Mimaki anuncia nova mesa de corte

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/10/2017
CF22-1225 possui área de trabalho de 1,2m x 2,4m

CF22-1225 possui área de trabalho de 1,2m x 2,4m

A filial norte-americana da Mimaki, fabricante de impressoras e plotters, anunciou no mercado internacional a CF22-1225, mesa de corte que estará disponível a partir de dezembro de 2017.

Baseado na plataforma Mimaki CF2, o equipamento possui área de trabalho de 1,2m x 2,4m e pode acomodar mídias impressas em equipamentos flatbed, como corrugados, placas de estireno, borrachas, materiais de resina e plásticos, para a produção de embalagens e aplicações industriais e de comunicação visual. Além disso, oferece vários tipos de encaixes para diversas ferramentas de corte, dobra e desenho. Entre elas, facas giratórias, facas tangenciais, facas reciprocantes e opções de caneta.

A CF22-1225 roda com os softwares FineCut8 e RasterLink6 Plus, que inclui a função ID Cut, para tornar a impressão e o corte mais rapidos. Além das marcas de registro, o aplicativo insere códigos de barras (nas impressões) que contém informações de corte que permitem à CF22-1225 automatizar o fluxo de trabalho.

Além de suportar conexões USB 2.0 e Ethernet, a máquina possui painel LCD de controle com teclas de atalho para as funções mais usuais.

A Mimaki sugere que a CF22-1225 seja utilizada em conjunto com o software ArtiosCAD Designer Solution e a impressora plana JFX200-2513 UV-LED – uma solução completa para criação de embalagens e materiais customizados.

Fonte: Mimaki USA



Epson apresenta novas impressoras da linha SureColor SC-S

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/01/2016
Três novos modelos passam a compor a série Epson SureColor SC-S

Três novos modelos passam a compor a série Epson SureColor SC-S

A filial britânica da Epson, fabricante de eletrônicos, anunciou ao mercado europeu três novas impressoras com tinta à base de ecossolvente com 1,6m de largura da linha SureColor (SC-S80600, SC-S60600 e SC-S40600). Segundo a empresa, os equipamentos empregam de 4 a 10 cores (incluindo branco e metálico) e podem trabalhar na velocidade de 95m2/h.

A fabricante enfatiza que todos os componentes das impressoras são projetados e fabricados pela própria Epson, expediente usado para assegurar a qualidade dos produtos. Além disso, a concepção dos novos equipamentos da série SureColor SC-S foi pensada para melhorar a experiência de impressão e reduzir o custo de aquisição. Confira as principais características das novas máquinas:

- SC-S80600: apresenta duas cabeças de impressão PrecisionCore TFP e emprega conjunto com 9 ou 10 tintas (CMYKLcLmL, vermelho e laranja ou CMYKLcLmLk, branco e prata). Pode imprimir a 95m2/h (em modo “banner”) ou a 12,5m2/h (em modo “film”). Trata-se de um modelo para empresas que reproduzem imagens com cores especiais e alto padrão de qualidade;

- SC-S60600: também apresenta duas cabeças de impressão PrecisionCore TFP (CMYKx2) e imprime com alta qualidade em vinis a 29,4m2/h;

- SC-S40600: de entrada, a impressoras emprega 4 cores e uma cabeça de impressão PrecisionCore. Pode trabalhar na velocidade de 58,4m2/h.

Segundo a Epson, os novos modelos SureColor SC-S podem imprimir em diversos substratos revestidos e não revestidos, para aplicações como displays, cartazes, painéis, pontos de venda, envelopamentos de veículos, papéis de parede e fotos. Além disso, as impressoras empregam um novo sistema de alimentação de mídia, que facilita a manipulação dos rolos por meio de um controle automático de autotensão, tanto na entrada quanto na saída dos substratos. Cilindros de pressão antiestáticos ajudam na aderência da mídia, feitos para suportar bobinas de até 45kg.

As novas impressoras SureColor SC-S empregam tintas originais UltraChrome GS3, vendidas em cartuchos com 700ml. De acordo com a empresa, as tintas secam rapidamente, têm baixo odor e alta resistência à abrasão e duram em exposições outdoor por três anos sem laminação.

A última geração das cabeças PrecisionCore TFP utiliza tecnologia de pontos variáveis e trabalha na resolução de 1440 x 1440dpi. Um novo hardware aperfeiçoado protege as cabeças, que também empregam a Precision Dot, tecnologia que ajuda a reproduzir imagens mesmo em mídias difíceis, como vinis monoméricos baratos.

Fonte: Epson UK



Alko promove curso de envelopamento de carro em paralelo à Signs Nordeste 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 01/10/2013

Alltak leva curso de envelopamento de carro para a região

Região terá curso de envelopamento de carro

Em paralelo à feira Signs Nordeste, a Alko, fabricante de vinis adesivos, realizará um curso sobre envelopamento de carro. O treinamento, intitulado "Técnicas e truques para você trabalhar de forma rápida, segura e com mais qualidade", será ministrado no dia 31 de outubro, das 8h30 às 17h00.  Ao término, o participante receberá um certificado com o selo da Alko, que o credencia a fazer envelopamento automotivo.

O curso é indicado a aplicadores de nível básico e aborda os seguintes temas:

  • limpeza, ambiente, preparação da superfície e remoção das interferências;
  • linha mestra, dobradiça, triangulação e cortes de alívio;
  • posicionamento de imagem e otimização do trabalho;
  • aplicação de vinis em para-choques;
  • quebra de memória e acabamentos.

O investimento por participante é de 399 reais (pagamento em até duas vezes). Para dois ou mais profissionais da mesma empresa, o valor fica 380 reais por aluno. O curso será realizado na Prime Car: Av. José Bastos, 5727, Demócrito Rocha – Fortaleza (CE). As inscrições podem ser feitas por e-mail (paulo.cecato@alko.com.br), por telefone (11 2436-3300) ou pelo site (www.alltak.com.br/treinamentos).

Cada participante terá direito a: material didático, ferramentas (porta-ferramentas, espátula, feltro, estilete profissional e luva), apostila, DVD (Programa de treinamento Alltak Tuning), almoço, certificado e cinco metros de adesivo fibra de carbono Premium Alltak Tuning.

Cambea Fast

Na Signs Nordeste, quem passar pelo estande da Alko poderá participar do Cambea Fast, competição na qual os envelopadores têm de adesivar capôs. A rapidez conta, mas não ganha necessariamente quem terminar primeiro o trabalho. O competidor deve atentar-se a critérios de qualidade, como refile e acabamento (bolha), os quais têm grande peso na avaliação.

O vencedor do campeonato estará automaticamente classificado para a quarta edição do Cambea, que será realizado em São Paulo, na feira Serigrafia Sign 2014.

Fonte: Alltak