Mimaki cria plug-in Finecut para Illustrator CS6

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/12/2012

Mimaki FineCut plug in para Illustrator

O FineCut, software para as plotters de recorte da Mimaki, agora é compatível também com a versão CS6 do Adobe Illustrator. A extensão pode ser obtida por meio do download gratuito no site da fabricante japonesa de máquinas e programas.

O FineCut da Mimaki, que chegou recentemente à versão 8.0.4, pode rodar em PC e Mac, e facilita o dia a dia de signmakers que necessitam de ferramentas de corte em trabalhos de design e impressão. Agora, por meio do plug-in, o mais famoso aplicativo de ilustração pode ser perfeitamente integrado ao software.

Fonte: Mimaki. Texto: InfoSign



Xaar fecha parceria com empresa de soluções inkjet 3D

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/03/2017
Materialise desenvolve softwares e hardwares para impressão 3D

Materialise desenvolve softwares e hardwares para impressão 3D

A Xaar, desenvolvedora de soluções inkjet, anunciou que os softwares e hardwares da Materialise serão incluídos no kit de desenvolvimento de tecnologias comercializado pela própria Xaar. Isso significa que os clientes da empresa poderão contar com uma ferramenta mais completa de criação de dispositivos inkjet 3D.

Há 25 anos, a Materialise fornece soluções que estão na base de muitas tecnologias de impressão 3D. Entre elas está o Materialise Magics e o Materialise Build Processor. O primeiro é um software que permite criar modelos 3D imprimíveis. Já o segundo é um processador que faz a ponte entre o software e as impressoras. Ele transforma os modelos preparados no aplicativo para um formato de dados específicos para o equipamento a jato de tinta.

Fonte: Xaar



Criata adquire a primeira Durst Kappa 180 do Brasil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 19/04/2013

Dust Kappa 180: para estamparia digital e muita produtividade

Dust Kappa 180: para estamparia digital e muita produtividade

A Criata, sediada em Belo Horizonte, é a primeira empresa no Brasil a investir numa Durst Kappa 180, impressora para estamparia digital.

Evando Abreu, diretor da Criata, esclareceu um dos motivos que impulsionaram o investimento: "Nossos equipamentos antigos produzem na velocidade média de 40m2/h. Os equipamentos da nova geração produzem em torno de 100m2/h. No caso da Kappa 180, essa produtividade está estimada em cerca de 600m2/h".

O executivo também comentou sobre a qualidade da impressora digital: "Quando falamos de tecidos como o algodão, é muito difícil produzir imagens com grande destaque visual e riqueza de cores. Na Kappa 180, é possível atingir esse padrão".

Fonte: Durst Brasil