Mutoh atualiza seu app para impressoras digitais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/11/2012

O aplicativo móvel ValueJet Status Monitor (VSM), da Mutoh, fabricante de equipamentos para comunicação visual, chegou à versão 1.03. Com a atualização, o app conta agora com um novo design, além de uma função que permite controlar remotamente (e de forma mais simples) uma determinada impressora.

Dedicada aos modelos mais novos da linha ValueJet, o VSM 1.03 está disponível gratuitamente para os sistemas Android e iPhone. Com ele, através do celular, é possível verificar o status de produção das impressoras, acompanhar o processo da impressão, monitorar a quantidade de tinta disponível e ainda receber notificações de problemas — tudo em tempo real.

Após realizar a instalação do app e fazer o registro da impressora a ser monitorada, é possível verificar as informações via smartphone. Caso deseje, o usuário também pode receber os dados por e-mail.

"A Mutoh continua adicionando recursos ao VSM com a intenção de torná-lo cada vez mais amigável aos usuários", contou David Conrad, gerente de marketing da fabricante. Para ele, a tecnologia garante a otimização do trabalho de quem a utiliza. "Com o VSM, nós garantimos flexibilidade aos nossos clientes na hora de gerenciar suas impressoras e trabalhos. Com o app, o dono da impressora pode se concentrar em outras áreas de seu negócio e realizar suas tarefas com mais tranquilidade", afirmou.

Para instalar o VSM 1.03, é preciso ter sua versão 3.04.

Fabricante disponibilizou uma nova versão do aplicativo para gerenciar impressoras Mutoh

Fonte: Mutoh. Texto: InfoSign



Akad lança impressora UV LED

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/06/2018
Novajet UV T1804 GH é indicada para impressão de mídias flexíveis

Novajet UV T1804 GH é indicada para impressão de mídias flexíveis

A Akad, distribuidora nacional de equipamentos para comunicação visual, anunciou o lançamento da Novajet UV T1804 GH, impressora UV LED com largura de 1,8m, capaz de trabalhar com materiais flexíveis como couro, courvin, corino, canvas, papel fotográfico, papel de parede, acetado, filme de PVC, filme de poliéster, vinil, entre outros.

Com reservatório de tinta que pode ser reabastecido durante a impressão, a Novajet UV T1804 GH pode ser adquirida com quatro ou seis cabeças Ricoh modelo GH2220, de 3,5pl. Dependendo do número de cabeças empregado, o equipamento trabalha com quatro (CMYK), cinco (CMYK e branco) ou seis (CMYK e duplo branco) canais de tinta.

De acordo com a empresa, a impressora estampa materiais destinados a pontos de vendas, decoração de ambientes residenciais e comerciais, sinalizações externas e internas, embalagens flexíveis, totens promocionais, painéis de informações, impressão fotográfica, murais decorativos, entre outras novas aplicações.

Fonte: Akad



MTEX lança três equipamentos de impressão direta em tecidos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2017
Impressoras são indicadas para estamparia têxtil industrial

Impressoras são indicadas para estamparia têxtil industrial

A fabricante MTEX anunciou três novas máquinas para impressão direta em tecidos. Indicados para produção de grandes tiragens, os equipamentos são capazes de trabalhar na resolução de 1.440dpi e disparar gotas com 3 a 24 picolitros.

Segundo a empresa, as impressoras são modulares e podem ser configuradas para atender às necessidades de negócios. Por exemplo, novas cabeças podem ser adicionadas para aumentar a capacidade produtiva das máquinas, que são:

MTEX Dragon: com 1,9m de largura, vem com oito cabeças, para trabalhar com 4 ou 8 cores. Indicada para sinalização e decoração interna, a máquina pode imprimir na velocidade de 137m2/h, em 720dpi;

MTEX Scorpion: com 1,9m de largura, vem com sistema rolo a rolo ou cinta (para tecidos esticáveis). Com 16 ou 32 cabeças, a máquina é indicada para o mercado de moda, por empregar tintas ácidas, pigmentadas e reativas. Trabalha na velocidade de 550m2/h;

MTEX Eagle: com 3,2m de largura, vem com sistema rolo a rolo ou cinta (para tecidos esticáveis). Capaz de produzir a 543m2/h, é indicada para empresas de sinalização e decoração que empregam tinta dispersa ou pigmentada.

Eloi Ferriera, CEO da MTEX, declarou: “Investimos milhões nas instalações de P&D, de modo que agora fabricamos tudo internamente. Investimos em corte de aço, usinagem de aço, router CNC, pintura robótica, controle de produção, controle de qualidade, montagem de hardware, testes de equipamentos e muito mais. Agora, temos total controle sobre planejamento, produção, fabricação e teste, permitindo o desenvolvimento de produtos de ponta”.

Fonte: Fespa