Nova máquina a laser SID XL 1390

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 02/06/2015

SID XL 1390 possui área de corte de 1.300mm x 900mm

SID XL 1390 possui área de corte de 1.300mm x 900mm

A SID Signs, fornecedora de equipamentos para comunicação visual, apresentou ao mercado internacional a XL 1390, máquina a laser indicada para produção de displays de ponto de venda, placas de prêmios, peças arquitetônicas, entre outros itens produzidos por birôs de sinalização e indústrias de madeira, móveis, calçados e embalagens.

Com área de trabalho de 1.300mm x 900mm, o equipamento conta com tubo laser de 100W e um ano de garantia. Pode trabalhar na velocidade máxima de 400mm/s (para corte) e 600mm/s (para gravação).

Segundo a empresa, a máquina possui laser que assegura a gravação precisa de pequenos detalhes, como círculos com 2mm de diâmetro em diversos substratos, como acrílico, MDF, borracha e até cartão.

Randy Geesman, presidente da Paradigm Imaging Group, distribuidora de equipamentos da SID Signs, declarou: "A qualidade da SID XL 1390 é excelente, e ela tem um preço ótimo, por isso temos certeza que será um sucesso comercial".

Fonte: My Print Resource



Canon-Océ lança linha de impressoras Océ Arizona 6100

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/05/2014

Foco da Arizona 6100 é na produtividade

Foco da Arizona 6100 é na produtividade

A Canon, fabricante de impressoras digitais, anunciou o lançamento da Océ Arizona 6100, série de equipamentos UV planos indicados para birôs e gráficas que produzem mais de 30 mil metros quadrados de mídias rígidas impressas por ano.

Composta pelo modelo 6160 XTS (de seis cores) e pelo 6170 XTS (sete cores), a nova família Océ Arizona 6100 foi apresentada pela primeira vez na Fespa 2014, realizada em Munique (Alemanha).

Com ênfase na produtividade, a linha foi otimizada para trabalhar em alta velocidade (155m²/h) e pode fazer aplicações multicamada e impressão frente e verso em registro.

Sistema de alimentação de mídias

As impressoras Océ Arizona 6100 apresentam área de impressão de 2,5m x 3,05m e mesa com vácuo, que suporta vários tipos de mídias, com pesos e formatos diversos.

A mesa apresenta duas zonas independentes de vácuo. Assim, enquanto uma está produzindo, a outra pode ser preparada, o que possibilita produção contínua.

Segundo a empresa, registros pneumáticos asseguram o carregamento rápido e fácil dos substratos sobre a mesa. Isso significa que um único usuário pode operar duas impressoras ao mesmo tempo, produzindo 50 chapas por hora (no modo de produção).

Sistema de impressão

As impressoras da série Océ Arizona 6100 comportam sistema de impressão com quase 27 mil nozzles e podem receber upgrade, ao adicionar dois canais de tinta branca. Além disso, permitem integração com dispositivos de automação e sistema de fluxo de trabalho.

Entre as tecnologias exclusivas, as impressoras empregam a Océ VariaDot (pontos de tamanhos variados), a Automated Printhead Maintenance System (confere automatização e limpeza da cabeça em menos de 25 segundos por cor) e a Active Pixel Placement Compensation (faz cada pixel pousar exatamente onde precisa, o que garante a qualidade da imagem reproduzida).

Fonte: Adcomms



Celso Bento sucede Takao Shirahata na presidência da Roland DG Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/03/2013

Celso Bento, novo presidente da Roland DG Brasil

Celso Bento, novo presidente da Roland DG Brasil

Depois de três anos de preparação, Celso Bento, até então vice-presidente da subsidiária brasileira da Roland DG, fabricante japonesa de impressoras digitais, assume de vez a presidência da companhia, que havia sido ocupada por Takao Shirahata há duas décadas.

A sucessão ocorre em um momento importante para a empresa. Até o início de 2013, a Roland DG era apenas um segmento do grupo Roland, que, entre outras atividades, também fabrica instrumentos musicais. Porém, recentemente, ambas (Roland e Roland DG) foram divididas, transformando-se em duas companhias independentes. Esse processo foi coroado com a nova presidência (do executivo Celso Bento), bem como de uma solenidade, realizada no dia 12 de março, na sede da empresa, em Cotia, São Paulo.

A ocasião, prestigiada por revendedores e profissionais da Roland DG Brasil, foi iniciada por Kevin Shigenoya, executivo da Roland Corporation do Japão. Em discurso, Shigenoya enfatizou a solidez econômica do Brasil e comentou sobre as oportunidades trazidas pelos próximos grandes eventos esportivos. Falou também sobre a criatividade de seus clientes brasileiros e encerrou o discurso tecendo comentários sobre os dirigentes da companhia: "O Sr. Takao Shirahata, que lidera os negócios da DG – que apresentaram um crescimento drástico e com muito sucesso –, deixará os negócios da DG, a fim de se concentrar na Roland Musical. E o Sr. Celso Bento, que trabalha em conjunto com o Sr. Shirahata, irá suceder a presidência para o futuro".

Em seguida, discursou Shirahata. O executivo, que passou a tutelar apenas o segmento de instrumentos musicais, explicou que todo o êxito da companhia (DG) só foi possível por causa dos profissionais que lá passaram e trabalham: "O sucesso não se alcança sozinho, mas sim com a contribuição de muitas pessoas; graças ao empenho e à dedicação dos profissionais envolvidos". Shirahata também fez um breve apanhado da história da empresa – que se confunde com a própria história da comunicação visual no Brasil.

Concluindo a solenidade, Celso Bento agradeceu a confiança nele depositada desde a sua contratação em 2006, bem como a sua promoção para vice-presidente, em 2010. Em discurso, Bento enalteceu a amizade e o companheirismo que tem com o Sr. Shirahata, o que pretende manter mesmo a distância. O novo presidente também agradeceu a Roland DG Corporation por ter-lhe confiado as operações da empresa no Brasil.

Fonte: Roland DG Brasil