Mutoh lança impressora sublimática ValueJet 1604WX

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/04/2017
VJ-1604WX tem 1,6m de largura de impressão

VJ-1604WX tem 1,6m de largura de impressão

A fabricante Mutoh incrementou sua linha de impressoras digitais para sublimação. O novo modelo que passa a integrar a série de equipamentos ValueJet (VJ) é o 1604WX.

Com 1,6m de largura, a impressora é indicada para estampar objetos e peças de vestuário, decoração e sinalização, como displays, banners, pop-ups, roupas esportivas e materiais rígidos como canecas, copos, mouse pads e snowboards.

Fabricada no Japão, a VJ-1604WX inclui cabeças de impressão capazes de disparar gotas com volumes variados (de 3,5 a 21 picolitros), para trabalhar em resolução de até 1.440dpi. A velocidade média de produção da máquina é de 22m²/h (em 360 x 1080dpi e 3 passadas).

A impressora vem com um sistema de “roll-off” não motorizado e um sistema enrolador motorizado, para suportar rolos de mídia de até 30kg. Segundo a empresa, o mecanismo é capaz de entolar perfeitamente as bobinas já impressas, o que é fundamental para a qualidade do trabalho nas calandras.

A ValueJet 1604WX emprega tintas originais DS2 da Mutoh, que estão disponíveis em frascos de 1 litro e são 100% livres de componentes orgânicos voláteis. Os insumos podem usados para impressão em papéis transfer ou para impressão direta em tecidos de poliéster ou fibras misturadas.

Fonte: Mutoh



Avery Dennison lança vinil MPI 1006 com adesivo Hi-Tack

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/11/2015
MPI 1006 é indicado para aplicações em ambientes hostis

MPI 1006 é indicado para aplicações em ambientes hostis

A Avery Dennison, fabricante de mídias para comunicação visual, lançou o MPI 1006, vinil cast com o adesivo Hi-Tack e tecnologia Easy Apply. A mídia é indicada para aplicações em superfícies e veículos (motos, barcos e equipamentos industriais) expostos a ambientes externos hostis.

O adesivo Hi-Tack permite ao vinil aderir a substratos difíceis, como plásticos de baixa energia, fibra de vidro e revestimentos protetores brilhantes ou foscos. Já a tecnologia Easy Apply permite a saída de ar, torna a instalação mais rápida e reduz o surgimento de bolhas durante a aplicação.

O MPI 1006 Hi-Tack faz parte da linha de produtos Hi-Tack, lançada no começo de 2015 e que inclui vinis como o MPI 2126 (calandrado), o 700 High Performance (calandrado) e o 900 Supercast (cast), que estão disponíveis em ampla gama de cores e acabamentos.

Fonte: Avery Dennison



Versão 12 do Caldera RIP é anunciada

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/10/2018
RIP da Caldera chega à versão 12

RIP da Caldera chega à versão 12

A desenvolvedora Caldera anunciou a versão 12 de seu software RIP homônimo. Segundo a empresa, o aplicativo atualizado oferece uma experiência aprimorada e inclui ferramentas como a Digital Licences, o APPE 5.0 e a CalderaDock.

Mark Lewiecki, gerente sênior de produtos da Adobe, declarou: “O Caldera 12 é uma das primeiras soluções a integrar o APPE 5.0 (Adobe PDF Print Engine 5). Os usuários do software poderão trabalhar com PDF 2.0 e aproveitar ao máximo os recursos de suas impressoras”.

O APPE 5.0 aproveita a ampla adoção do PDF para acelerar a eficiência de transferência, reduzir custos, aumentar a lucratividade e oferecer renderização de cores de alto impacto. Isso permite maior aproveitamento dos recursos de cores das impressoras. Ele também oferece suporte a transparências e reprodução de tons suaves.

O Caldera 12 também inclui a CalderaDock, ferramenta intuitiva para acessar sites, recursos e aplicativos da Caldera. Uma vez instalada, ela também ajuda os usuários a migrar do RIP da versão 11 para a 12.

Outra novidade é a Huge Image Pipeline, que aumenta a velocidade de processamento de arquivos grandes e de PSD e TIFF de várias camadas. Além disso, a Tex & Repeat pode processar padrões detalhados de impressão em rolos de papel de parede, para os mercados de decoração e tecidos.

A versão 12 do Caldera também vem com o Digital Licenses, novo sistema de licenciamento que, por meio da interface do Caldera Workspace, dá acesso a novos recursos da desenvolvedora. Ele permite que os usuários migrem digitalmente suas licenças para outros sites e computadores, o que acelera a produção e dispensa o uso de dongles.

Fonte: Caldera