Pantone anuncia sua cor para 2019

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/12/2018
Pantone 16-1546 Living Coral

Pantone 16-1546 Living Coral

A Pantone declarou que a “Living Coral” é a cor do ano para 2019. Segundo a empresa, “Assim como os recifes de coral são uma fonte de sustento e abrigo para a vida marinha, a Pantone 16-1546 Living Coral nos envolve calorosamente para proporcionar conforto em nosso ambiente continuamente mutável”.

A Pantone, com sede em Nova Jersey, escolhe anualmente uma nova cor com base em condições socioeconômicas, tendências da moda, novas tecnologias e tendências nos estilos de vida, arte, música, viagens e mídias sociais. Com a tecnologia e as mídias sociais interferindo em nossas vidas diárias, a Pantone achou que era o momento apropriado para se voltar para a natureza.

De acordo com Pantone, a natureza envolvente do coral vivo “acolhe” e “encoraja” atividades despreocupadas, e sua autenticidade permite conexão e intimidade.

A Pantone, em comunicado à imprensa, declarou ainda: “Esta cor vivificante e efervescente hipnotiza os olhos e a mente. Situado no centro do nosso ecossistema naturalmente vívido e cromático, a Pantone Living Coral é sugestiva de como os recifes de corais abrigam um caleidoscópio diversificado de cores”.

Fontes: CNN e Pantone

Tags: Pantone,


Imprimax lança série de vinis jateados opacos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/04/2015

Película está disponível em nove cores diferentes

Película está disponível em nove cores diferentes

A Imprimax, fabricante nacional de películas adesivos, anunciou uma nova linha de vinis jateados opacos. Disponível em nove cores, o material é composto por frontal de PVC polimérico calandrado de 100 micra, cola acrílica aquosa permanente e liner de papel couché 120g/m2.

O vinil pode receber impressão digital ecossolvente, solvente, UV e látex, impressão serigráfica UV e convencional, impressão flexográfica UV e impressão offset UV.

Indicado para aplicações automotivas e de comunicação visual, decoração, sinalização e recorte eletrônico, o vinil é vendido em bobinas de 50m de comprimento e 1,22m de largura.

Depois de aplicado, o filme pode durar seis ou sete anos em ambientes externos. Para descartá-lo, basta seguir as regulamentações locais.

O lançamento da linha de vinis jateados opacos faz parte da série de mais de 150 novos produtos recém-anunciados pela Imprimax.

Fonte: Imprimax



Influência da temperatura na instalação de vinis adesivos

Por Eduardo Yamashita em 28/07/2015
Artigo técnico aborda a influência da temperatura na aplicação de vinis adesivos

Artigo técnico aborda a influência da temperatura na aplicação de vinis adesivos

Todo vinil adesivo sofre influência de temperatura. O frio extremo pode afetar o desempenho do filme de PVC e dificultar a instalação. Por outro lado, o calor extremo pode tornar o adesivo muito agressivo. Portanto, ao instalar imagens de vinil no Pará ou Rio Grande do Sul, em janeiro ou junho, é preciso enfrentar alguns desafios ambientais. Quais são os riscos? E como saber quando está muito frio para a instalação planejada?

Em ambientes muito frios

A baixa temperatura do ambiente ou da superfície reduz a plasticidade do filme de PVC, o que pode roubar sua capacidade de se conformar a uma superfície curva ou ligeiramente texturizada. No entanto, não haverá problema se a superfície de aplicação for lisa e plana. Em outras palavras, a elongação do filme de PVC diminui, deixando-o mais quebradiço.

Mas conformação é apenas parte do problema. O vinil mais conformável do mundo só vai ficar parado (adesivado) se o adesivo trabalhar. Em temperaturas abaixo da mínima, o adesivo torna-se tão frágil que não se molda à superfície. Se estiver perto da temperatura mínima da superfície, o filme pode aderir, mas não vai se relacionar bem o suficiente para tornar-se permanente. Isso poderia causar falha adesiva após a entrega ao cliente.

Qual a temperatura ideal para evitar o fracasso das aplicações? Depende. Cada vinil é diferente, mas em geral a temperatura mínima varia entre 4ºC e 7ºC para vinis cast e entre 8ºC e 10ºC para calandrados. Para ter certeza dos valores ideais, consulte sempre os dados publicados pelos fabricantes.

Falhas de aplicação podem acontecer caso não seja levada em consideração a temperatura como fator de influência durante a instalação de vinis adesivos
Falhas de aplicação podem acontecer caso não seja levada em consideração a temperatura como fator de influência durante a instalação de vinis adesivos

Intemperismo e armazenamento

Ao armazenar vinis em local separado do espaço de trabalho, é preciso adaptá-los à temperatura do ambiente antes da aplicação. Se estiver 22ºC em sua mesa e 3ºC na área de armazenamento, o vinil pode não estar pronto para o trabalho. Logo, será necessário aquecer a mídia para que fique entre 20ºC e 25ºC. Esse procedimento também é válido para fitas adesivas, filmes de laminação e outros materiais autoadesivos.

Entretanto, se o seu vinil está quente e será instalado em um veículo em uma garagem com a temperatura mais baixa, será necessário aquecer a superfície antes da instalação. A temperatura da superfície é tão importante quanto a do próprio vinil.

Lembre-se que, geralmente, leva alguns dias para o adesivo curar na superfície. Então, se você tem de instalar vinis em clima frio, faça-o em local climatizado. Além disso, tente organizar o ambiente para manter a superfície recém-decorada ou o veículo por alguns dias (mínimo de dois dias) descansando antes de liberá-lo para o cliente.

Agora você sabe que “depende” é a resposta para a questão “é quente o suficiente para instalar o vinil?”.

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos
Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos