Mimaki lança no Brasil software ArtiosCAD DS

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/09/2015
ArtiosCAD DS suporta equipamentos da Mimaki como o CFL-605RT e o UJF-6042

ArtiosCAD DS suporta equipamentos da Mimaki como o CFL-605RT e o UJF-6042

A filial brasileira da Mimaki, fabricante de plotters e impressoras, anunciou o lançamento do ArtiosCAD DS, software CAD de design de embalagens específico para equipamentos Mimaki, como o CFL-605RT e o UJF-6042.

Baseado no ArtiosCAD, da Esko, o programa oferece um pacote de 400 templates e apresenta a ferramenta Original Goods Package System (OGPS), que reduz o tempo de criação de protótipos.

Um dos equipamentos suportados pelo ArtiosCAD DS é a impressora UV UJF-6042, capaz de trabalhar com substratos com formato de 600mm x 420mm (A2) e espessura de até 150mm. A máquina permite a impressão de materiais como PVC, PS, PP, alumínio, papel-cartão, policarbonato, entre outros.

O outro equipamento suportado pelo ArtiosCAD DS é a CFL-605RT, plotter flatbed para corte e vinco. Compacta, a máquina é indicada para a confecção de protótipos de embalagens, mock-ups e baixas produções.

Fonte: Mimaki



Ricoh anuncia nova geração de cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 03/05/2017
Dispositivos foram aperfeiçoados para tecnologias de única passada

Dispositivos foram aperfeiçoados para tecnologias de única passada

A Ricoh, desenvolvedora de tecnologias, anunciou o lançamento das MH5421F e MH5421MF, cabeças de impressão com 1.280 nozzles capazes de trabalhar na resolução de 600dpi e disparar gotas de tinta em volumes variados (7, 14 ou 21 picolitros).

Disponíveis a partir de junho, as cabeças foram desenvolvidas para fluidos com viscosidade baixa e média, como tintas digitais UV, solventes e aquosas. Segundo a empresa, os dispositivos têm desempenho estável e estrutura de recirculação, que permite o fluxo contínuo de tinta atrás dos nozzles, o que reduz o risco de falhas provocadas entupimento ou bolhas de ar.

Compatíveis com tintas UV, solventes e aquosas, as cabeças são indicadas para equipamentos de impressão única passada (em que a cabeça permanece numa posição fixa e executa enquanto a mídia passa por baixo) nos mercados de tecidos, etiquetas, embalagens e cerâmicas.

Ainda de acordo com a Ricoh, as cabeças oferecem confiabilidade em sistemas de ajustes rápidos que usam tinta pigmentada e materiais brancos ou metálicos.

Fonte: Ricoh



Epson apresenta novo RIP Edge Print

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/03/2018
Software foi desenvolvido para as impressoras digitais têxteis da Epson

Software foi desenvolvido para as impressoras digitais têxteis da Epson

A fabricante Epson anunciou o Edge Print, software RIP exclusivo para as impressoras digitais têxteis da marca.

Capaz de processar dados Post Script de vários tipos de formatos por meio do PS da Adobe, o aplicativo foi inicialmente lançado para o modelo SC-F9300, mas suportará também as impressoras sublimáticas SC-F6200, SC-F7200 e SC-F9200.

O software roda no Windows, com configuração simples, e permite administrar até quatro impressoras por meio de ferramentas de nesting, gerenciamento de arquivos, controle de cores e triagem, entre outras funções.

Segundo a empresa, o RIP aplica perfis para reproduzir maior da gama de tons, gradações mais suaves, constância de cores e redução da granulação. Além disso, trabalha em harmonia com tecnologias exclusivas da Epson, como a Precision Dot, a Half Tone Module, a LUT (Look-up Tables) e a Micro Weave.

O Epson Control Dashboard faz parte do RIP e fornece dados sobre o status do equipamento. Também oferece a opção de baixar configurações de impressão da biblioteca Epson e enviá-las diretamente para a impressora.

Neil Greenhalgh, gerente de produtos têxteis da Epson Europe, declarou: “O RIP pode calcular o valor de cada impressão, com base no consumo de tinta e papel, o que proporciona melhor noção dos gastos de cada trabalho. Trata-se de uma solução completa, que fornece resultados confiáveis, reduz o desperdício e permite o dimensionamento da produção, o que aumenta os negócios e acelera a produção”.

Fonte: Epson