Canon, Epson, Roland e Ricoh foram as fabricantes de impressoras de grandes formatos que mais expediram unidades no primeiro semestre de 2014

HP

A HP continua na liderança do mercado internacional de grandes formatos, com 39,8% de participação de mercado. A fornecedora expediu 32.500 unidades no primeiro semestre de 2014 e é a líder indiscutível no segmento técnico, embora posicione-se em terceiro lugar no segmento gráfico.

Canon

Ocupa a segunda posição do mercado mundial de impressoras de grandes formatos. A empresa fica em segundo lugar tanto entre as máquinas CAD quanto entre as impressoras para o segmento gráfico, registrando crescimento anual de 18,8% e 16,6%, respectivamente.

Epson

Seguindo de perto a Canon, a Epson ocupa a terceira posição do mercado mundial de impressão de grandes formatos. A empresa cresceu 4,4% em relação ao ano passado e possui 20% de participação de mercado. É a fornecedora número um no segmento gráfico. Já o segmento técnico é uma pequena parte das vendas de grandes formatos da empresa.

Roland

A Roland detém 3,4% de todo mercado global de grandes formatos, ficando na quarta posição do ranking. A fornecedora é forte no mercado gráfico e cresceu 4,1% em relação ao ano anterior.

Ricoh

A Ricoh ocupa a quinta posição no mercado mundial de grandes formatos. A empresa ocupa a quarta posição no segmento técnico, no qual cresceu 3,8% em relação ao ano passado.

Fonte IDC