Pesquisa: mercado de grande formato registra crescimento mundial

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/07/2014

De acordo com o estudo Worldwide Quarterly Large Format Printer Tracker, realizado pela International Data Corporation (IDC), o mercado mundial de impressoras de grande formato cresceu em unidades (7,4%) e valor expedido (3,7%) no primeiro trimestre de 2014 (em relação ao mesmo período do ano passado).

Phuong Hang, gerente da Worldwide Large Format Printer Trackers, declarou: "A expedição de dispositivos UV tem crescido firmemente nos últimos três anos. A IDC esperar que esse negócio continue a crescer assim nos próximos três anos".

Segmento técnico

No primeiro trimestre de 2014, o segmento técnico foi responsável pela expedição de 49.500 unidades e por 61% do mercado global de grandes formatos. O segmento cresceu 9,3% em relação ao mesmo período do ano passado. Todas as regiões consultadas pela IDC cresceram, com ênfase nos seguintes locais:

  • Ásia/Pacífico, exceto o Japão: 10,5%;
  • Japão: 14,1%;
  • Oriente Médio e África: 15,4%;
  • EUA: 11,8%.

O valor de envio do segmento cresceu 1,4% e registrou o total de 301 milhões de dólares no primeiro trimestre de 2014.

Segmento gráfico

No primeiro trimestre de 2014, o segmento gráfico registrou a expedição de 32.000 unidades e ocupa 39% de todo o mercado de impressoras de grandes formatos. O segmento cresceu 4,6% em relação ao mesmo período do ano passado. As regiões consultadas que mais cresceram foram:

  • Japão: 22,4%;
  • Oriente Médio e África: 18,7%;
  • Canadá: 12,8%.

O valor de envio de impressoras de grande formato para o segmento gráfico cresceu 5,3% em relação ao mesmo período do ano passado, registrando 493 milhões de dólares.

Estudo foi realizado pela IDC

HP, Canon, Epson, Roland e Ricoh foram as fabricantes de impressoras de grandes formatos que mais expediram unidades no primeiro semestre de 2014

HP

A HP continua na liderança do mercado internacional de grandes formatos, com 39,8% de participação de mercado. A fornecedora expediu 32.500 unidades no primeiro semestre de 2014 e é a líder indiscutível no segmento técnico, embora posicione-se em terceiro lugar no segmento gráfico.

Canon

Ocupa a segunda posição do mercado mundial de impressoras de grandes formatos. A empresa fica em segundo lugar tanto entre as máquinas CAD quanto entre as impressoras para o segmento gráfico, registrando crescimento anual de 18,8% e 16,6%, respectivamente.

Epson

Seguindo de perto a Canon, a Epson ocupa a terceira posição do mercado mundial de impressão de grandes formatos. A empresa cresceu 4,4% em relação ao ano passado e possui 20% de participação de mercado. É a fornecedora número um no segmento gráfico. Já o segmento técnico é uma pequena parte das vendas de grandes formatos da empresa.

Roland

A Roland detém 3,4% de todo mercado global de grandes formatos, ficando na quarta posição do ranking. A fornecedora é forte no mercado gráfico e cresceu 4,1% em relação ao ano anterior.

Ricoh

A Ricoh ocupa a quinta posição no mercado mundial de grandes formatos. A empresa ocupa a quarta posição no segmento técnico, no qual cresceu 3,8% em relação ao ano passado.

Fonte IDC



Estudo aponta números do mercado de impressão digital e comunicação visual

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/04/2013

A IT Strategies, consultoria norte-americana, completou sua 19ª previsão sobre o mercado de impressão de grande formato. O estudo, realizado anualmente há quase duas décadas, mostrou que o mercado continua a crescer.

De acordo com a pesquisa, o segmento de impressoras digitais à base d’água ficou estável. Já as vendas de impressoras ecossolvente e látex cresceram cerca de 5% ao ano (com algumas marcas se destacando mais do que outras). E os modelos UV mantêm um crescimento na casa de um dígito.

Para os estudiosos do IT Strategies, esses números não representam um mercado em crise — eles são reflexos das inovações técnicas e produtivas pelas quais as impressoras têm passado. Isto é, os equipamentos estão ficando mais rápidos e eficientes, além de durarem mais. Antes, as máquinas tinham vida útil de quatro a cinco anos, mas agora elas chegam a durar entre sete e oito — o que faz com que os birôs e gráficas adiem a compra das próximas gerações de impressoras.

Mercado global de impressoras de grande formato continua a crescer

Mercado global de impressoras de grande formato continua a crescer

O estudo do IT Strategies também mostra números sobre tintas e substratos. Acredita-se que o aumento das mídias chegue aos 7% (ao ano) e o de tintas alcance os 8% (ao ano) até 2017.

Outro dado interessante apresentado pelo estudo foi que, no mundo todo, a soma de impressoras em grande formato vendidas ultrapassou os 39 bilhões de dólares em 2012 — o que representa uma parte ainda pequena dos 600 bilhões de dólares de equipamentos vendidos no mercado de impressão.

Observação: os números acima dizem respeito ao estudo global realizado pela IT Strategies, não refletindo necessariamente os números do mercado brasileiro.

Fonte: What They Think



Projeto do banco Lloyds usa jogo e sinalização digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/12/2012

sinalização digital

Pagar as dívida ficou menos chato com a mídia digital preparada pelo Banco Llloyds

Ir ao banco nem sempre é uma atividade muito agradável, ainda mais se for para conferir uma conta no vermelho ou pagar dívidas. Talvez pensando nisso, o banco Lloyds TSB, na Inglaterra, resolveu inovar — e passou a oferecer um serviço (multiplataforma) no qual os clientes brincam, jogam e interagem antes de começar os seus chatos afazeres bancários.

Chamada "Sidecar Grand Prix", a novidade é um joguinho no qual o usuário comanda um veículo por meio de recursos touchscreen. Durante o trajeto, vai recolhendo ícones relacionados aos serviços oferecidos pelo banco. Depois de coletar os itens, ao final do game, o jogador é convidado a uma visita ao caixa mais próximo ou para o site da instituição.

Acessível também pelo smartphone, a campanha foi parar em algumas mídias out of home (de sinalização digital): telas de LCD localizadas em pontos específicos. "Atualmente, experiências interativas também podem ser exploradas fora de casa, aproveitando recursos da tecnologia digital", afirmou Dan Dawson, diretor da Grand Visual, empresa que executou o projeto. "Sabemos, por experiência própria, o quanto isso pode ser divertido. Por isso, queremos oferecer uma experiência marcante e mais acessível", concluiu Dawson.

sinalização digital

Gamer controla o motorista usando tela touchscreen

Fontes: Grand Visual e Output Mag. Texto: InfoSign