Mutoh anuncia impressora UV LED rolo a rolo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/03/2018
VJ-1638UR pode imprimir com tinta branca e verniz

VJ-1638UR pode imprimir com tinta branca e verniz

A fabricante Mutoh anunciou a VJ-1638UR, impressora UV LED rolo a rolo com 1,6m de largura. Antes de ser lançada oficialmente no Japão, a máquina estará na ISA Sign Expo 2018, feira que ocorre entre os dias 22 e 24 de março, em Orlando, Estados Unidos.

Indicada para estampar itens promocionais, peças de sinalização e prêmios, embalagens e protótipos, a máquina pode trabalhar com mídias sensíveis ao calor. Além disso, vem com canal de tinta branca (para impressão em materiais transparentes ou coloridos) e verniz (que reduz imperfeições nas superfícies dos substratos e produz imagens com texturas brilhantes e finas).

O equipamento também opera com modos de multicamadas de tinta. A primeira é uma deposição de branco e verniz. Por cima, vem a impressão das cores CMYK e, para finalizar, mais duas camadas de verniz.

Com sistema de cabeças duplas e duas lâmpadas UV LED (uma em cada lado das cabeças), a impressora emprega tintas originais inodoras (após a cura) e isentas de componentes orgânicos voláteis.

A impressora inclui sistema de registro de mídias automático e mesa de vácuo (com quatro zonas) com recurso de blow-back, que facilita o manuseio e o posicionamento de substratos pesados.

De acordo com a empresa, o design da VJ-1638UR foi projetado para ajudar os operadores a rodar a máquina. Por exemplo, ela vem com uma tampa de abertura que fica próxima à tampa de manutenção, o que expande o espaço de trabalho e facilita os procedimentos de limpeza.

Fonte: Mutoh



Envelopamento de carros: com ou sem emendas

Por Eduardo Yamashita em 20/11/2014

Envelopamentos de veículos sem emenda exigem planejamento e são desafiadores. Muitos instaladores de vinil não possuem habilidades para colocar isso em prática corretamente. Muitos prometem envelopamento sem emendas, mas não conseguem entregá-lo. E uma coisa é certa: com um envelopamento autêntico, é possível se diferenciar da concorrência. E, sim, os melhores instaladores conseguem realizar instalações com poucas emendas.

Planejamento

O sucesso do envelopamento está diretamente ligado ao planejamento e a mãos firmes. Quanto mais bem planejado, mais fácil será a aplicação. É uma medida que serve para qualquer trabalho. No entanto, evitar emendas exige mais cuidado.

No envelopamento sem emendas, há algumas complicações. Você tem de entender os baixos-relevos e como eles afetam a aplicação. Antes de começar o trabalho, saiba como abordar o consumo de vinil e as condutas com eles.

Pergunte-se: Antes de aplicar o vinil no veículo, terei a cobertura que preciso? Depois de considerar cuidadosamente a resposta, faça outra pergunta: O que é necessário fazer para preparar esta área do veículo de modo que pareça uma peça única?

Instaladores que sabem aplicar vinis sem emendas conseguem se diferenciar no mercado

Instaladores que sabem aplicar vinis sem emendas conseguem se diferenciar no mercado

Combinação de cores

Por exemplo, se depois de aplicar um vinil vermelho e preto sobre um carro branco surgirem espaços brancos, vai parecer um trabalho desleixado. Para evitar isso, é preciso embutir componentes dentro de algumas das áreas de baixo-relevo (acabamentos) para que a cor original do carro não seja revelada. E não esqueça de considerar essas questões antes de projetar o envelopamento.

Pergunte-se: Os acabamentos (baixos-relevos) serão um problema? O que vou fazer com eles? Se essas áreas são pintadas de preto e a imagem é composta de preto e vermelho, então você não tem de se preocupar em combinar o gráfico.

Provavelmente, a melhor cor para trabalhar em cima em um veículo é a preta, porque ela "desaparece" e não chama atenção. Num mundo utópico, haveria apenas carros pretos, para facilitar o trabalho dos instaladores. E, nesse caso, o envelopamento sem emenda seria muito mais fácil, porque é possível transformar o preto em qualquer cor. Mas a realidade é diferente: há uma série de pinturas variadas.

Planejamento é fundamental para garantir uma aplicação profissional

Planejamento é fundamental para garantir uma aplicação profissional

Envelopamento parcial

Em alguns casos, a cor é tão diferente que, dependendo do projeto, deve-se usá-la em conjunto com o projeto e fazer um envelopamento parcial.

Envelopamento parcial pode ser a melhor solução em muitos casos, porque é possível que o instalador não possua as habilidades necessárias para obter uma cobertura completa e executar o trabalho corretamente.

Se você não tem as habilidades para fazer um envelopamento sem emendas, não hesite em realizar o parcial. Por exemplo, é muito mais fácil aplicar imagens de chamas nas laterais do veículo do que envolver todo o veículo.

Quando você não pode fazer um envelopamento total, às vezes, envelopamentos parciais funcionam bem.

Esse artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carros e comunicação visual



Feira Drupa em 2020 é cancelada

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/03/2020
Evento, no entanto, será realizado em 2021

Evento, no entanto, será realizado em 2021

A feira Drupa, agendada para ocorrer entre os dias 16 e 26 de junho 2020, foi cancelada. Porém, a organizadora, Messe Düsseldorf, já prepara uma edição do evento para 2021, entre os dias 20 e 30 de abril.

Além de seguir as recomendações sobre a pandemia de Covid-19 feitas pela equipe de gerenciamento de crises do governo alemão, a Messe Düsseldorf acatou a decisão emitida pela própria cidade de Düsseldorf, em 11 de março de 2020, que proíbe grandes eventos com mais de mil participantes presentes ao mesmo tempo.

Thomas Geisel, presidente do conselho fiscal da organizadora, declarou: “A cidade de Düsseldorf está seguindo as instruções do governo alemão. Nosso objetivo é retardar a propagação do novo corona vírus para que o sistema de saúde possa continuar funcionando adequadamente”.

O presidente da drupa, Claus Bolza-Schünemann, explica: “O adiamento foi inevitável. A decisão é correta e responsável. Muitos expositores iniciaram seus preparativos logísticos em meados de março. Porém, ainda é possível que todos os afetados mudem seus planos e se preparem para o evento em 2021. A empolgação por ‘abraçar o futuro’ permanece inalterada”.

Fonte: Drupa

Tags: Feira Drupa,