Pré-requisitos para o serviço de envelopamento de frotas

Por Eduardo Yamashita em 23/02/2016
O envelopamento transforma o veículo em um outdoor em movimento

O envelopamento transforma o veículo em um outdoor em movimento

Está pensando em instalar imagens em veículos ou atualizar um projeto antigo? Aqui vão alguns conselhos: procure simplificar, trabalhe com marketing e planeje com antecedência.

Consideradas “painéis ambulantes”, as imagens em veículos ajudam a identificar frotas, construir marcas e podem até aumentar o valor de revenda dos veículos. No entanto, existem fatores a considerar antes de iniciar a produção das aplicações de imagens.

A primeira coisa a fazer é rever o valor de potenciais gráficos e tipos de veículos da frota. Isso pode ajudar a identificar as melhores opções para a frota antes de prosseguir. Os gestores devem avaliar os benefícios que as imagens poderão gerar para a empresa que elas representam. Deve-se considerar que as imagens depois de aplicadas tornam os veículos outdoors “em movimento”.

Tenha em mente que quando um veículo está em movimento as imagens e mensagens aplicadas nele devem ser absorvidas rapidamente. Entender isso é fundamental para a criação correta dos layouts. Além disso, leve em consideração o tempo de duração do envelopamento. Isso influenciará no tipo de vinil adesivo escolhido para o serviço. Há diferentes tipos de mídias para diferentes aplicações. Você pode precisar de um material removível ou um vinil que dure 12 anos.

Certifique-se de manter a marca da empresa e use palavras e imagens aprovadas também pelo pessoal de gestão e vendas. Muitos gestores de frota também são responsáveis pela contratação do serviço de criação e instalação dos layouts.

Saber o tempo de duração do envelopamento é fundamental na hora de escolher o vinil adesivo para o serviço

Sempre mantenha padrões em toda a frota, como a inserção dos logotipos em pontos específicos dos veículos. Os gestores devem ser responsáveis por garantir que as instalações beneficiem sua frota em termos de proteção de superfície. Além disso, devem garantir que as medidas apropriadas sejam tomadas para assegurar a qualidade do envelopamento e eventuais remoções.

A identificação de frota pode ser muito benéfica por diversas razões. No entanto, antes de a empresa começar a implementar imagens, o gestor da frota deve entrar em contato com fabricantes para especificar os vinis adesivos mais adequados aos projetos. Prestadores de serviço de sinalização podem não ser o caminho mais indicado para obter informações qualificadas sobre as características técnicas dos vinis. Eles podem pecar oferecendo materiais de desempenho inadequado ou podem não seguir a impressão correta para as necessidades da frota. Vale a pena consultar sempre as informações técnicas fornecidas pelos fabricantes.

Os veículos de uma frota podem ser diferentes em termos de tamanho, forma e marca. Portanto, sempre considere a variedade de tipos e estilos de carros. Saiba trabalhar bem com os modelos mais usuais, no entanto, esteja preparado para envelopar qualquer tipo de veículo.

Ao considerar envelopamentos totais ou parciais, não esqueça de levar em conta itens como maçanetas e para-choques, que aumentarão o custo do serviço. O envelopamento completo pode elevar o valor de revenda dos veículos da frota. Isso porque a pintura fica mais protegida, o que diminui danos na lataria.

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

 



Novo equipamento para manutenção de cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/08/2015
Print Head Doctor 11 é totalmente automatizado e pode ser controlado por meio de dispositivos móveis, como celulares e tablets

Print Head Doctor 11 é totalmente automatizado e pode ser controlado por meio de dispositivos móveis, como celulares e tablets

A Digital Sign, fornecedora de dispositivos de impressão digital, lançou no mercado internacional a versão 11 do Print Head Doctor, equipamento para limpeza, desentupimento, manutenção e recuperação de cabeças de impressão inkjet.

De acordo com a empresa, a máquina oferece controles intuitivos, realiza diagnósticos e permite a execução de ciclos de recuperação e limpeza personalizáveis. Além disso, pode ser operada por aplicativo de dispositivos com sistema Android.

A fornecedora também comercializa as versões 12 e 13 do Print Head Doctor. A décima segunda oferece controle automático de pressão e temperatura do fluido de limpeza. Segundo a empresa, o dispositivo cria maior fluxo e permite limpeza de mais de uma cabeça por vez.

Além de incluir todas as funcionalidades do modelo 12, a versão 13 do Print Head Doctor oferece opção de direcionar o fluxo de fluidos em quatro saídas diferentes. Sem alterar as configurações das cabeças de impressão, a máquina executa vários ciclos de limpeza em modo completamente autônomo. Trata-se de um equipamento desenvolvido para usuários mais avançados que procuram recuperar grande volume de cabeças de impressão e com intervenção mínima do operador.

Fonte: Digital Sign Technologies Inc.



Mutoh atualiza a sua linha de plotters de recorte ValueCut

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/02/2013

Novas plotters de recorte da Mutoh

Novas plotters de recorte da Mutoh

A Mutoh America anunciou novos modelos de plotters de recorte ValueCut, disponíveis em três modelos diferentes, que variam conforme o tamanho do equipamento: 600 (com 60cm de largura máxima do substrato), 1300 (132cm) e 1800 (182cm).

Todos os modelos, lançados no mercado internacional, vêm com um sistema de suporte de bobina, para facilitar o manuseio e controle da mídia. Eles também têm dois anos de garantia, lâmina de reposição, caneta esferográfica e vêm acompanhados do software Sai Flexi.

Os modelos ValueCut 1300 e 1800 incluem cesta para depósito de refugos de mídias, dispositivo que é opcional no modelo 600.

As plotters de recorte ValueCut são indicadas para uso em casas, escritórios ou ambientes profissionais, para a criação de displays, adesivos, etiquetas e sinalização interior e exterior.

O modelo ValueCut 1300 vai ser apresentado pela primeira vez na feira Graphics of the Americas, em Orlando, entre os dias 21 e 23 de fevereiro.

Veja as especificações e recursos das máquinas:

  • Lâmina de corte de reposição;
  • Caneta esferográfica;
  • Manual de operação;
  • Software Sai FlexiStarter;
  • Suporte de mídia e cesta (opcional no modelo 600);
  • Cortador de mídia;
  • Pad cortador;
  • Dois anos de garantia (no mercado internacional);
  • Sistema de suporte de bobina;
  • Cesta de suportes de rolo;
  • Registro multi-segmento;

Fontes: MyPrintResource e Mutoh America. Texto: InfoSign