Mimaki lança no Brasil a impressora JV300

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 17/07/2014

Impressora Mimaki JV300-160 pode empregar tinta ecossolvente ou sublimática

Impressora Mimaki JV300-160 pode empregar tinta ecossolvente ou sublimática

A Mimaki, fabricante de equipamentos digitais, anunciou o lançamento no Brasil da JV300, impressora de grande formato que pode trabalhar na velocidade máxima de 105m2/h (na resolução de 360 x 360dpi).

Com 1,3m ou 1,6m de largura de impressão, a máquina emprega conjunto de tinta das cores CMYK, light cyan, light magenta e branca. Como opção, o equipamento pode utilizar tintas laranja (para aumentar a gama de cores) e light black (para maximizar as gradações tonais). A JV300 pode ser utilizada para impressão de tinta ecossolvente (SS21) ou sublimática (SB53).

Segundo a empresa, a impressora incorpora cabeças recém-desenvolvidas que podem variar o volume (de 4 a 35 picolitros) das gotas disparadas.

A impressora também emprega aquecedor triplo (que regula a temperatura da mídia e melhora a aderência da tinta ao susbtrato) e a tecnologia MAPS3 (que reduz o surgimento de banding e impressões desiguais).

Até o fim de 2014, a Mimaki disponibilizará um serviço pelo qual o operador da impressora pode receber por e-mail notificações de status do equipamento. Essa função envia avisos quando acontecem paradas inesperadas da máquina, provocadas por falhas no fornecimento de tinta ou mídia.

Fonte: Mimaki Brasil



3M lança dois vinis com acabamento fibra reta

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/07/2014

Os dois novos vinis da 3M foram desenvolvidos para envelopamento de carros

Os dois novos vinis da 3M foram desenvolvidos para envelopamento de carros

A 3M, desenvolvedora de tecnologias, anunciou o lançamento no mercado internacional de dois vinis cast com acabamento fibra reta: o 1080-SF12 (preto) e o 1080-SF201 (antracite). Ambas as mídias fazem parte da linha 3M Wrap Film Series 1080, composta por películas para envelopamento de carros.

Segundo a empresa, os vinis prescindem de laminação e contêm canais de liberação de ar que evitam a formação de bolhas. Além disso, são vendidos em rolos com 1,52m de largura e podem ser reposicionados durante a instalação.

A linha de vinis 1080 da 3M agrupa películas com 57 acabamentos diferentes, como fibra de carbono, escovado, fosco, acetinado, brilhante e o recém-lançado fibra reta.

Fonte My Print Resource



Quando usar vinil adesivo calandrado?

Por Eduardo Yamashita em 16/01/2015

Saiba quais as possibilidades de aplicação do vinil calandrado

Saiba quais as possibilidades de aplicação do vinil calandrado

O aumento explosivo da popularidade do envelopamento de carros gerou crescimento da demanda pelo serviço, muitas vezes realizado por pessoas que não dominam suficientemente bem técnicas e tecnologias inerentes à aplicação de vinis adesivos, como, por exemplo, a escolha correta da película (cast ou calandrada).

Há uma grande quantidade de aplicações que não exigem as características de alta conformabilidade do vinil fundido (cast), e o mercado oferece uma ampla gama de filmes calandrados, os quais podem ser utilizados em muitos trabalhos.

Ambos os filmes são fabricados a partir das mesmas matérias-primas. Basicamente, os dois são compostos por polímero de cloreto de polivinila (PVC) mais outros ingredientes que determinam características como flexibilidade, cor, durabilidade, entre outros aspectos das películas.

Filmes calandrados oferecem maior rendimento na fabricação, por isso são mais baratos. No entanto, têm alta resistência à abrasão e excelente desempenho em superfícies planas e curvas moderadas.

As películas calandradas são comumente usadas para a composição de anúncios de curto prazo ou envelopamentos completos de ônibus. Se o projeto exige acabamento como de uma pintura, o uso da película fundida (cast) é mais apropriado.

Outras aplicações populares para filmes calandrados incluem sinalização promocional, letras de vinil em recorte em banners e veículos e pequenos decalques, como adesivos para carros.

Vinil adesivo calandrado é indicado para trabalhos com superfícies planas e curvas moderadas

Vinil adesivo calandrado é indicado para trabalhos com superfícies planas e curvas moderadas

Independentemente de saber se você está usando filmes cast de cores sólidas ou branco (para impressão digital), eles geralmente são mais finos (em torno de 2mil), mais duráveis (de dez a 12 anos) e mais adaptáveis do que os filmes calandrados.

Os calandrados apresentam espessura média de 3,2mil. No entanto, há filmes de 2,5mil e de 6mil ou mais.

A vida de um filme calandrado varia muito. Há películas econômicas que apresentam durabilidade de um a dois anos. Os vinis intermediários normalmente duram de três a quatro anos. Já os filmes de alta performance podem durar até sete anos.

Os filmes calandrados também são os melhores para aplicações gráficas de piso, pois são mais espessos que os cast. Portanto, têm maior resistência ao desgaste de tráfego.

Esse artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

 

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carros e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carros e comunicação visual