Papel para grandes formatos é lançado nos EUA

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/12/2012

A Sihl Digital Imaging, fornecedora norte-americana de substratos, acaba de apresentar uma nova mídia para aplicações de comunicação visual e grandes formatos. Chamado 3157 Pacifica, o papel fosco criado pela marca visa atender às necessidades daqueles que trabalham com impressão digital.

Segundo a empresa, o papel é branco, brilhante e tem resistência a água e a arranhões. O material também conta com um revestimento que protege a base do material, evitando o atravessamento da tinta impressa, garantindo uma impressão que valoriza a densidade das cores. 3157 Pacifica é compatível com equipamentos látex, UV, solvente e ecossolvente. Pode, também, receber laminação fria ou quente.

A nova mídia é recomendada para os seguintes modelos de impressoras:

  • Agfa – Anapurna, Jeti;
  • CET – X-Press;
  • Durst – Rho;
  • EFI – Rastek, Vutek;
  • Epson - GS, SureColor;
  • Fujifilm – Acuity Advance, Acuity LED, Inca, UVSTAR;
  • Gandy Digital - Pred8tor;
  • Hewlett Packard – Design Jet, Latex, Scitex FB, Scitex, Scitex TJ, Scitex XP;
  • Mimaki – CJV, JF, JV33, JV34, JV5, UJF, UJV;
  • Mutoh – ValueJet;
  • Océ – Arizona;
  • Roland – AJ, SOLJET, VersaART, VersaCAMM, VersaUV;
  • Seiko – ColorPainter.
substratos para grandes formatos

Fonte:  Sihl. Texto: InfoSign



Inscrições para Fespa Brasil 2020 estão abertas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/10/2019
“O Poder da Impressão” é o mote da feira em 2020

“O Poder da Impressão” é o mote da feira em 2020

Os organizadores da Fespa Brasil 2020, feira de impressão digital e comunicação visual, anunciaram a abertura das inscrições para os participantes interessados em visitar a exibição que ocorrerá entre os dias 18 e 21 de março, no Expo Center Norte, em São Paulo.

A Fespa Brasil 2020 terá o lema “O Poder da Impressão” e apresentará os avanços tecnológicos de vários segmentos, como o têxtil, o sublimático e o 3D, entre outros. Segundo a organizadora, o visitante poderá conferir tecnologias de toda a cadeia produtiva, da pré-impressão (softwares e serviços) ao acabamento e enobrecimento.

Alexandre Keese, diretor da APS Eventos Corporativos, organizadora da feira, declarou: “Temos uma parceria fundamental com a Fespa, a principal federação de associações de impressão do mundo, o que nos dá a oportunidade única de estar em contato direto com os grandes players globais do setor e oferecer ao nosso público o que existe de mais relevante na indústria de impressão digital”.

Entre as novidades prometidas para a edição 2020 da Fespa Brasil está um complexo de inspiração e aprimoramento profissional para mostrar “O Poder da Impressão” aos visitantes. Trata-se de um espaço dedicado a exibir aplicações produzidas com as impressoras digitais em exposição na feira, além de congressos técnicos gratuitos sobre gestão, marketing, sustentabilidade, inovação, criatividade, empreendedorismo e tendências.

Outra atração confirmada é A Ilha da Sublimação. Parceria entre APS, Fespa e ComunidadeWEB, o evento oferecerá uma grade especial de palestras e debates sobre técnicas, tecnologias e empreendedorismo na sublimação.

A organizadora também destaca a décima edição do Cambea (Campeonato Brasileiro de Envelopamento Automotivo). A Fespa Brasil 2020 sediará o aniversário de 10 anos do torneio de envelopamento automotivo. O vencedor disputará o título do World Wrap Masters Series, na Europa.

A Fespa Brasil 2020 é realizada pela Fespa, entidade que há mais de 50 anos fomenta a impressão mundial, e organizada pela APS Eventos Corporativos, responsável pela execução de grandes iniciativas na indústria de impressão

Fonte: Fespa Brasil



Epson apoia exposição de estilista no Instituto Tomie Ohtake

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/02/2014

Estampas da exposição foram produzidas com impressoras sublimáticas da Epson

Estampas da exposição foram produzidas com impressoras sublimáticas da Epson

Entre os dias 22 de janeiro e 16 de março, o Instituto Tomie Ohtake, em São Paulo (SP), sediará a mostra Opa! Uma Alegre Revelação. A exposição é fruto do trabalho de dois artistas japoneses: Junko Koshino, estilista que usa a moda "para derrubar fronteiras", e Go Yayanagi, que reverencia o Brasil.

A arte criada pela estilista pode ser apreciada em projeções e roupas que recobrem manequins. Uma das curiosidades é que todos os tecidos exibidos na mostra foram estampados com equipamentos sublimáticos da Epson, fabricante de impressoras digitais.

Na abertura do evento, os convidados receberam um caderno personalizado cuja capa foi revestida com um tecido sublimado.

Fonte: Epson