Outdoor iluminado por fontes de energia solar

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/05/2015

Instalação foi criada pela Clear Channel no Reino Unido

Instalação foi criada pela Clear Channel no Reino Unido

A filial britânica da Clear Channel, multinacional especializada em mídia exterior, empregou LEDs alimentados com energia solar para iluminar dois outdoors em Birmingham, na Inglaterra. Trata-se da tecnologia Ecolux Solar, criada pela Zeta Specialist Lighting e pela Portland Lighting e desenvolvida para servir de alternativa a fontes de energia elétrica.

A Ecolux Solar incorpora painéis solares que energizam baterias de longa duração. O sistema patenteado de gerenciamento de energia da Zeta libera a energia armazenada, para que alimente o LED de alta densidade e ilumine o outdoor.

Segundo a Clear Channel do Reino Unido, a empresa está orgulhosa de introduzir o primeiro outdoor iluminado por energia solar, que combina as mais recentes tecnologias out-of-home com a responsabilidade ambiental, as quais permitem a criação de produtos inovadores para promover o desenvolvimento sustentável e oferecer oportunidades dinâmicas de publicidade.

Fonte: Image Reports



Mutoh lança impressoras solvente e sublimática da série ValueJet X

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/02/2014

A Mutoh, fabricante de impressoras digitais, anunciou o lançamento internacional da série ValueJet X, composta pela ValueJet 1638X (solvente) e pela ValueJet 1638WX (sublimática) ‒ ambas apresentam sistema rolo a rolo e largura de 1,6m (64 polegadas). As máquinas substituem os modelos ValueJet 1638 e ValueJet 1638W.

Em comum, as novas impressoras da Mutoh apresentam design de precisão e uma nova mainboard com processador 64-bit RISC. Desenvolvidas e fabricadas no Japão, as máquinas vêm com a nova tecnologia DropMaster, cuja função é eliminar a necessidade de ajustes de mídia. Ela reconhece automaticamente a espessura do substrato e, consequentemente, a distância entre a cabeça e a superfície do material. Quando necessário, a DropMaster é capaz de recalcular e ajustar os disparos de tinta das cabeças.

Veja mais detalhes das duas impressoras da série ValueJet X:

ValueJet 1638X (solvente)

A impressora solvente mais recente da Mutoh produz materiais para sinalização e comunicação visual, como pôsteres, backlits, adesivos de decoração de ambiente, displays de PDV, fine arts, envelopamento de carros, decalques, entre outras mídias.

ValueJet 1638X é a nova impressora solvente da Mutoh

ValueJet 1638X é a nova impressora solvente da Mutoh

A máquina produz na velocidade máxima de 94m²/h (na resolução 360 x 360dpi) ou na resolução máxima de 1080 x 1440dpi (a 10 m²/h). Vem com duas cabeças piezoelétricas que disparam gotas de 3,5 a 35 picolitros.

A VJ1638X pode usar tinta Eco Ultra (disponível em cassetes de 220ml ou 440ml) ou tinta Universal Mild Solvent (disponível em cassetes de 440ml ou garrafas de 1 litro).

ValueJet 1638WX (sublimação)

Essa impressora sublimática é indicada para aplicações de sinalização e vestuário, como decoração de lojas e casas, banners de tecido, pop-ups, camisetas, canecas, capas de telefone, entre outros objetos revestidos ou tecidos de poliéster.

A máquina dispara gotas com volumes de 5,9 a 45,3 picolitros e emprega tinta Mutoh DS2 (disponível em garrafas de 1 litro).

Mutoh apresentou uma nova impressora sublimática, a ValueJet 1638WX

Mutoh apresentou nova impressora sublimática, a ValueJet 1638WX

Segundo a fabricante, a ValueJet 1638WX produz em resolução máxima de 1080 x 1080dpi (a 11m²/h) ou em velocidade máxima de 65m²/h (em resolução de 360 x 360dpi).

Fonte: Mutoh



Fespa Brasil Fórum encerra atividades de 2016 com sucesso

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/12/2016
Itinerário do fórum percorreu as cidades de Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro

Itinerário do fórum percorreu as cidades de Curitiba, Belo Horizonte e Rio de Janeiro

Iniciativa realizada em conjunto com a Fespa e a APS Feiras, o Fespa Brasil Fórum 2016 chegou à sua derradeira fase no dia 22 de novembro, quando ocorreu a etapa conclusiva dos eventos no Rio de Janeiro.

Segundo a organização, o fórum obteve novamente o sucesso esperado e passou por três capitais: Curitiba (26/10), Belo Horizonte (09/11) e Rio de Janeiro (22/11). Em todas as cidades houve alta taxa de comparecimento do público. Também foi uma oportunidade de disseminar conhecimento e receber informações de técnicas e específicas.

As palestras abordaram temas atuais. O diretor da Fespa no Brasil, Alexandre Keese, tratou de soluções integradas dentro do mercado de impressão. O executivo destacou um estudo da Fespa que constatou o otimismo do mercado global de impressão. Características do mercado atual foram abordadas, como o aumento da procura por produtos customizados e que sejam entregues com maior rapidez em tiragens mais baixas e designs criativos.

Processos evolutivos vêm sendo incorporados nos negócios, ressaltou o especialista. Um exemplo são os dados variáveis, que incorporam esta evolução, trazendo um produto extremamente personalizado, um objetivo facilmente alcançado com a impressão digital. As baixas tiragens e os dados variáveis também mudam a forma de pensar em processos como design, armazenamento e logística.

A especialista Luciana Andrade também participou do Fespa Brasil Fórum 2016. Em sua palestra, ela destacou o novo mercado de comunicação visual e lembrou que o melhor investimento para atingir novos mercados é a mudança do pensamento das empresas, que deve apostar em novas estratégias, buscar parcerias, mudar o foco comercial do vendedor e direcionar investimentos em marketing e treinamento.

O Fespa Brasil Fórum honra o lema “Lucro por um Propósito” da Fespa, que consiste no compromisso de reinvestir o faturamento da federação na indústria de impressão digital.

Fonte: Fespa Brasil