Mimaki lançará impressoras UV desktop na Viscom Paris

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/08/2016
UJF-3042 MkII e UJF-6042 MkII serão apresentadas na Europa em setembro

UJF-3042 MkII e UJF-6042 MkII serão apresentadas na Europa em setembro

A Mimaki, fabricante de impressoras, estará presente na Viscom Paris, feira de sinalização que ocorrerá entre os dias 6 e 8 de setembro, na França. Para o evento, a empresa promete apresentar dois novos equipamentos UV desktop, o UJF-3042 MkII e o UJF-6042 MkII. As máquinas são indicadas para fábricas, shopping centers e lojas que produzem materiais e objetos personalizados.

Mais produtivas do que suas antecessoras, as impressoras UJF-3042 MkII e UJF-6042 MkII podem trabalhar na velocidade máxima de 2,48m2/h e 3,52m2/h, respectivamente, em objetos com altura de até 153mm.

Um dos destaques das máquinas é a mesa de impressão que se move durante o processo, o que reforça a funcionalidade mecânica, reduz vibrações e melhora o endereçamento dos pontos impressos. Outro desenvolvimento adicional é a inclusão de uma cobertura sobre o sistema de impressão, criada para aumentar a segurança dos operadores e manter contaminantes afastados da impressora.

A Mimaki também destaca as configurações de cores do software RasterLink, que faz a interface com as impressoras, proporcionando cores vibrantes e sólidos e tons de pele mais brilhantes. Além disso, as máquinas contam com detecção e limpeza automáticas de nozzles entupidos, que permitem a impressão contínua e reduzem o desperdício. Já a tecnologia Mimaki Circulation Technology (MCT) mantém a circulação de tinta branca em intervalos regulares e evita a sedimentação dos pigmentos, que pode levar ao mau funcionamento da cabeça de impressão.

Ainda não há previsão de lançamento das impressoras no Brasil.

Tintas especiais

As impressoras UJF-3042 MkII e UJF-6042 MkII possibilitam o uso de maior variedade de tipos de tintas, o que aumenta as opções de aplicações. Por exemplo, as tintas LUS-120 são indicadas para imprimir em superfícies de materiais macios e podem esticar até 170% sem rachar quando pressionadas ou dobradas.

Já as tintas LUS-150, que estarão disponíveis em breve, são indicadas para sinalização interna, troféus e outros itens de acrílico, devido às suas propriedades de adesão.

Por fim, as tintas LH-100 foram desenvolvidas para imprimir acessórios e artigos que exigem elevados níveis de abrasão. Os insumos, quando usados em conjunto com o verniz PR-200, também podem estampar vidros, metais e resinas.

Fonte: Mimaki Emea



Kornit anuncia novo equipamento para impressão direta em vestuário

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 15/01/2019
Atlas Kornit produz 350 mil impressões por ano

Atlas Kornit produz 350 mil impressões por ano

A Kornit, fabricante de equipamentos para estamparia digital têxtil, anunciou a Atlas Kornit, DTG (Direct-To-Garment) indicada para produção industrial de impressão direta em vestuário.

Capaz de produzir por ano 350 mil impressões, a máquina vem equipada com cabeças com sistemas recirculantes e emprega a série de tinta NeoPigment Eco-Rapid, récem-desenvolvida pela empresa. Segundo a empresa, os insumos são compatíveis com tintas serigráficas e possuem certificações GOTS e Oeko-Tex Eco-Passport. A tinta branca é altamente opoca.

A máquina conta com uma versão aprimorada da tecnologia HD da Kornit, complementada por software RIP, além de dar suporte a soluções de softwares baseadas em nuvem para otimização, business intelligence e análise de produtividade.

Omer Kulka, vice-presidente de marketing da Kornit, declarou: “A Atlas é modular e pronto para o futuro, para que o cliente possa fazer implementações rápidas e fáceis de novos desenvolvimentos”.

Fonte: Kornit



Transfer em camiseta: como aplicá-lo com filme PU (impressão digital)

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/01/2013

Veja, passo a passo, como se faz transfer com filme PU

Veja, passo a passo, como se faz transfer com filme PU

Você tem uma impressora solvente (grande formato) e uma plotter de recorte? Ou mesmo um equipamento com as duas tecnologias conjugadas? Uma boa pedida para ambos os casos é o transfer, em camiseta, realizado com filme de PU. Para trabalhar com ele, não tem muitos segredos.

Confira, na galeria a seguir, como fazer a transferência com filme de PU (indicado para tecidos sintéticos). O material utilizado para o procedimento foi o PUFilm, da Imprimax, que é indicado para aplicações de curto ou médio prazo. O frontal, que tem aparência fosca e sem textura, é de PU branco (com 120 micra de espessura). Já o liner (papel protetor) é de poliéster (com 75 micra).

Fonte: Imprimax. Edição: InfoSign