Redução de juros no financiamento de impressoras Ampla Digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/11/2012

Anunciada em agosto deste ano pelo Governo Federal, a redução da taxa de juros do FINAME PSI abre uma possibilidade única aos interessados em comprar impressoras de grande formato. Esse financiamento cobra taxa de 2,5% ao ano. Porém, ele é exclusivo para equipamentos fabricados no Brasil e certificados pelo BNDES, como as máquinas vendidas pela Ampla Digital.

Os compradores também têm outras vantagens com o FINAME PSI: a carência para o início do pagamento pode chegar aos 24 meses,  e a quitação, aos 120.

"Esta taxa especial estimulou a procura por novos equipamentos. Muitos empresários estão aproveitando essa oportunidade para aumentar ou melhorar seu parque de máquinas", explicou Daili Viana, supervisor de vendas da Ampla Digital.

Marcel Castellon da Costa, proprietário do Grupo CB, de Curitiba (PR), foi um dos empresários que aproveitaram as facilidades do financiamento exclusivo. "Sem essa redução na taxa de juros, não compraria a máquina este ano", afirma o executivo, que adquiriu um modelo Targa XT.

A taxa reduzida é válida até o dia 31 de dezembro. Porém as propostas de compra devem ser realizadas até o dia 14 desse mesmo mês.

Interessado? Então protocole a sua proposta até o dia 14 de dezembro

Fonte: Ampla Digital. Texto: InfoSign



Drytac lança vinil ReTac Textures

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 19/02/2017
ReTac Textures vem com adesivo removível

ReTac Textures vem com adesivo removível

A Drytac, fabricante de mídias para comunicação visual, anunciou no mercado internacional o lançamento do ReTac Textures, vinil adesivo polimérico branco fosco com 150µ.

Compatível com impressão digital UV, látex e solvente, a película vem com adesivo removível que permite reposicionar a mídia várias vezes sem deixar resíduos.

Indicado para aplicações em paredes personalizadas, decoração de interiores, displays de varejo, estandes de feiras e rótulos texturizados, o ReTac Textures está disponível em uma ampla variedade de acabamentos em relevo, que adicionam profundidade ao visual das instalações. De acordo com a empresa, as texturas exclusivas (sutis ou mais grosseiras) oferecem grande potencial de diferenciação estética aos vinis.

O filme é também resistente a chamas de acordo com a norma FTMS 191, Method 5903.

Fonte: Drytac



Transfer em camiseta: como aplicá-lo com filme PU (impressão digital)

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/01/2013

Veja, passo a passo, como se faz transfer com filme PU

Veja, passo a passo, como se faz transfer com filme PU

Você tem uma impressora solvente (grande formato) e uma plotter de recorte? Ou mesmo um equipamento com as duas tecnologias conjugadas? Uma boa pedida para ambos os casos é o transfer, em camiseta, realizado com filme de PU. Para trabalhar com ele, não tem muitos segredos.

Confira, na galeria a seguir, como fazer a transferência com filme de PU (indicado para tecidos sintéticos). O material utilizado para o procedimento foi o PUFilm, da Imprimax, que é indicado para aplicações de curto ou médio prazo. O frontal, que tem aparência fosca e sem textura, é de PU branco (com 120 micra de espessura). Já o liner (papel protetor) é de poliéster (com 75 micra).

Fonte: Imprimax. Edição: InfoSign