O que você deve saber sobre conteúdo para sinalização digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/11/2014

É fundamental responder a três perguntas básicas na hora de criar conteúdo a ser veiculado por sinalização digital

É fundamental responder a três perguntas básicas na hora de criar conteúdo a ser veiculado por sinalização digital

Especialista em sinalização digital, Frank Kenna dá dicas fundamentais para quem cria conteúdos a serem veiculados em displays de digital signage. Abaixo estão três questões básicas para ajudá-lo a avaliar a qualidade do conteúdo:

1. Qual é a relevância do conteúdo para os objetivos que você quer atingir?

Muitos administradores de sinalização digital usam conteúdos gratuitos ou de baixo custo disponíveis na internet. Isso pode parecer bom, mas será que realmente vai ajudar a atingir seus objetivos? Não. O que ele faz é ajudar a impulsionar o número de leitores (ver questão 3), mas isso é apenas um dos ingredientes de uma sinalização digital eficaz. Seus objetivos devem direcionar o conteúdo.

2. Você cria e veicula facilmente os conteúdos?

Depois de identificar os seus objetivos, você tem de saber quem vai desenvolver o conteúdo. Alguém precisa criar um material fresco e relevante regularmente. Os administradores precisam de um software que seja fácil de operar e que veicule conteúdos rapidamente.

3. Será que as pessoas estão lendo o conteúdo?

Se não lerem, investigue as razões para isso estar acontecendo. Você precisa escolher um dado importante e se concentrar nele. Se o seu público-alvo for composto por trabalhadores do chão de fábrica, mostre-lhes métricas de produção e outros materiais relevantes. E separe pelo menos 25% do seu conteúdo para coisas que não tenham a ver com o negócio, como notícias, esportes e previsão do tempo.

Responder às três questões acima poderá levá-lo a encontrar um bom caminho para um sistema de sinalização digital eficaz e que realmente funcione.

Fonte: Digital Signage Today



InkTec apresenta novas tintas sublimáticas da linha SubliNova G7

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/09/2014

SubliNova G7 é tinta sublimática compatível com impressoras com cabeças Epson

SubliNova G7 é tinta sublimática compatível com impressoras com cabeças Epson

A InkTec, fabricante de insumos para impressão digital, lançou no mercado internacional a SubliNova G7, série de tintas sublimáticas para equipamentos com cabeças Epson DX7. Com a introdução da nova linha, a InkTec pretende ampliar sua atuação no mercado de sublimação digital e estamparia têxtil.

Além da SubliNova G7, a empresa oferece as tintas Hi-Lite e Sure, que são compatíveis com cabeças Epson DX5 e TFP.

Rick Kim, gerente de marketing da InkTec, declarou: "A SubliNova G7 foi criada e testada por nossas equipes de pesquisa e desenvolvimento e por clientes da Coreia do Sul, da China e do Brasil. Esses testes serviram para confirmar o alto padrão de qualidade dos materiais".

Fonte: Output Magazine



São Paulo abre 3ª edição do Fespa Brasil Fórum em outubro

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/10/2018
Evento também passará por Curitiba e Rio de Janeiro

Evento também passará por Curitiba e Rio de Janeiro

A cidade de São Paulo receberá a primeira etapa do 3º Fespa Brasil Fórum, evento para discutir negócios, oportunidades e tecnologias da indústria de impressão digital. A iniciativa passa depois pelo Rio de Janeiro (25 de outubro) e Curitiba (6 de novembro). O interessado deve se inscrever no site do fórum.

Na capital paulista, o Fespa Brasil Fórum ocorre em 4 de outubro, no Auditório da ABTG (rua Bresser, 2315, dentro do Senai Theobaldo de Nigris). O evento contará com a palestra “Ampliando suas oportunidades de negócios”, ministrada pelo diretor da Fespa Brasil, Alexandre Keese, que abordará os números da Print Census 2018, pesquisa recente internacional que trata, entre outros tópicos, do desenvolvimento do mercado e das tecnologias de impressão têxtil, comunicação visual e grandes formatos. O censo contou com entrevistados brasileiros, que concederam suas informações durante a feira Fespa Brasil.

O Fespa Brasil Fórum e realizado sob o lema Profit for Purpose “Lucro por um Propósito”, que consiste no compromisso de reinvestir no mercado de impressão digital.

Fonte: Fespa Brasil