MTEX promove evento para lançar impressoras têxteis e de etiquetas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/11/2018
No portfólio da fabricante portuguesa estão impressoras sublimáticas com 3,2m de largura

No portfólio da fabricante portuguesa estão impressoras sublimáticas com 3,2m de largura

A MTEX, fabricante portuguesa de impressoras digitais de tecidos e etiquetas, realizou recentemente um encontro internacional na cidade do Porto, para apresentar novidades de seu portfólio de equipamentos inkjet industrial.

Para o segmento têxtil, a MTEX apresentou a Dragon, impressora sublimático com 16 cabeças e 1,9m de largura. A máquina dispõe de um secador integrado que torna o processo mais ágil. No modo de 720dpi e duas passadas, o equipamento roda na velocidade de 270m2/h. A Dragon também incorpora um sistema de limpeza de cabeças patenteado e um sistema de remoção de gás.

No evento, também foi exposta uma nova impressora sublimática industrial, a Eagle, com 3,2m de largura e unidade de sublimação integrada. Com o front-end desenvolvido pela MTEX, a Eagle é indicada para tecidos usados em domicílios ou em aplicações gráficas. Pode rodar na mesma velocidade da Dragon.

Para 2019, a MTEX planeja lançar a Scorpion, impressora têxtil digital que emprega tintas reativas e ácidas. A empresa disponibilizará uma opção completa da Scorpion, que incluirá sistemas de vaporização, lavagem e secagem de tecidos.

MTEX NS Atom: inkjet de mesa para produção de rótulos e etiquetas

Para o segmento de rótulos e embalagens, a MTEX apresentou as impressoras da linha New Solution, composta por máquinas com tecnologia Memjet. Em 2016, a empresa havia lançado a NS Pro e a NS Multi, para produções de baixo volume. Durante o evento na cidade do Porto, a MTEX destacou uma segunda geração dessas impressoras, que inclui os modelos NS Atom (de mesa), NS Multi LG (sucessor da NS Multi) e o NS Lion (sistema completo de produção de etiquetas). As máquinas empregam cabeça CMYKK da Memjet e apresentam as seguintes especificações básicas: largura de até 240mm, velocidade de 9 ou 18mpm e tinta corante à base d’água.

Fonte: MTEX



Shows do Kraftwerk contarão com recursos de sinalização digital 3D

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/01/2013

Pais do electropop, os integrantes da banda alemã Kraftwerk vão contar com recursos visuais tridimensionais em suas apresentações. A tecnologia escolhida para compor o aparato foi a Watchout 3D, da Dataton, especializada em soluções de sinalização digital.

Todas as apresentações de 2013 contarão com esse efeito. Em 2012, dois shows serviram como teste, um no Museu de Arte Moderna (de Nova York) e outro no festival sueco Way Out West.

Nas apresentações, a Watchout será responsável pelo gerenciamento do conteúdo 3D, que será projetado em um telão central de LED. A plateia deverá usar óculos 3D polarizados para visualizar o efeito.

Novas funcionalidades no Watchout vão permitir que o conteúdo seja manipulado em tempo real por meio de controladores externos, instrumentos musicais, consoles de iluminação, dispositivos móveis e sensores.

Kraftwerk inova mais um vez, ao usar recursos visuais tridimensionais em suas apresentações

Kraftwerk inova mais um vez, ao usar recursos visuais tridimensionais em suas apresentações

Fonte: OutPut Magazine. Texto: InfoSign



Konica Minolta lança no Brasil bizhub PRESS C71cf

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/12/2017
bizhub PRESS C71cf é novo modelo de impressora digital de rótulos e etiquetas

bizhub PRESS C71cf é novo modelo de impressora digital de rótulos e etiquetas

A Konica Minolta, fabricante de impressoras digitais, apresentou ao mercado brasileiro o bizhub PRESS C71cf, equipamento para estampar médios e pequenos volumes de rótulos e etiquetas.

Com tecnologia toner Simitri HDE, a impressora possui quatro canais (CMYK) e trabalha na resolução de 1200 x 1200dpi e na velocidade máxima de 18,9m/min (de acordo com o tipo de papel). Além disso, apresenta formato máximo de impressão de 1195 x 320mm e comporta mídias com largura máxima de 330mm e gramaturas variadas (de 60g/m2 a 250g/m2).

Segundo a empresa, a bizhub PRESS C71cf reproduz imagens, códigos de barras e caracteres com grande precisão, para os segmentos cosmético, alimentício, de bebidas, etiquetas com especificações ou avisos sobre uso e armazenamento.

A máquina está equipada com sistema de processamento de imagem SEAD, que permite rasterizar imagens para impressão de modo estável. Tanto para impressos coloridos quanto P&B, as imagens são processadas no padrão de resolução 1200x8bits, com 256 gradações aplicadas em 1 pixel.

Além de contar com um design compacto, a bizhub PRESS C71cf mantém o mesmo princípio de operação intuitiva dos demais equipamentos da Konica Minolta. Tarefas e configurações de saída podem ser facilmente aplicadas por meio de um monitor integrado com tela touch de 15 polegadas.

Ronaldo Arakaki, gerente geral da Konica Minolta Business Solutions do Brasil, declarou: “Estamos muito felizes por poder apresentar a bizhub PRESS C71cf ao mercado brasileiro. Nos últimos anos, o Brasil vem se destacando na produção de rótulos e etiquetas com forte apelo visual. Estou certo de que nossa solução permitirá aos impressores do segmento label se diferenciar em qualidade e produtividade através de um equipamento compacto, flexível e robusto, que incorpora o melhor de nossa tecnologia de impressão e imagem”.

Fonte: Konica Minolta