Promoção: trade in de impressoras Epson de grande formato

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/02/2015

Cliente Epson pode adquirir uma nova SureColor F7170 com até 25% de desconto

Cliente Epson pode adquirir uma nova SureColor F7170 com até 25% de desconto

A Epson Brasil promove, até o dia 28 de fevereiro de 2015, um trade in no qual o cliente da empresa pode adquirir uma nova impressora sublimática (SureColor F6070 ou SureColor F7170) com até 25% de desconto.

O desconto só é dado para quem entregar como parte do pagamento uma impressora dos modelos Stylus Pro 7700, Stylus Pro 9700 ou Stylus Pro 11880.

Veja abaixo o regulamento completo do trade in:

1 – Podem participar da promoção todos os clientes que desejam realizar a troca de impressoras Epson Stylus Pro 7700, Stylus Pro 9700 e Stylus Pro 11880 por uma nova Epson dos modelos SureColor F6070 e SureColor F7170.

2 – Os produtos válidos para a troca são: impressoras Epson Stylus Pro 7700, Stylus Pro 9700 e Stylus Pro 11880.

3 – Será concedido um desconto de 25% na aquisição do equipamento Epson SureColor F6070 ou Epson SureColor F7170.

4 – Para cada impressora usada, o desconto será aplicado na compra de somente 1 (um) equipamento novo.

5 – O cliente que deseja adquirir uma impressora com desconto deve permitir que o Centro de Serviço Autorizado (CSA) da Epson remova peças da impressora antiga cedida na troca, para que a mesma seja desativada. O descarte do restante do equipamento será de responsabilidade do cliente e só poderá ser realizado após a visita de um técnico de uma CSA Epson. A visita do técnico será agendada de acordo com a disponibilidade de ambas as partes.

6 – É necessário informar o número de série da impressora Epson que será desativada, através do preenchimento do formulário de garantia personalizada.

Fonte: Epson



Região italiana ganha destaque como polo produtor de impressoras têxteis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/08/2014

Na cidade de Milão e no entorno do lago Como estão concentradas diversas fabricantes de impressoras digitais para estamparia têxtil

Na cidade de Milão e no entorno do lago de Como estão concentradas diversas fabricantes de impressoras digitais para estamparia têxtil

Há séculos, a cidade de Milão e a região do lago de Como, na Itália, foram polos definidores de tendências para as indústrias de moda e decoração. Trata-se de um centro de inovação em impressão de tecidos – muito influenciada recentemente pelos sistemas digitais.

Os primeiros equipamentos a jato de tinta para estamparia têxtil começaram a ser fabricados na década de 1990, por empresas locais, como Robustelli. Atualmente, a região conta com fabricantes como AlephF-Tex, DurstKornitReggianiMS Printing – empresas que vêm transformando o mercado de tecidos, como ponta de lança de eficiência produtiva e sustentabilidade.

Com as impressoras digitais mais recentes, a Miroglio Textile, por exemplo, conseguiu reduzir o consumo de água em mais de 90% e diminuiu drasticamente a emissão de CO2.

Pesquisa do InfoTrends indica que em 2013 cerca de 370 milhões de metros quadrados de tecidos foram produzidos digitalmente para vestuário, decoração e aplicações industriais. A tendência é que o número cresça nos próximos anos.

Fonte: My Print Resource



Zünd lança sistema de alimentação para corte em tecidos e mídias flexíveis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/04/2017
Sistema modular é indicado para acabamento de tecidos, couro e mídias flexíveis

Sistema modular é indicado para acabamento de tecidos, couro e mídias flexíveis

A Zünd, fabricante de equipamentos para acabamento, anunciou um novo sistema automatizado de alimentação de substratos que pode ser integrado às mesas de corte da empresa. Trata-se de um alimentador de berço com controle de tensão de materiais flexíveis e elásticos. O dispositivo também controla as bordas das mídias a fim de garantir que elas sejam trabalhadas de forma precisa no equipamento. O alimentador roda com o Zünd Cut Center (ZCC), software que também opera o sistema de câmeras para registro das mesas de corte.

Para empresas que trabalham com couro, a fabricante recomenda a mesa de corte Zünd D3, que inclui um sistema com dois feixes, cada um com até três diferentes módulos (ferramentas) para cortar e perfurar o material. Além da máquina, também é indicado o uso do software MindCut Studio, que otimiza automaticamente os arquivos para a produção do acabamento. Os caminhos de corte são ajustados para o material e tipo de ferramenta, o que resulta em peças de couro com melhor acabamento.

Fonte: Zünd