Novas tintas sublimáticas Digistar T-Sonic e J-Nexter

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/02/2018
Novidades foram desenvolvidas pelo Grupo JK

Novidades foram desenvolvidas pelo Grupo JK

O Grupo JK, que detém as marcas Kiian Digital e J-Teck, anunciou a Digistar T-Sonic, nova tinta sublimática compatível com cabeças Panasonic, empregadas em impressoras têxteis industrial.

Segundo a empresa, a tinta se destaca devido à sua excelente confiabilidade e rapidez de secagem do papel impresso e da gama de cores maior.

Marco Girola, especialista de marketing do Grupo JK, declarou: “Estamos muito entusiasmados com a T-Sonic, pois ela é perfeitamente apropriada para explorar a alta produtividade dos sistemas de impressão avançados, ao mesmo tempo que proporciona resultados de impressão de alta qualidade”.

A marca J-Teck também apresentou a J-Nexter, tinta sublimática compatível com cabeças de última geração da Epson. Também de acordo com a empresa, o insumo oferece rápida secagem em qualquer tipo de papel e cores de alta intensidade.

O Grupo JK produz insumos com base em diretrizes, regulamentos e normas mundiais, bem como nos requisitos de conformidade das principais marcas do mercado internacional.

Fonte: Grupo JK



HP desenvolve nova cabeça de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 30/06/2014

Futuro lançamento da HP usa cabeça de impressão de única passada

Futuro lançamento da HP usa cabeça de impressão única passada

A HP, fabricante de impressoras digitais, revelou planos para a sua linha de máquinas de grandes formatos. Futuramente, os equipamentos poderão empregar uma nova plataforma de cabeça de impressão modular a jato de tinta térmica.

Além disso, a empresa lançará impressoras técnicas, softwares de produção e drivers para toda a família DesignJet. Porém, a grande novidade será a impressora única passada que empregará a cabeça modular. Ainda sem nome, a máquina só deverá chegar ao mercado na segunda metade de 2015.

Segundo a empresa, a nova plataforma terá uma série de vantagens:

  • velocidade duas ou três vezes maior que os atuais equipamentos memjet, além de ser duas vezes mais rápida que as impressoras LED;
  • tintas pigmentadas para nitidez e durabilidade em reproduções monocromáticas e aplicações coloridas;
  • novo processador e hard drive que permitem o processamento mais rápido de arquivos.

A nova cabeça permitirá à HP projetar uma gama de aplicações e equipamentos, que produzirão maior quantidade em menos tempo.

Fonte: My Print Resource



Construções da Times Square lucram com instalações de painéis eletrônicos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/12/2012

Painéis digitais

Painéis eletrônicos na Times Square

Painéis instalados na Times Square, em Nova York, estão gerando muitos lucros para os donos das construções localizadas na avenida. O edifício com a famosa bola que desce na noite de Réveillon é um dos mais disputados, lucrando aproximadamente 23 milhões de dólares por ano com as suas instalações de propaganda e sinalização digital.

A Dukin Brands Group investe mais de 3,6 milhões de dólares anualmente nos painéis do Dukin Donuts. Normalmente, eles apresentam imagens de pessoas que enviam suas fotos por meio da página da marca no Facebook. Já a Anheuser-Busch InBev, gasta mais ou menos o mesmo valor para mostrar garrafas da Budweiser, de acordo com um artigo publicado no site wsj.com.

Acredita-se que cerca de 495 milhões de dólares sejam investidos no local, levando em conta todas as propagandas colocadas nos prédios (incluindo as rendas da loja Walgreen). "Estamos muito felizes com isso", declarou Michael Phillips, diretor operacional da Jamestown Properties, empresa que comprou o One Times Square, em 1997, por 117 milhões de dólares.

Todo esse sucesso reflete o crescente valor da publicidade neste local icônico de Nova York. Por lá, passam mais de 100 milhões de pedestres por ano.

Fonte: Digital Signage Today. Texto: InfoSign