Mimaki lança impressora UV rolo a rolo UJV55-320

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 25/04/2016
UJV55-320 tem largura de impressão de 3,2m

UJV55-320 tem largura de impressão de 3,2m

A Mimaki, fabricante de impressoras e plotters, anunciou no mercado internacional o UJV55-320, equipamento UV LED com sistema rolo a rolo de alimentação de substratos.

Ainda sem data de lançamento no Brasil, a impressora é indicada para aplicações em sinalização e comunicação visual e pode trabalhar na velocidade máxima de de 110m2/h ou em modos de resolução de 1.200dpi.

Com 3,2m de largura, a UJV55-320 tem capacidade de operar com dois rolos de mídia em impressão simultânea de dois trabalhos diferentes. Os rolos podem ter até 1.524mm de largura e o distanciamento entre eles é detectado e calculado automaticamente.

A máquina emprega conjunto de tintas das cores cyan, magenta, amarela, preta, light cyan, light magenta e branca, que pode ser impressa em mídias transparentes ou coloridas. A máquina conta com tecnologia de recirculação para manter a tinta branca sempre em condições ideais de produção. A UJV55-320 também realiza impressão em três camadas (colorida-branca-colorida), que é especialmente adequada para aplicações backlit.

O software que acompanha a impressora é o RasterLink 6. Com tecnologia patenteada de pontilhado, o programa é responsável por aumentar a qualidade de impressão e reduzir a ocorrência de bandings.

Mike Horsten, gerente geral de marketing da Mimaki Emea, declarou: “Aplicações impressas com tecnologia UV LED estão ficando cada vez mais populares em locais como aeroportos, estações de trem e plantas comerciais, que estão solicitando propagandas e sinalizações mais amigáveis ambientalmente”.

Fonte: Mimaki



Cientista europeu cria processo para recuperar cabeças de impressão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/01/2013

Um cientista europeu afirma ter descoberto um novo processo de recuperação para cabeças de impressão entupidas. Com a novidade, as peças que seriam descartadas, ganhariam uma nova chance.

"É certo que nós, na Europa, criamos o primeiro processo deste tipo. Desenvolvi um químico capaz de remover a tinta de forma a não causar degradações nas cabeças de impressão", revelou Phil Keenan, atual diretor da Camscience, e com passagens em empresas como a HP e a Xennia.

Com sua tecnologia atualmente utilizada por empresas como HP, Ricoh e outras que usam cabeças para disparo de tinta UV, Keenan pretende expandir os negócios, atingindo outras marcas como Mimaki e Roland. Segundo o cientista, a novidade é capaz de restaurar as peças a fim de fazê-las trabalharem como novas, evitando que sejam enviadas para aterros.

Keenan disse ao site britânico SignLink como funciona o químico: "Ele provoca uma separação entre a tinta UV curada e as superfícies da cabeça de impressão. Usando solventes leves e surfactantes, o químico quebra a tinta em partículas tão finas que são facilmente removidas", explicou.

É esperar para ver se o produto chega ao Brasil e, principalmente, se cumpre com o esperado.

reaproveitar cabeça de impressão

O cientista Phil Keenan afirma ter desenvolvido químico que reaproveita cabeças de impressão já gastas

Fonte: SignLink. Texto: InfoSign



Metalnox lança prensas térmicas na Fespa Brasil 2016

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/04/2016
Metalnox apresentará novas soluções para impressão sublimática

Metalnox apresentará novas soluções para impressão sublimática

A Metalnox, fabricante nacional de equipamentos para estamparia têxtil, lançou na Fespa Brasil 2016, feira que ocorreu entre os dias 6 e 9 de abril, a PTS 12000 Smart e a PTI 350, prensas usadas para transferência térmica.

A PTS 12000 Smart é um modelo semiautomático com sobreposição de bandejas de 70cm x 110cm, no qual é possível obter uma redução de layout de até 30%, além de otimizar mão de obra. O equipamento conta com CLP digital e três pontos de temperatura, para garantir uniformidade em toda área da forma térmica.

Para o visitante que procura produtividade e menor custo de investimento, a Metalnox lançará a PTI 350, prensa térmica manual com duas bandejas de 35cm x 45cm; enquanto uma bandeja prensa a estampa, a outra pode ser abastecida pelo operador.

Todos equipamentos Metalnox possuem CLP digitais (que realizam aferição de tempo e temperatura) e forma térmica com resistências fundidas em alumínio com dupla camada de teflonização.

A Metalnox também exibiu na Fespa Brasil 2016 o ePrint, equipamento de impressão digital para sublimação que pode estampar em tamanhos e velocidades variáveis. Caroline Odorizzi, gerente de marketing da Metalnox, declarou: “A ePrint oferece às indústrias têxteis uma das melhores qualidades de impressão digital sublimática. Além de ser um equipamento que contém as melhores tecnologias de cabeça de impressões e software, ela tem fabricação 100% nacional, possibilitando financiamento através de BNDES, Finame, leasing, entre outras modalidades”.

Há pouco mais de três anos, a Metalnox passou a vender impressoras digitais e oferecer soluções completas para as indústrias têxteis.

Fonte: Fespa Brasil