Museu londrino usa sinalização digital em mostra

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/11/2012

As mídias de sinalização digital já fazem parte do nosso cotidiano, não apenas em cafés e restaurantes, mas em locais como museus e galerias. Prova disso é uma recente mostra realizada no Victoria and Albert Museum, de Londres (Inglaterra).

Para a exibição "British Glamour Since 1950", o museu fez uma instalação inusitada: contou com projetores Projectiondesign F32 para apresentar imagens na parte superior das quatro alcovas do ambiente (construído na segunda metade do século XIX, o edifício conta com formas abaloadas em seu interior).

O sistema desenvolvido pela Sysco em parceria com a Electrosonic usou o software Watchout (da Dataton), para ajustar as imagens projetadas.

"As alcovas do museu têm curvaturas que produzem uma superfície de projeção incomum, por causa disso foi preciso deformar as imagens projetadas, para que elas casassem perfeitamente com o ambiente".

Para Fredrik Svahnberg, diretor da de marketing da Dataton, essa foi uma boa oportunidade para mostrar o quanto a sinalização digital pode enaltecer um local público: "Estão usando a nossa tecnologia como um meio de explorar a beleza da arquitetura", concluiu.

Uma das dificuldades da instalação foi projetar imagens nas superfícies curvas dos ambientes internos do museu

Uma das dificuldades da instalação foi projetar imagens nas superfícies curvas dos ambientes internos do museu

Fonte: ScreenMedia. Texto: InfoSign



Mimaki anuncia cilindro alimentador opcional para impressoras têxteis

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/05/2018
Sistema é indicado para equipamentos de porte industrial

Sistema é indicado para equipamentos de porte industrial

A fabricante Mimaki anunciou um novo dispositivo opcional para impressoras digitais têxteis industriais. Trata-se de um cilindro para suportar rolos gigantes de papel transfer sublimático.

Disponível em duas larguras (1.620mm e 1.830mm), o dispositivo suporta bobinas de papel com 57g/m2 e 8.300m de comprimento, para aplicações como vestuário esportivo, soft signage, moda e decoração. Além disso, tem propriedades que diminuem encolhimentos e irregularidades durante a impressão. Isso permite uma alimentação estável e que reduz custos.

O opcional pode ser utilizado em conjunto com as impressoras Mimaki Tiger-1800B e Tiger-1800B MKII.

Atualmente, a indústria têxtil apresenta uma demanda crescente por produção em massa. Para essa necessidade, o segmento de impressão digital tem oferecido soluções de estamparia de alta velocidade que suportam rolos gigantes de mídias.

Fonte: Mimaki



Durst apresenta novos equipamentos na SGIA 2014

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/10/2014

Rho 1312 é uma das impressoras expostas na feira

Rho 1312 é uma das impressoras expostas na feira

A Durst, fabricante de impressoras digitais, apresentou na feira SGIA 2014 duas novas máquinas: a Rho 1312 e a Rhotex HS.

Brent Moncrief, vice-presidente comercial e de marketing da filial norte-americana da Durst, declarou: "Desenvolvemos as novas impressoras para mostrar, e também influenciar, as tendências e os desenvolvimentos mais significativos na produção de impressão digital".

Rho 1312

Com 2,5m de largura, a impressora trabalha na velocidade máxima de 620m²/h e oferece flexibilidade na manipulação de mídias, inclusive de substratos sensíveis a calor. A máquina emprega cabeças com tecnologia Quadro Array, que disparam gotas de tinta de 12 picolitros. A Rho 1312 também incorpora o Gradual Flow Printing, sistema de transporte de mídia com vácuo, cinta e registro, que possibilita a impressora trabalhar com materiais corrugados.

Rhotex HS

Com largura de 3,3m, a impressora trabalha na velocidade de até 400m²/h em mídias para aplicações como banners, displays, decoração de parede, sinalização, guarda-sóis, bandeiras, entre outras. A máquina imprime com resolução de 1.200dpi e emprega tecnologia de cabeça QuadroZ, também utilizada em impressoras da série Durst Kappa, desenvolvida para estamparia têxtil. As tintas originais da Rhotex HS são dispersas, à base d’água, sem odor e livres de VOC.

Fonte: SGIA