Mimaki lança equipamento de impressão direta em tecidos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/11/2015
TX300P-1800 pode utilizar tinta sublimática, dispersa, pigmentada, reativa e ácida

TX300P-1800 pode utilizar tinta sublimática, dispersa, pigmentada, reativa e ácida

Durante a ITMA 2015, feira internacional que ocorre entre os dias 12 e 19 de novembro, na Itália, a Mimaki, fabricante de impressoras digitais, apresentará em primeira mão a TX300P-1800, equipamento de estamparia têxtil digital com largura de 1,8m e sistema rolo a rolo.

A impressora possui oito cores de tinta e emprega um novo tipo de cabeça de impressão, que dispara gotas em alta velocidade e garante o exato endereçamento dos pontos mesmo que haja grande distância entre a cabeça e o substrato. Segundo a empresa, essas características tornam a TX300P-1800 ideal para a impressão de imagens de alta qualidade em todos os tipos de tecidos, incluindo materiais espessos e texturizados.

O equipamento pode produzir na resolução de 1.080dpi, com gotas de tinta que variam de 6 a 24 picolitros. Além disso, é capaz de produzir na velocidade máxima de 68m²/h e é compatível com tintas sublimáticas, dispersas, pigmentadas, reativas e ácidas, que são introduzidas na máquina por meio de sistema com bolsas de 2 litros.

A TX300P-1800 pode vir acompanhada do software Mimaki RasterLink 6 ou TxLink3 Lite, que oferece substituição de cor RGB e CMYK em dados raster e vetores, para que o usuário obtenha maior precisão na reprodução de cores especiais. Também é possível a produção de padrões sem emenda de uma única imagem, assim como a criação de perfis ICC usando o assistente exclusivo da Mimaki.

Mike Horsten, gerente de marketing da Mimaki Europa, declarou: “A TX300P-1800 foi projetada para atender demandas de produção de lotes menores e pequenas amostras, em prazos de entrega mais rápidos”.

Ainda não há previsão de lançamento da TX300P-1800 no Brasil.

Fonte: Mimaki Europa



Mutoh lança 4ª geração de tintas solvente

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/04/2013

Mutoh passa a vender nova geração de tintas digitais

Mutoh passa a vender nova geração de tintas digitais

A Mutoh, fabricante de soluções para impressão digital, lançou no mercado europeu a quarta geração das tintas Universal Mild Solvent (UMS). Desenvolvida para impressoras rolo a rolo da Mutoh, a linha UMS será vendida em frascos de 1 litro e cartuchos de 440ml.

Segundo a fabricante, as tintas oferecem resistência UV e durabilidade de até três anos (sem laminação). Além disso, elas são praticamente sem odor e não exigem ventilação especial.

A empresa garante também que esses novos insumos oferecem uma gama de cores equivalente a 83% da cartela Pantone C.

Arthur Vanhoutte, gerente geral da Mutoh Bélgica declarou: "Essas novas tintas possuem uma combinação única de pigmentos de longa vida útil, uma nova mistura de resinas e uma nova mescla de solventes mais suaves e menos agressivos".

Fonte: Mutoh



DGI lança três impressoras têxteis digitais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/05/2017
Fabricante coreana disponibilizou as impressoras FT-1608, FT-1908 e FT-3204X

Fabricante coreana disponibilizou as impressoras FT-1608, FT-1908 e FT-3204X

A DGI, fabricante coreana de impressoras digitais, anunciou no mercado internacional três novos equipamentos para estamparia têxtil (FT-1608, FT-1908 e FT-3204X), para produção de vestuário e peças de sinalização e decoração.

Sublimáticas, a FT-1608 e FT-1908 empregam cabeças Panasonic de 720dpi e podem produzir 100 metros em duas horas e meia, o que, segundo a empresa, é duas a três vezes mais rápido do que a geração anterior de impressoras com cabeças Epson. Além disso, as máquinas incluem tanque de tinta de 6 litros e um sistema de take-up (opcional) para carregar rolos de até 400m.

Com 3,2m de largura, a FT-3204X é um equipamento híbrido que imprime tanto no tecido quanto no papel de transferência. A máquina pode integrar um sistema opcional de dois rolos para imprimir duas bobinas de 64 polegadas ao mesmo tempo.

Alex Moon, gerente de marketing da DGI, declarou: “Impressoras têxteis digitais estão ficando mais populares. Porém, a produtividade destas máquinas, até agora, tem sido muito baixa, e a qualidade da saída não é estável. O principal objetivo da DGI é desenvolver e fabricar uma produção estável e rápida para as empresas de impressão em tecidos”.

Fonte: DGI