Playart Adesivos vence o 3º Cambea (Campeonato Brasileiro de Envelopamento Automotivo)

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/07/2013

Entre os dias 10 e 13 de julho, em paralelo à feira Serigrafia Sign 2013, foi realizada a terceira edição do Cambea (Campeonato Brasileiro de Envelopamento Automotivo), organizado pela Alko.

Ao todo, 17 equipes disputaram a categoria "Profissional" da competição. A Playart Adesivos, de Uberlândia (MG), formada por Leurander Oliveiras e Leuander Oliveiras, foi a campeã de 2013. A dupla obteve 366 pontos, de um total de 450. Na segunda colocação, com 362 pontos, ficou a equipe da Pimentas Adesivos, de Santo André (SP), formada por Jefferson Pimenta. Dimas Schott e Marcos Schott, da DBS, de São Leopoldo (RS), encerraram o campeonato na terceira posição, com 284 pontos.

Segundo Paulo Cecato, um dos idealizadores do evento: "Em sua terceira edição, o campeonato já nos mostra a expansão da atividade de envelopamento automotivo no Brasil. Esta constatação fica muito evidente quando recebemos inscrições de várias regiões do país. Na categoria Fast, o Cambea recebeu mais de 80 inscrições. Essa modalidade, que envelopa apenas do capô do Mitsubishi Lancer, foi destinada aos iniciantes na profissão".

Para Justin Pate, renomado envelopador e jurado do campeonato: "Os profissionais brasileiros estão muito bem preparados, adquiriram uma extraordinária experiência na arte de aplicar películas. Os produtos brasileiros também ganharam um salto qualitativo importante".

Equipe campeã: Playart Adesivos, dos participantes Leurander Oliveiras e Leuander Oliveiras

Equipe campeã: Playart Adesivos, dos participantes Leurander Oliveiras e Leuander Oliveiras

Segundo colocado: Jefferson Pimenta

Segundo colocado: Jefferson Pimenta (esquerda)

A terceira posição ficou com a DBS, de Dimas Schott e Marcos Schott

A terceira posição ficou com a DBS, de Dimas Schott e Marcos Schott

Confira mais informações e novidades sobre a Serigrafia Sign e seus expositores.

Fonte: Alko



Fujifilm inaugura fábrica de tintas digitais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 28/01/2013

A planta tem 1800 metros quadrados

A planta tem 1800 metros quadrados

Tradicional fabricante de insumos para impressão digital, a Fujifilm acaba de anunciar a inauguração de uma nova planta em Broadstairs, no Reino Unido. Segundo a empresa, foram gastos mais de quatro milhões de euros para o planejamento e desenvolvimento da construção, além de um adicional de dois milhões e meio de euros para a atualização do departamento de pesquisa e desenvolvimento da fábrica. Ao todo, foram dois anos para a implementação do projeto.

O novo edifício tem 1800m2 e foi construído para aumentar em 56% a produção anual de tintas da empresa, para atender às novas demandas do mercado, que está migrando cada vez mais dos sistemas analógicos (serigrafia, por exemplo) para os digitais.

A fábrica tem a capacidade de produzir seis mil toneladas anuais de tinta, que depois é embalada e vendida em frascos, bolsas ou cartuchos, dependendo do modelo de impressora no qual ela será utilizada.

Mais de 340 empregados trabalham na planta e 80% deles estão envolvidos com pesquisa e desenvolvimento de tintas digitais.

Mais de 340 empregados trabalham na nova fábrica da Fujifilm

Mais de 340 empregados trabalham na nova fábrica da Fujifilm

Colin Boughton, diretor de operações da Fujifilm, comentou: "Nós planejamos tudo meticulosamente, levando em conta a nossa liderança na tecnologia de tintas digitais. Precisávamos ter equipamentos de ponta para garantir uma produção de alto nível, além de ter de aumentar o nosso volume".

Segundo a empresa, todo o projeto faz uso de métodos e processos produtivos que reduzem impactos ambientais. A fábrica emprega, por exemplo, uma caldera que consome 40% a menos de combustíveis fósseis que os sistemas mais convencionais de aquecimento.

Além disso, apenas 7% dos refugos gerados pela fábrica vão para aterros; 23% do lixo retorna como combustível. O restante, 70%, é reciclado. Isso significa que 93% do lixo é reusado de alguma forma.

A fábrica é certificada nas normas ISO 14001 e ISO 9001. E no meio de 2013, a empresa promete a certificação OHSAS 18001, voltada para saúde e segurança no trabalho.

Fonte: Fujifilm. Texto: InfoSgin



Inca Onset S20i chega ao mercado de impressoras inkjet industriais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/11/2012

A Fujifilm, em parceria com a Inca Digital, anunciou o lançamento de mais uma impressora plana UV. Chamada Inca Onset S20i, a máquina conta com 26 cabeças de impressão e pode atingir velocidade máxima de 310m2/h. Trabalha com resoluções entre 600dpi e 1000dpi, que podem ser aplicadas em imagens para instalações comerciais, como displays e pontos de venda (PDV).

A impressora consegue detectar a altura dos substratos e vem equipada com tecnologia que monitora a dose de radiação ultravioleta (UV). A Onset S20i dá a possibilidade de configurações diversas de produção e pode ser operada manual ou automaticamente. Além disso, fornece ao operador informações sobre manutenções.

Inca Onset S20i

Inca Onset S20i: para alta produtividade, chegando a atingir velocidade de 310 metros quadrados por hora

De acordo com Heather Kendle, diretor de marketing da Inca Digital, a impressora conta com funções diferenciadas. "Desenvolvemos e introduzimos melhorias de software e hardware". O custo-benefício também é destacado pelo representante da marca. "Os recursos adicionados à S20i fornecem aos usuários maior flexibilidade e ainda ajudam a garantir um retorno de investimento mais rápido", concluiu Kendle.

A série Inca Onset, que também conta com o modelo S40i (lançado em maio de 2012), visa atender empresas que necessitam de velocidade de produção, para materiais flexíveis e rígidos. Para a linha Inca, a fabricante recomenda o uso das tintas originais Fujifilm Uvijet.

Fonte: Inca. Texto: InfoSign