MTEX Turbo Sub é a nova impressora para estamparia têxtil da POD Iberia

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 26/06/2013

MTEX Turbo: impressora digital para estamparia têxtil

MTEX Turbo Sub: impressora digital para estamparia têxtil

Na Fespa 2013 (em Londres), a POD Ibéria vai lançar a MTEX Turbo Sub, desenvolvida especialmente para a impressão em tecido. De acordo com seus representantes, o equipamento oferece qualidade de saída, sendo "completamente revolucionário" para o setor. Em função das novas cabeças de impressão, a MTEX Turbo Sub foi desenvolvida para altas demandas.

Características técnicas:

  • Seis cabeças de impressão Ricoh G5;
  • Velocidade máxima de 110m2/h;
  • Largura de impressão de 1830 mm;
  • Resolução maxima de 1200 dpi;
  • Sistema bulk ink de 2 litros;
  • Sistema sincronizado de alimentação de mídia;

Fonte: Large Format Review



Cobertura Fespa Brasil 2016 – Parte 3: visitação, congressos e Cambea

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/04/2016
Além da exposição de tecnologias, os visitantes da Fespa Brasil 2016 puderam participar de diversos eventos paralelos

Além da exposição de tecnologias, os visitantes da Fespa Brasil 2016 puderam participar de diversos eventos paralelos

Entre os dias 6 e 9 de abril, o Expo Center Norte, em São Paulo, foi sede da terceira edição da Fespa Brasil. O evento recebeu a visita de 12.816 profissionais brasileiros e de outros continentes, sobretudo da América Latina. Além da exposição de diversas marcas e tecnologias, a feira contou com diversos eventos paralelos, como o Sublimation Day e o Cambea (Campeonato Brasileiro de Envelopamento Automotivo).

Alexandre Keese, diretor da Fespa Brasil, declarou: “Acompanhando as tendências que vimos dentro do Print Census, a feira confirmou que o mercado de impressão digital possui energia e vitalidade, com um potencial incrível. Isso foi visto por visitantes e sentido pelos expositores. Tenho certeza de que a Fespa Brasil se consagra como a principal feira de impressão digital do nosso mercado”.

Leia também as demais partes desta cobertura:

Neil Felton, CEO da Fespa, declarou: “Ficamos impressionados com a alta concentração de público, com empresários dispostos a investir. Isso nos dá a certeza de ampliar nosso compromisso de reinvestimento no mercado, para que a Fespa Brasil mantenha sua posição de feira mais importante do mercado brasileiro”.

A próxima edição da Fespa Brasil está marcada para ocorrer entre os dias 15 e 18 de março de 2017, no Pavilhão Azul do Expo Center Norte, em São Paulo.

Fespa Brasil 2016 recebeu a visita de 12.816 profissionais

Cambea 2016

Entre as várias atrações paralelas da Fespa Brasil 2016 esteve a sexta edição do Cambea (Campeonato Brasileiro de Envelopamento Automotivo), cujas edições anteriores foram realizadas em outra feira, também em São Paulo. Todas as equipes, durante as eliminatórias, tiveram de envelopar parcialmente um Jeep Renegade em até uma hora e meia. Depois de três dias de competição, as três melhores disputaram a grande final. Os irmãos Vinícius e Raphael Bacoccini, envelopadores da Plus Arte, de São Paulo (SP), foram os vencedores da disputa que durou quatro dias. Em segundo lugar ficou a WS Adesivações, de Fortaleza (CE). Já a terceira colocada foi a Fosco & Cia, de Mossoró (RN).

Ao centro, Vinícius e Raphael Bacoccini, da Plus Arte, comemoram o primeiro lugar no Cambea 2016

Marcelo Souss, responsável pela organização do Cambea, declarou: “Foi muito interessante a nova casa. O público é muito diferente e qualificado. Conseguimos passar muito bem a mensagem que a gente queria. E tivemos uma festa com quebra de recorde, carros diferentes e técnica mais apurada”.

Na edição de 2016, o Cambea ganhou mais relevância pelo fato de ter se transformado na etapa brasileira do World Wrap Master, campeonato mundial organizado pela Fespa, no qual dezoito equipes internacionais disputaram o posto mais alto do pódio.

Vinícius Bacoccini, campeão do Cambea 2016, deu o seguinte depoimento: “Foi um grande trabalho no decorrer do ano inteiro, investindo em estratégia e qualidade de serviço, com muita humildade, ética e profissionalismo. Os estrangeiros são muito fortes e vamos treinar mais ainda, com métodos mais difíceis”.

Congressos

Para concretizar sua proposta de investimento no mercado para a geração de demandas, a Fespa Brasil promoveu diversas sessões educacionais. O espaço reservado para tais eventos foi ocupado por centenas de profissionais em busca de aprimorar técnicas, entender novos mercados e tecnologias, tirar dúvidas e vislumbrar novos horizontes.

Nos dois primeiros dias da feira, foi promovido o Congresso de Comunicação Visual e Impressão Digital, com o objetivo de apresentar novas tecnologias, tendências e informações sobre gestão.

Palestras gratuitas foram importantes instrumentos de disseminação de conhecimento dentro da Fespa Brasil 2016

Também foi realizada a segunda edição do Digital Textile Conference, que promoveu uma imersão no mundo da impressão digital têxtil. Felipe Simeoni, gerente comercial da Global Química & Moda, patrocinadora do evento, declarou: "Tivemos a oportunidade de falar com clientes e pessoas do mercado de forma não comercial, levando informações sobre como reduzir custo e ajudar nas operações. A Global aplaude esta atitude do congresso e quer contribuir sempre com informações técnicas e relevantes para o crescimento do mercado”.

A novidade da Fespa 2016 foi o Sublimation Day, criado com a finalidade de apresentar tendências de um mercado em ascensão. Wilson Giglio, consultor que palestrou no evento e foi também o responsável pelo Espaço do Empreendedor, afirmou: “A receptividade foi excelente. Os participantes tiveram dúvidas elucidadas nas palestras e, depois, tiraram mais dúvidas no Espaço do Empreendedor, quando puderam conversar sobre outros assuntos. Muitos estão iniciando no ramo, o que nos traz alegria por ver a Fespa Brasil contribuindo para o desenvolvimento dessas empresas".



Cobertura Serigrafia Sign 2013 – Parte 6: Sublimação, transfer e fotoproduto

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/08/2013

A sublimação está em alta — e a feira Serigrafia Sign 2013 mostrou isso. No evento, vários expositores ofereceram muitas soluções aos interessados na tecnologia. Proporcionalmente (em abundância), o público respondeu mostrando as suas demandas, procurando e investindo em produtos e equipamentos sublimáticos. Isso porque a sublimação (assim como o transfer) é versátil, fácil de operar e não exige grandes montantes para começar um negócio. Além disso, ela pode ser aplicada em diversos segmentos, como o têxtil, promocional, esportivo, entre outros.

Acompanhe a seguir um panorama dos substratos, maquinários, tintas e papéis para sublimação e transfer que foram apresentados na edição de 2013 da feira Serigrafia Sign.

Leia também as demais partes dessa cobertura:
1ª: Impressoras digitais
2ª: Corte, gravação e acabamento
3ª: Mídias, tintas e softwares
4ª: Números, eventos e parcerias
5ª: Acessórios para comunicação visual
 
Acompanhe a sexta parte (sobre sublimação) da cobertura que o InfoSign fez da feira Serigrafia Sign 2013

Acompanhe a sexta parte (sobre sublimação) da cobertura que o InfoSign fez da feira Serigrafia Sign 2013

A Metalnox aproveitou a feira para mostrar equipamentos recém-lançados, como a prensa PTA 750 Evolution (pneumática de bancada) e a calandra CMC 1800 (que sublima de 1,1 a 5,7 metros por minuto). A fornecedora também expôs outras soluções de seu portfólio, que contém prensas planas, automáticas e semiautomáticas, para calçados, jeans e canecas, entre outros produtos.

O estande da Smaltato também surpreendeu o visitante interessado em prensas. A empresa levou dispositivos para sublimação, como o SubliventPro A3 e o SubliMini A4, que trabalham com materiais 3D.

Outra empresa que apostou nas prensas foi a Mogk, que vende uma série de máquinas manuais como a PTM-40 (com área útil de 40 x 50cm) e a PTM-72 (área de 72 x 52cm). A fabricante também comercializa prensas semiautomáticas (como a PTP-660) e a PTA-4000 (com acionamento pneumático).

A Termopress apresentou uma série de prensas térmicas para bonés e prensas planas como CP 1M, com área útil de 300 x 350mm.

Entre as prensas mais populares, estavam as máquinas para transferência térmica em canecas

Entre as prensas mais populares, estavam as máquinas para transferência térmica em canecas

Já a Chigueto expôs prensas manuais e pneumáticas (de diversos formatos e modelos). Além disso, a empresa mostrou prensas para displays, bonés e bottons.

Entre as máquinas mostradas pela Flock Color, estavam as prensas térmicas manuais e pneumáticas. A fornecedora tem soluções com duas mesas móveis, controle digital de temperatura e teflon no esticador da chapa.

Outra empresa a comparecer no evento foi a Prism, cujo catálogo de produtos contém diversas prensas, como as multifuncionais ECH800 e JTSD69. Além disso, a fornecedora vende substratos e objetos para transferência e fotoproduto, como squeezes, pratos, mouse pads, azulejos, camisetas, bonés e canecas (cilíndricas e cônicas).

Além de prensas (planas, para canecas e multiuso), a IS Suprimentos apresentou uma vasta série de fotoprodutos, como capas para smartphones, pratos, sacolas, chinelos, entre outros materiais.

Muitos expositores apresentaram kits completos para interessados em sublimação

Muitos expositores apresentaram kits completos para interessados em sublimação

Já a Midiasprint apresentou placas de PVC e substratos como canecas e squeezes, para quem trabalha com transferência térmica. Também levou prensas planas e multifuncionais.

A Colorkit foi à feira para mostrar a sua linha de materiais para sublimação, como xícaras, copos e canecas personalizáveis. Também levou prensas como a Colorkit 3D, indicada para quem trabalha com objetos e substratos com superfícies côncavas e cantos arredondados, como capas de smartphones.

A Art Hot também esteve no evento. No estande da marca, o visitante pôde conferir e comprar materiais e equipamentos para transfer e sublimação, como prensas térmicas, papéis para transferência e diversos substratos, como chaveiros, canecas, entre outros brindes e fotoprodutos.

Outra empresa especializada em fornecer produtos para sublimação é a F1 Suprimentos, que marcou presença na Serigrafia Sign 2013. Além de canecas, impressoras digitais e prensas térmicas, a expositora mostrou seus kits, como o Super Chance 8×1, que contém máquinas e suprimentos para quem quer personalizar pratos, bonés, camisetas, chinelos, canecas, entre outros materiais.

Prensas especiais, para sublimação em objetos, também foram apresentadas

Prensas especiais, para sublimação em objetos, também foram apresentadas

Ainda na seara da sublimação, esteve a Gaúcho Br, que expôs itens como prensas térmicas, papéis transfer e substratos como canecas e squeezes.

Já a Nova Dampex apresentou papéis transfer para impressoras laser, que podem ser aplicados em diversos tipos de fotoprodutos e brindes, como canetas, canecas, bonés e camisetas. A empresa também levou a sua prensa modular, que permite a transferência de imagens em diversos objetos e substratos.

Entre os fornecedores de tintas sublimáticas na feira, estava a J-Teck, que comercializa os insumos J-Next, utilizadas em impressoras de grande formato de várias marcas (Roland, Epson, Mimaki, entre outras).

A Havir também expôs no evento. Entre seus produtos, estavam papéis para sublimação digital e papéis para transfer impresso em processos como offset, rotogravura, flexografia e serigrafia.

O visitante interessado em papéis para sublimação pôde conferir alguns modelos no estande da Cinco Estrelas, como o papel monolúcido branco vendido em bobinas com diversas larguras.

Além de prensas, expositores mostraram calandras para sublimação

Além de prensas, expositores mostraram calandras para sublimação

A Paintcolor também ofereceu papéis sublimáticos resinados (formatos A3 e A4), papéis transfer e diversos substratos e objetos personalizáveis: mouse pads, almofadas, chinelos, entre outros.

Já a Embaplan levou o Power Film, uma película transfer usada para personalização de camisetas, uniformes e artigos de vestuário. O trabalho com o filme exige a utilização de plotters de recorte e prensas térmicas.

E quem procurava camisetas de poliéster para sublimação, encontrou no estande da Gramonn várias peças em diversas cores, para aplicações como campanhas, eventos, uniformes para empresas, publicidade, entre outras.