Enquete: as tecnologias de impressão digital que os leitores do InfoSign buscaram adquirir em 2015

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/01/2016
Em 2015, maioria dos leitores do InfoSign preferiram planejar e investir em tecnologias capazes de imprimir em tecidos

Em 2015, maioria dos leitores do InfoSign preferiram planejar e investir em tecnologias capazes de imprimir em tecidos

Ao longo do ano passado, o InfoSign perguntou em enquete aberta qual tipo de impressora de grande formato os leitores do site gostariam de adquirir em 2015. O resultado (de um total de 1.172 votos) vai ao encontro de uma clara tendência do mercado: o interesse cada vez mais em adotar a impressão digital em tecidos.

A tecnologia mais votada foi a sublimática, com 338 votos (29% do total). Em segundo lugar, ficou a impressão direta em tecido, com 246 votos (21%). Somados, os resultados obtidos pelas duas categorias correspondem à metade dos pontos computados. Embora a impressão por sublimação possibilite a decoração de substratos e objetos diversos, sua principal aplicação é a estamparia de tecidos. Portanto, não é errado afirmar que pelo menos metade dos votantes estavam interessados em adquirir uma impressora têxtil.

Além da sublimação e da impressão direta, a tecnologia látex, que teve 84 votos (7%), também é capaz de imprimir, entre outros substratos, diversos tipos de tecidos, o que ajuda a endossar a tendência analisada.

A enquete mostrou também que tecnologias consolidadas obtiveram desempenho satisfatório. A solvente recebeu 238 votos (equivalente a 20%) e a UV, 197 (17%), o que demonstra que ambas têm lugar cativo ente os leitores do InfoSign.

O tipo de impressora menos votada emprega tinta à base d'água, com 69 votos (6%), deixando claro que se trata de uma tecnologia voltada a um nicho mais específico e de interesse reduzido.

Não deixe de participar da nova enquete, que procura conhecer quais as tecnologias de impressão digital de grande formato nossos leitores pretendem adquirir em 2016.



Akad lança máquina a laser de porte industrial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/10/2017
Novacut Laser F3015 oferece movimentação precisa do eixo do laser

Novacut Laser F3015 oferece movimentação precisa do eixo do laser

A Akad, distribuidora nacional de equipamentos para sinalização, lançou a Novacut Laser F3015, máquina a laser industrial com estrutura de aço e sistemas reforçados de suporte de piso, que amortizam eventuais vibrações.

Indicada para indústrias de metalurgia, maquinários, ferramentaria e conformação, a Novacut Laser F3015 possui área de corte de 1500mm x 3000mm e pode incluir potências do laser entre 300W a 4000W.

Segundo a empresa, por empregar tecnologia de laser de fibra óptica, a máquina oferece economia de 20% a 30% de consumo de energia em comparação às tecnologias do tipo CO2. Além disso, oferece velocidades de corte maiores do que a tecnologia YAG.

O cliente pode adquirir também os seguintes opcionais: cabine de segurança (que envolve o equipamento e oferece maior proteção aos operadores), mesa móvel horizontal (para abastecimento automático de chapas metálicas) e sistema de condicionamento (para corte de tubos metálicos).

Fonte: Akad



Mimaki ganha certificado "skin-safe"

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/05/2013

A Mimaki, fabricante de impressoras digitais, anunciou que sua série de tintas sublimáticas SB300 (para equipamentos TS500-1800) recebeu a certificação da Centexbel. Com o selo, fica comprovado que o insumo não faz mal à pele, caso entre em contato com ela. De acordo com os representantes da marca, isso é importante para aplicações nas quais a tinta pode encostar na pele, como em peças de vestuário, por exemplo.

"Estamos muito satisfeitos com esta certificação", disse Mike Horsten, gerente geral de marketing da Mimaki. "Nossos produtos para estamparia têxtil foram recebidos muito bem pelo mercado, e acreditamos que esse selo vai nos ajudar a ganhar ainda mais credibilidade", completou Horsten.

"Agora, nossos clientes podem se sentir confortáveis para criar seus projetos para vestuário com impressão digital, sem qualquer preocupação com danos aos usuários finais", concluiu o gerente.

Selo garante que as tintas sublimáticas podem entrar em contato com a pele, sem prejudicá-la

Selo garante que as tintas sublimáticas podem entrar em contato com a pele, sem prejudicá-la

Fonte: Output Magazine