Mimaki anuncia nova mesa de corte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/10/2017
CF22-1225 possui área de trabalho de 1,2m x 2,4m

CF22-1225 possui área de trabalho de 1,2m x 2,4m

A filial norte-americana da Mimaki, fabricante de impressoras e plotters, anunciou no mercado internacional a CF22-1225, mesa de corte que estará disponível a partir de dezembro de 2017.

Baseado na plataforma Mimaki CF2, o equipamento possui área de trabalho de 1,2m x 2,4m e pode acomodar mídias impressas em equipamentos flatbed, como corrugados, placas de estireno, borrachas, materiais de resina e plásticos, para a produção de embalagens e aplicações industriais e de comunicação visual. Além disso, oferece vários tipos de encaixes para diversas ferramentas de corte, dobra e desenho. Entre elas, facas giratórias, facas tangenciais, facas reciprocantes e opções de caneta.

A CF22-1225 roda com os softwares FineCut8 e RasterLink6 Plus, que inclui a função ID Cut, para tornar a impressão e o corte mais rapidos. Além das marcas de registro, o aplicativo insere códigos de barras (nas impressões) que contém informações de corte que permitem à CF22-1225 automatizar o fluxo de trabalho.

Além de suportar conexões USB 2.0 e Ethernet, a máquina possui painel LCD de controle com teclas de atalho para as funções mais usuais.

A Mimaki sugere que a CF22-1225 seja utilizada em conjunto com o software ArtiosCAD Designer Solution e a impressora plana JFX200-2513 UV-LED – uma solução completa para criação de embalagens e materiais customizados.

Fonte: Mimaki USA



Epson lança no Brasil impressoras da Série T

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/08/2014

Impressoras da Série T são indicadas para o mercado técnico e possuem cabeças de impressão fixas

Impressoras da Série T são indicadas para o mercado técnico e possuem cabeças de impressão fixas

A Epson, fabricante de impressoras digitais, lançou no Brasil a linha SureColor Série T, composta pelos modelos T3070, T5070 e T7070. Os equipamentos são indicados para escritórios de engenharia e arquitetura, prestadores de serviço de impressão, empresas da área de construção e agentes do ramo de construção e imobiliário. A única diferença entre os modelos é a largura de impressão: T3070 (24"), T5070 (36") e T7070 (44").

As máquinas, que reproduzem mapas, documentos, projetos e imagens com linhas finas, oferecem precisão microscópica, trabalham com substratos de tamanho A1 e imprimem em até 25 segundos.

Com cabeças de impressão fixas, os equipamentos dispensam trocas constantes, o que reduz custos de manutenção e tempo de ociosidade. Isso possibilita economia de até 59% no custo de novas cabeças.

As impressoras da Série T possuem painel de controle LCD e empilhador automático que organiza até 20 impressões em papel comum. Outro diferencial da nova linha é o carregamento frontal de tinta e papel.

Os equipamentos contam com 4 cores, resolução máxima de 2880 x 1440dpi, tecnologia Micro Piezo (de 3,5 picolitros) e sistema de tinta com resistência a manchas, água e desbotamento.

Fonte: Epson Brasil



GCC lança plotters de recorte da série Puma IV

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/06/2018
Linha tem máquinas com larguras de 60cm e 132cm

Linha tem máquinas com larguras de 60cm e 132cm

A fabricante GCC anunciou no mercado internacional a Puma IV, linha de plotters de recorte derivadas da Puma III e da Expert Pro. Com novo design, a série é composta pelos modelos padrão e LX (com ferramentas melhoradas) e máquinas com larguras de 60cm e 132cm.

As plotters operam com força máxima de 500 gramas e velocidade de 1.020mm/s a 45 graus. Além disso, podem se conectar em rede em apenas um ou vários computadores.

De acordo com a fabricante, as máquinas incluem dispositivos que garantem rastreamento de 5m, para garantir a saída de qualidade e economizar materiais. Uma outra ferramenta das plotters segmenta os dados de plotagem de trabalhos mais longos, o que confere maior qualidade e precisão de corte.

Os modelos Puma IV LX vêm com sistema de alinhamento automático (que detecta marcas de registro), função de posicionamento segmentado (para corrigir impressões distorcidas) e rotação automática (que detecta as marcas de registro para distinguir a direção de alimentação do material e girar o conteúdo de corte).

Fonte: GCC