Mimaki Brasil lança série de impressoras CJV150

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 16/01/2015

CJV150 é impressora ecossolvente capaz de reproduzir cores metálicas

CJV150 é impressora ecossolvente capaz de reproduzir cores metálicas

A Mimaki, fabricante de equipamentos para comunicação visual, anunciou o lançamento no Brasil da série de impressoras CJV150, composta pelos modelos CJV150-75 (largura de impressão de 800mm), CJV150-107 (1090mm), CJV150-130 (1361mm) e CJV150-160 (1610mm).

Rolo a rolo, os equipamentos da série trabalham na resolução máxima de 1400dpi, com tinta ecossolvente ou sublimática e paleta com quatro ou oito cores. Além disso, as máquinas contam com recorte integrado à impressão.

Funções de impressão e corte

Os equipamentos da linha CJV150 possuem dispositivo que detecta automaticamente marcas de registro estabelecidas pelo software RasterLink6 e realiza o corte das linhas de contorno com precisão.

Outra função do sistema detecta marcas de registro intermediárias e permite correções para cada segmento, o que garante o corte de contorno preciso de impressões de comprimento mais longo, mesmo que a imagem esteja distorcida.

Cores metálicas

Para usuários que pretendem trabalhar com cores metálicas, a Mimaki disponibiliza a SS21, tinta ecossolvente prata. Com o insumo, é possível imprimir até 648 tons, disponíveis na biblioteca de cores do software RIP RasterLink6.

Tecnologia de impressão

Para que os pontos sejam corretamente posicionados no substrato, a Mimaki desenvolveu uma tecnologia que permite às cabeças de impressão disparar gotas de tinta em ângulos de jato adequados. Além disso, o volume das gotas pode variar, de 4 a 35 picolitros.

Unidade de verificação de nozzle

As impressoras CJV150 possuem sensores que monitoram as gotas de tintas e detectam o entupimento dos nozzles. Quando isso acontece, eles são expurgados automaticamente, o que reduz desperdícios e mantém a qualidade da impressão.

Aquecedores de mídia

Para garantir a adesão e o formato adequado dos pontos, a mídia deve estar em temperatura ideal durante a impressão. Os modelos da série CJV150 vêm equipados com três aquecedores de substratos (de pré-impressão, intermediário e de pós-impressão), os quais mantêm a correta temperatura das mídias durante o processo.

Fonte: Mimaki



Durst apresenta nova impressora Rho P10 250HS na Fespa México

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 27/08/2014

A Durst, fabricante de impressoras digitais, participou da Fespa México, que ocorreu de 21 a 23 de agosto. No estande da empresa, foi apresentado o novo Rho P10 250HS (High Speed), equipamento inkjet UV industrial que pode trabalhar na velocidade de 400m2/h e na resolução de 1000dpi.

A máquina conta com a tecnologia Variodrop, que permite a aplicação exata dos pontos, gerando imagens mais nítidas. Além disso, o equipamento apresenta sistema que combina cura UV tradicional e cura LED Pin, dispositivo de pré-cura com LED para evitar marcas de impressão.

Rho P10 250HS trabalha com alta velocidade de impressão

Rho P10 250HS trabalha com alta velocidade de impressão

A Rho P10250HS suporta substratos flexíveis e rígidos, como foam, metais, acrílicos, PVC, mídias para backlights, vinis e tecidos.

Ricardo Pi, diretor geral da Durst Brasil, declarou: "A Fespa México foi uma grande feira. Para a Durst e para o Brasil, que é o maior mercado da empresa na América Latina, foi uma excelente experiência".

Fonte: Durst Brasil



Resultados das feiras ExpoPrint e ConverExpo 2018

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/04/2018
Edição marca a indústria de impressão da América Latina

Edição marca a indústria de impressão da América Latina

Entre os dias 20 e 24 de março, no Expo Center Norte (São Paulo), ocorreram as feiras internacionais ExpoPrint e ConverExpo 2018. Em cinco dias, passaram pelos pavilhões 50.216 visitantes, que viram de perto produtos de mais de 750 marcas, expostas em mais de 300 estandes.

Segundo a organização, a visitação internacional é um destaque das feiras: foram 4.684 profissionais da América Latina e outras partes do mundo. Além disso, os eventos giraram mais de R$900 milhões em negócios realizados durante a exposição.

Ismael Guarnelli, diretor da APS Marketing de Eventos, organizadora da feira, declarou: “O sucesso da ExpoPrint e da ConverExpo é o resultado de um trabalho intenso e contínuo de quarto anos. Um projeto ambicioso que superou os mais variados desafios e cenários políticos e econômicos. Expositores e visitantes reforçaram de forma unânime: a ExpoPrint 2018 ficará marcada na história da indústria de impressão brasileira como o grande momento da retomada dos investimentos”.

Para Eduardo Sousa, presidente da Afeigraf (Associação dos Agentes de Fornecedores de Equipamentos e Insumos para a Indústria Gráfica), realizadora da ExpoPrint, é unânime nos corredores que a feira superou todas as expectativas. “Além da esperança de retomada econômica, há muita gente qualificada e disposta a investir em tecnologia. E é preciso destacar a qualidade dos expositores. Foi uma feira completa, com todas as tecnologias: offset, flexo, digital, inkjet de grande formato. Isso atraiu muito o público. A ExpoPrint atende a todas as necessidades, públicos e segmentos da nossa indústria”.

Fonte: ExpoPrint