Onyx e Enfocus unem-se para criar ferramenta de fluxo de trabalho

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/04/2016
Onyx Switch Configurator oferece soluções para melhorar a produtividade dos birôs de grande formato

Onyx Switch Configurator oferece soluções para melhorar a produtividade dos birôs de grande formato

A Onyx e a Enfocus, desenvolvedoras de softwares, recentemente firmaram uma parceria para criar o Onyx Switch Configurator, ferramenta usada para personalizar configurações de produção, como seleção de mídias, número de cópias, marcas de impressão e informações sobre os trabalhos executados.

O configurador também oferece controle de sangrias, para que os operadores possam produzir uma variedade de aplicações sem a necessidade de redesenhar a arte original. Além disso, Onyx Switch Configurator permite que os usuários criem impressos com marcas de costuras e ilhós, para assegurar o correto acabamento de peças de comunicação visual.

A ferramenta oferece comunicação bidirecional que pode melhorar o processo de seleção de impressoras, plotters e mídias. O cliente e o pedido podem ser conectados à produção, permitindo rastreamentos automáticos dos trabalhos.

O Onyx Switch Configurator permite que birôs tirem ainda mais proveito do fluxo de trabalho do Onyx Thrive, sistema aberto que suporta impressões de grande formato. A solução oferece ferramentas de interface simples de desenvolvimento que pode se conectar a outras soluções, como o Enfocus Switch, que permite integrar tecnologias e fluxos eficientes para automatizar tarefas repetitivas e melhorar a produtividade.

Por ser aberta, a tecnologia do Enfocus Switch possibilita que desenvolvedores como a Onyx usem configuradores no Switch conectar e trocar dados com suas aplicações.

Fonte: Onyx



GMG celebra aniversário de 30 anos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/08/2014

Empresa desenvolve softwares para gerenciamento de cores

Empresa desenvolve softwares para gerenciamento de cores

A GMG, desenvolvedora de softwares, completou 30 anos. Segundo Robert Weihing, dono da empresa, são três décadas de "conversão, padronização, reprodução, otimização, controle, compartilhamento e evolução de cores".

Em 1984, os irmãos Robert e Joerg ingressaram na empresa fundada pelo pai, Ewald Weihing. O trabalho inicial dos rapazes era operar plotters de corte. Em 1989, a empresa expandiu-se e comprou uma Iris 3047, impressora a jato de tinta de formato A0. De acordo com Robert, fazer sinalização na época era muito trabalhoso, mas a impressora recém-adquirida facilitava bastante a produção, embora reproduzisse diversas cores erroneamente. Por esse motivo os irmãos Weihing passaram a estudar gerenciamento de cores, o que resultou na criação do primeiro software da GMG, o ColorProof. De lá para cá, a empresa desenvolveu uma série de aplicativos gráficos e tornou-se referência no mercado.

Atualmente, a GMG oferece 15 produtos para gerenciamento de cores e já instalou mais de 11 mil soluções mundo afora, em diversas empresas de pré-impressão, offset, flexografia, rotogravura, impressão digital e de grande formato.

Fonte: GMG



Zünd anuncia novas fresas com revestimento DLC

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/05/2019
Fresas foram desenvolvidas especialmente para mesas de corte da fabricante suíça

Fresas foram desenvolvidas especialmente para mesas de corte da fabricante suíça

A fabricante Zünd está trazendo para o mercado novas fresas com revestimento DLC (diamond-like carbon), que reduz o atrito, aumenta a resistência ao desgaste e melhora o desempenho da produção. As peças são otimizadas para equipamentos Zünd e estão disponíveis em diâmetros de 2mm a 6mm, para trabalhos em mídias de alumínio, madeira e PVC.

De acordo com a empresa, o atrito durante o processamento afeta a qualidade das mídias, o desempenho da mesa de corte e a longevidade das fresas. Além de diminuir os desgastes, o revestimento de DLC permite maiores velocidades e profundidades de corte. Por exemplo: compósitos de alumínio de até 4mm de espessura podem ser processados em uma única passada, a uma velocidade de até 11m/36pés por min.

As fresas também têm propriedades que ajudam a evitar o acúmulo de material nas peças cortadas. Suas forças de arrasto reduzidas permitem o roteamento de contornos mais detalhados. Por isso, até peças menores podem ser processadas sem a necessidade de pontes para mantê-las no lugar. As superfícies mais lisas das fresas também diminuem a quantidade de calor gerado durante o processamento. Isso elimina a necessidade de refrigeração e lubrificação. Portanto, painéis de alumínio podem ser cortados a seco ao usar as peças de DLC, o que facilita o manuseio e mantém a área de trabalho limpa e seca.

Fonte: Zünd