Mimaki lança impressora têxtil Tx300P-1800B

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 19/10/2016
Tx300P-1800B vem com sistema de transporte de mídias que emprega cinta

Tx300P-1800B vem com sistema de transporte de mídias que emprega cinta

A fabricante Mimaki anunciou no mercado internacional a Tx300P-1800B, impressora com 1,8m de largura indicada especialmente para indústrias têxteis que produzem pequenas tiragens e amostras. O diferencial da máquina, que não tem previsão de lançamento no Brasil, é o sistema de transporte de mídia que emprega cinta para a movimentação do tecido pela máquina.

Capaz de trabalhar na velocidade de 50m2/h ou resolução máxima de 1.440dpi, o equipamento permite a impressão de tecidos mais espessos, devido às opções de distância entre a cabeça e a mídia. Ele também vem equipado com cilindros dedicados a reduzir dobras e amassos das mídias no sistema de transporte.

Entre as tecnologias incorporadas na máquina estão a Nozzle Control Unit (que detecta e recupera automaticamente os nozzles entupidos), os packs de dois litros de tinta (para dar suporte a impressão contínua) e o controle waveform (para disparar cada tinta de acordo com sua gravidade e viscosidade e oferecer o posicionamento preciso das gotas de tinta sobre os tecidos).

A Mimaki oferecerá diferentes linhas de tintas para Tx300P-1800B:

- Sb420 (sublimática): para tecidos de poliéster, para sublimação direta ou sublimação por transfer em papel. Oferece um preto mais profundo e maior durabilidade;

- Dd400 (dispersa): oferece alta resistência à luz e excelente desempenho em tecidos de poliéster para sportswear, cortinas, tecidos aplicados ao ar livre e tecidos usados na indústria automobilística;

- TP400 (pigmentada): provavelmente a série de tintas mais flexível da Mimaki, pois imprime diversos tipos de tecidos. Essas tintas não exigem a lavagem, o que reduz gastos de tempo e água. No entanto, recomenda-se a aplicação de um ligante ou iniciador;

- Rc400 (reativa): indicada para impressão de fibras naturais, como algodão, seda e lã. O sistema de cinta da Tx300P-1800B achata o tecido e torna possível impressão de materiais que esticam;

- Ac400 (ácida): são similares às tintas reativas em que pré e pós-tratamentos são necessários. Produzem cores brilhantes exigidas nas aplicações de moda e vestuário.

Fonte: Mimaki



Sun Chemical publica guia de problemas e soluções para impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/02/2015

Guia técnico foi desenvolvido para ajudar empresas e profissionais que trabalham com impressão de grande formato

Guia técnico foi desenvolvido para ajudar empresas e profissionais que trabalham com impressão de grande formato

A Sun Chemical, fabricante de insumos gráficos, publicou um guia online que trata de problemas e soluções na impressão de grande formato.

Em inglês, a página aborda falhas nas cabeças, qualidade de impressão, banding, operação de equipamentos, reprodução de cores, além de fornecer dicas para otimizar a produção.

O guia usa fotos e descrições para ajudar os operadores de impressoras a identificar os problemas técnicos e mostra como eles podem ser resolvidos.

Penny Holland, vice-presidente de marketing da Sun Chemical, declarou: "Nossos clientes podem se beneficiar desta ferramenta gratuita, que foi desenvolvida para ajudá-los a solucionar problemas que acontecem durante a impressão. É fundamental manter os equipamentos funcionando corretamente".

Fonte: My Print Resource



SAi apresenta terceira versão do PixelBlaster

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 22/02/2014

PixelBlaster chega à versão 3.0

PixelBlaster chega à versão 3.0

A SAi, desenvolvedora de softwares gráficos, lançou a versão 3.0 do PixelBlaster, aplicativo de impressão digital e comunicação visual. O programa apresenta RIP baseado em PDF e oferece ferramentas de pré-visualização e gerenciamento de produção.

Entre os aperfeiçoamentos da terceira versão do PixelBlaster, estão ferramentas que permitem impressão frente e verso, recorte e posicionamento manual. Além disso, o aplicativo tem nova interface e novo gerenciador de mídia integrado.

Segundo a empresa, o elemento principal do upgrade é a otimização do desempenho do RIP. Agora, ele realiza o processamento de entrada 200% mais rápido (para determinados tipos de arquivos), além de possuir parâmetros reformulados de rendering, para melhorar a nitidez das imagens.

Eyal Friedman, vice-presidente de serviços técnicos da SAi, declarou: "O PixelBlaster v3.0 oferece novas ferramentas, estrutura interna mais veloz e maior facilidade de operação, que melhoram o desempenho na pré-impressão".

Fonte: Output Magazine