Nazdar apresenta nova série de tintas sublimáticas NDT600

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/02/2018
Tintas são produzidas por nova tecnologia de dispersão

Tintas são produzidas por nova tecnologia de dispersão

A fabricante Nazdar anunciou no mercado internacional a disponibilidade da NDT600, série de tintas sublimáticas desenvolvidas para uso em qualquer impressora com cabeças Epson. Os insumos são indicados para estampar vestuário esportivo (uniformes para jogadores e ciclistas), bandeiras, artigos promocionais, entre outras aplicações têxteis.

Segundo a empresa, a série NDT600 substitui as tintas de corante de linhas previamente lançadas pela Nazdar. Isso porque elas são fabricadas por um processo de dispersão completamente novo.

As tintas NDT600 são vendidas em garrafas de um litro para clientes ou em bolsas de tinta de dois litros.

Chris Bailey, diretor-gerente da QPS, distribuidora das tintas Nazdar, declarou: “Desde a introdução da NDT600, convertemos impressoras sublimáticas de muitas empresas. A conversão é bastante direta e demanda pouco tempo de inatividade”.

Fonte: Fespa



InkTec lança três impressoras UV LED

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/01/2019
São duas impressoras planas e um modelo rolo a rolo

São duas impressoras planas e um modelo rolo a rolo

A fabricante sul-coreana InkTec anunciou o lançamento no mercado internacional de três impressoras UV LED da linha Jetrix (LXi6, LXi7 e LXiR190).

Com base nas tecnologias KX6 e KX7, a LXi6 (com área de impressão de 2,5m × 1,28m) e a LXi7 (2,5m × 3,06m) são planas e de médio porte. Com vácuo reforçado, as máquinas podem acoplar sistema rolo a rolo opcional e podem rodar na velocidade máximas de 78m2/h ou resolução máxima de 1.080dpi.

Em fevereiro, a InkTec lançará a LXiR190, que se baseia na LXiR320. Rolo a rolo, a impressora tem 1,9m de largura e pode trabalhar com duas mídias de 914mm simultaneamente. A máquina trabalha com resolução máxima de 720 × 1440dpi ou velocidade máxima de 45m2/h, para estampar banners, revestimentos de parede e tecidos.

Ben Woodruff, diretor da InkTec, declarou: “As novas impressoras são mais ecológicas e eficientes. Elas também eliminam a necessidade da substituição frequente de lâmpadas e, mais importante, geram economia de custos”.

Fonte: InkTec



Como aplicar vinis adesivos em pisos

Por Eduardo Yamashita em 01/09/2015
Confira dicas para aplicar vinis adesivos em pisos

Confira dicas para aplicar vinis adesivos em pisos

A decoração de pisos é uma atividade em potencial para qualquer birô ou gráfica digital. Então por que não começar a oferecer esse tipo de serviço? A experiência em instalação de vinis e envelopamento de veículos certamente ajudará na execução de trabalho em pisos, que, no entanto, reserva algumas particularidades.

Por exemplo, se as bordas da película começam a levantar antes do término da vida útil do produto (que não é superior a seis meses), o trabalho deverá ser refeito. E por que as bordas levantam? Porque o piso não foi devidamente preparado antes da aplicação do vinil adesivo.

Assim, é melhor gastar alguns minutos para preparar a superfície do que ter de refazer o trabalho. Portanto, é importante saber como posicionar a imagem, como preparar a superfície e como instalar a imagem.

Onde posicionar a imagem

Antes da instalação, é preciso ter certeza de que o vinil vai aderir ao revestimento do piso, que pode ter superfície encerada, de concreto selado, mármore, azulejos de cerâmica ou madeira selada. Mas essa não é a única condição. A superfície do piso deve estar presa e em boas condições. Não adesive sobre peças soltas e irregulares. Além disso, a superfície deve estar protegida, sem reboco (rejunte) solto e livre de rachaduras e lascas. Também deve estar isenta de silicone, pois ele inibe a adesão do adesivo.

Certifique-se de que o piso está bem fixado. Isso porque revestimentos de assoalho colados irregularmente podem se soltar, o que resulta no levantamento prematuro da imagem. Além disso, o revestimento do assoalho pode sair com o vinil durante a retirada do material.

1
Por razões de segurança e para manter a integridade da imagem, é importante colocá-la numa área de trânsito moderado, longe das portas principais

É importante também ressaltar que a imagem fica escorregadia quando molhada. Portanto, é melhor escolher um local onde não chova.

Ao instalar a imagem em um armazém, as empilhadeiras e os motores de reboque podem comprometer a integridade da imagem por derramar óleo e sujeira de rastreamento sobre a película adesivada.

Antes da instalação, pergunte-se: Qual é o volume de tráfego de pés e quanto tempo a imagem deve durar? Imagens em piso de um estádio durarão e permanecerão vibrantes e sem levantar as bordas?

Isso depende de quantas pessoas caminharão sobre a imagem. Esse é o lado negativo. O lado positivo é que há muitos pisos e superfícies para adesivar com anúncios.

Preparação da superfície

Depois de determinar o local apropriado para a imagem, é necessário preparar a superfície para a aplicação do vinil autoadesivo. Caso contrário, a durabilidade da imagem poderá ser comprometida. Em suma, a superfície de aplicação deve estar limpa, lisa e seca.

Limpeza do piso

Em primeiro lugar, pulverize a área onde a imagem será aplicada. Use uma solução com 20 gotas de detergente por litro de água. Não use sabonetes ou detergentes enzimáticos. Limpe a área e, em seguida, limpe uma área 20cm maior do que a imagem total.

Depois, limpe novamente. Com o chão limpo, seque-o com um papel toalha que não solte fiapos. Certifique-se de remover toda a poeira sem deixar sujeira em seu rastro.

Para obter o resultado desejado, é imprescindível limpar corretamente o piso antes da adesivação

Remoção de óleo e graxa

É preciso enfatizar: é necessário limpar o chão com uma toalha de papel sem fiapos umedecida e álcool que não contenha loções ou aromas. O álcool isopropílico é o melhor - não utilize álcool em gel.

Para evitar deixar resíduos, limpe a superfície completamente seca com uma toalha de papel sem fiapos antes de evaporar o álcool.

A superfície brilhante é melhor, mas nem sempre será possível trabalhar com esse tipo de superfície.

Antes de trabalhar com pisos pintados, realize um teste para ter certeza de que a tinta do chão não será removida caso o vinil seja reposicionado ou retirado. Considere o seguinte: a maioria das imagens de piso tem adesivo permanente, que é extremamente agressivo.

Armado com essas informações, você muito provavelmente obterá uma instalação bem-sucedida. Uma dica final: sempre preste muita atenção às orientações específicas dos fabricantes dos vinis. Alguns requisitos adicionais podem fazer grande diferença na aplicação final.

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual
Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual