Nazdar lança tintas compatíveis da série 565

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/08/2020
Cinza, light cyan e light magenta são opções da linha

Cinza, light cyan e light magenta são opções da linha

A fabricante Nazdar anunciou no mercado internacional a 565, série de tintas digitais compatíveis com impressoras inkjet Colorpainter M-64s.

Por ter recurso plug-n-play e compatibilidade química, a série 565 pode substituir as tintas originais e, para a troca dos insumos, o usuário não precisa realizar procedimentos de limpeza ou descartar a tinta não utilizada.

Disponível na paleta CMYK, light cyan, light magenta e cinza, a série 565 é indicada para substratos como banners e vinis.

Stephen Woodall, gerente da Nazdar, declarou: “As tintas da série 565 permitem que os usuários reduzam seus custos sem comprometer a qualidade. Com cores excepcionais e compatibilidade química, além do processo de conversão contínuo, esses materiais permitem que os usuários troquem uma cor por vez”.

Fabricadas no Reino Unido e nos EUA, as tintas da Nazdar 565 produzem gráficos com resistência à degradação UV e desbotamento de cores.

Fonte: Nazdar



Como combater o efeito “silvering” em laminações

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/09/2020
Veja o que é precisa para eliminar as indesejadas linhas prateadas

Veja o que é precisa para eliminar as indesejadas linhas prateadas

O efeito “silvering” (prateado) é um problema na laminação de um trabalho impresso. É causado por pequenas bolhas de ar que ficam presas sob a laminação, criando a aparência de linhas reflexivas difusas ou prateadas. Pode não ser visto em mídias mais claras ou áreas com cores claras, mas fica óbvio em imagens de escuras ou pretas.

Para resolver esse problema, é importante identificar a causa dele, que pode ser:

  • não aplicar a pressão apropriada do rolo;
  • laminar muito rápido;
  • usar mídia com uma superfície irregular.

O “silvering” também pode ser consequência do processo de “secagem” da laminação, quando os adesivos fluem sobre a mídia e a tinta. As tintas ecossolventes geralmente se espalham suavemente na superfície do substrato mídia, de modo que, quando o adesivo umedece, ele preenche a área de maneira uniforme. As tintas UV, no entanto, não obtém a mesma uniformemente. Portanto, algumas áreas podem ficar descobertar de adesivo, o que pode alterar a aparência do gráfico.

Se você for um usuário de tintas UV, é possível evitar o problema do “silvering” usando um produto laminado com um “peso” maior, para que seu adesivo preencha as áreas de tintas desiguais. Isso é especialmente verdadeiro se a mídia também for irregular.

Outro fator pode ser o tipo de adesivo: os mais “macios” fluem mais e cobrem áreas irregulares.

Às vezes, a adesão às tintas UV é um problema. Portanto, recomenda-se realizar testes em uma seleção de diferentes mídias e produtos laminados. Pode ser possível obter um acabamento excelente alterando a combinação de produtos.

Se o “silvering” persitir, uma solução é usar a laminação fosca. O prateado ainda está lá, mas é mais difícil de ver graças ao acabamento. O Protac Anti-Scratch Matte, da Drytac, por exemplo, é um filme laminado de PVC calandrado monomérico com acabamento fosco antirriscos, que é revestido em um lado com um adesivo de alta camada. É indicado para laminação sobre tintas UV.

Fonte: Drytac



GQM lança programa de aluguel de impressoras digitais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/02/2020
Loca Printer permite que empresas aluguem equipamentos para desenvolvimento de itens exclusivos

Loca Printer permite que empresas aluguem equipamentos para desenvolvimento de itens exclusivos

A Global Química & Moda (GQM), fornecedora nacional de máquinas e insumos para estamparia têxtil, lançou o Loca Printer, programa por meio do qual empresas de qualquer porte e segmento podem alugar uma impressora digital para desenvolver ações pontuais em eventos, exposições e eventos de endomarketing que priorizam experiências de personalização.

Marcos Fernandes, gerente técnico da GQM, explica que uma das máquinas escolhidas para o projeto é a Epson SureColor F2100: “É um modelo compacto, que cabe em qualquer espaço e produz estampas com alta qualidade, vivacidade de cores e rapidez. A empresa pode criar as próprias estampas em suas ações de engajamento e entregar uma experiência muito mais enriquecedora ao seu público”.

Uma das primeiras empresas a testar o projeto foi a Lojas Pernambucanas. No estande da marca na Comic Con Experience (CCXP) 2019, os participantes do evento tinham a oportunidade de criar suas próprias camisetas.

Fábio Fadel, diretor executivo comercial da Pernambucanas, destacou a parceria: “Empresas como a GQM entendem muito bem esse novo momento de compra, em que o cliente busca personalização. E buscamos oferecer essa experiência de compra não só no nosso site, mas também em outros locais, como o CCXP, que é um universo que tem tudo a ver com essa pegada de personalização”.

Fonte: GQM