Ocean Outdoor revela pesquisa sobre publicidade outdoor

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/05/2013

Pesquisa mostra os impactos da publicidade outdoor

Pesquisa mostra os impactos da publicidade outdoor

A Ocean Outdoor, empresa britânica especializada em comunicação visual, divulgou dados sobre um estudo a respeito da publicidade externa e seus impactos sobre as pessoas, lugares e compras. A pesquisa pioneira intitulada "The Science Behind The Art of Outdoor" (algo como "A ciência por trás da Arte do Outdoor") foi apresentada juntamente com a Neuro-Insight, em Londres.

Basicamente, a pesquisa mediu a resposta do cérebro de pessoas expostas a 24 outdoors colocados ao redor de West London. Para isso, 115 voluntários foram equipados com dispositivos que capturavam a atividade cerebral deles enquanto observavam o material exposto.

"Por meio das respostas dos cérebros dos participantes (segundo a segundo), tornou-se claro que o outdoor de grande formato provoca uma resposta emocional muito mais forte do que os anúncios regulares", explicou Heather Andrew, fundador do Neuro-Insight.

"Esta resposta emocional diz ao cérebro que algo realmente importante está acontecendo, e o prepara para lembrar-se dela, resultando em altos níveis de codificação de memória – o que é extremamente importante, porque isso se relaciona com a tomada de decisão e intenção de compra", completou Andrew.

Fonte: Output Magazine



Como escolher e armazenar papéis para sublimação

Por João Leodonio em 28/11/2017
Em rolos ou folhas, os papéis sublimáticos são essenciais no processo

Em rolos ou folhas, os papéis sublimáticos são essenciais no processo

O mercado oferece muitos tipos de papéis para sublimação, vendidos em folhas ou rolos. Por isso, muitos compradores desses itens fundamentais acabam se confundindo diante de tantas opções e, consequentemente, adquirem materiais inadequados. A seguir, compilamos informações cruciais sobre tipos, gramaturas e armazenamento de papéis sublimáticos. Com o conhecimento delas, o usuário certamente poderá adquirir, utilizar e manipular de forma correta esses artigos básicos da sublimação.

Recomendação importante para todos os casos de papéis listados abaixo: após a impressão e até a prensagem, os materiais devem ser mantidos como antes da impressão, ou seja, sem contato com umidade, poeira e, principalmente, luz.

Papéis sublimáticos para impressão offset (folha a folha)

Para o processo de impressão offset, não há a necessidade de usar papel tratado, que pode ser offset ou jornal. No entanto, a carga de tinta (densidade) tem de ser controlada. Além disso, as pilhas de papel na saída da impressora têm de ser menores, para não ocorrer a transferência de imagem de uma folha para o verso da outra, o que compromete a qualidade da imagem, sobretudo no momento da prensagem.

Gramatura: varia de 54g/m² a 75g/m².

Armazenamento: recomendável manter em local sem umidade, pó e calor excessivo. Conservar os papéis empacotados até o momento da utilização, pois se a umidade relativa do ar estiver muito alta, eles podem ondular, o que dificulta a entrada em máquina. Já a umidade baixa pode provocar estática, que também dificulta a entrada da mídia na impressora. Recomenda-se o controle de temperatura (entre 20ºC e 25ºC) e umidade relativa (entre 45% e 60%).

Modo correto de armazenar papel offset em pacotes

Papéis sublimáticos para impressoras A3 e A4

Nas impressoras “caseiras” são utilizados, normalmente, os formatos A3 e A4. Nesses casos, os papéis sem tratamento não são recomendados, pois a tinta tende a ancorar na massa mecânica da mídia, o que dificulta a pssagem do insumo para o tecido. Para compensar esse problema, muitas empresas aumentam a carga de tinta impressa, o que, consequentemente, onera o processo. Além disso, é importante frisar que a maioria dos perfis de cor disponíveis no mercado não estão preparados para materiais não revestidos. Portanto, o recomendado é usar papéis tratados (resinados) e perfis adequados.

Gramatura: varia de 75g/m² a 125g/m², dependendo de tipo de serviço a ser executado. Muitas fornecedoras oferecem papéis com bom desempenho, e vale testar qual deles entrega a quantidade de tinta adequada para a prensagem correta.

Armazenamento: não expor a umidade, pó e calor excessivo. Manter em pacotes fechados até o momento da utilização. Recomenda-se usar estufas de armazenagem para manter a integridade física do substrato.

Estufa para papéis A3

Papéis sublimáticos para impressão de grande formato

Para impressões em grande formato, utiliza-se tanto papel tratado como papel offset sem tratamento. A largura e o comprimento das mídias variam de acordo com a capacidade de cada impressora digital.

Gramatura: varia entre 56g/m² e 90g/m², dependendo do tipo de serviço a ser executado (textos ou chapados).

Armazenamento: recomenda-se manter os rolos em ambiente controlado (temperatura e umidade relativa) e sem exposição a poeira e luz. Mantê-los empacotados até o momento da utilização.

Modo correto de armazenar papel em rolo

 

Sobre o autor: João Leodonio atua no segmento gráfico há 10 anos, como gerente de produção e consultor. Tecnólogo em produção gráfica, atuou como palestrante pela Imprensa Oficial, de Angola, e como consultor de processos produtivos. É proprietário da Pari Transfer Sublimático  

 



Febratex chega à 16ª edição em 2018

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/01/2018
Além de dezenas de expositores, a feira contará com eventos paralelos

Além de dezenas de expositores, a feira contará com eventos paralelos

Entre os dias 21 e 24 de agosto de 2018, a Febratex (Feira Brasileira para a Indústria Têxtil) será realizada no Parque Vila Germânica, em Blumenau (SC). Segundo a organização, a FCEM, o evento reunirá expositores nacionais e internacionais que apresentarão lançamentos e informações sobre moda, tendências e tecnologias de corte e costura, estamparia, fiação primária e secundária, tinturaria, enfesto, corte automático, entre outras atrações.

Na edição de 2016, a feira contou com as principais indústrias nacionais e expositores de cerca de 60 países, totalizando 2,4 mil marcas.

Hélvio Roberto Pompeo Madeira, diretor-presidente do FCEM | Febratex Group, declarou: “AFebratex, além de ser a feira mais tradicional do setor, é sempre um divisor de águas para a indústria têxtil nacional, pelo volume de lançamentos e pela inovação que proporciona para a cadeia produtiva têxtil. Mesmo em momentos difíceis, o evento surpreende positivamente com muitos negócios fechados durante a feira e negociações em andamento para o pós-feira”.

Atrações paralelas

Além da exposição, os visitantes da feira poderão acompanhar duas ações paralelas: o Fórum Febratex de Informação e a Febratex Week Tour.

O Fórum Febratex de Informação foi planejado para receber as ações dos expositores da Febratex 2018. O ambiente é ideal para realizar palestras comerciais e workshops, com o objetivo de ampliar a presença das empresas no evento e proporcionar suporte para soluções que os clientes buscam.

A Febratex Week Tour é um evento institucional do FCEM|Febratex realizado nas feiras de negócios do grupo, com o objetivo de ser uma plataforma de atualização profissional para expositores, compradores e visitantes dos eventos. O espaço contará com uma grade de atrações que serão direcionadas pelas principais entidades do setor, universidades e profissionais de moda. Uma das atrações já confirmadas na programação da Febratex Week Tour é o Seminário Tecnológico que será organizado pela ABTT (Associação Brasileira de Tecnologia Têxtil, Confecção e Moda), no dia 22 de agosto de 2018.

Fonte: Febratex