Metalnox lança calandra sublimática eCMD450

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/03/2018
Equipamento foi desenvolvido para diminuir custos de produção

Equipamento foi desenvolvido para diminuir custos de produção

A Metalnox, fornecedora nacional de equipamentos para estamparia digital, anunciou a eCMD450, calandra para sublimação de tecidos sintéticos.

Segundo a empresa, a máquina tem robustez e diferenciais para atender a necessidade da indústria, como a “High Economy”, tecnologia exclusiva que proporciona maior economia de energia por operar com 14,2kW/h. De acordo com a Metalnox, as calandras atualmente disponíveis no mercado consomem, em média, 28kW/h.

Capaz de trabalhar na velocidade de 6m/min, a eCMD450 é de fabricação 100% nacional e produzida com matérias-primas de alta qualidade.

Assista ao vídeo promocional do equipamento:

Fonte: Metalnox



POD Iberia lançará impressoras para estamparia têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/05/2013

Durante a Fespa 2013, em Londres, a POD Iberia, fabricante de impressoras digitais, planeja lançar equipamentos para estamparia têxtil. No evento, a marca deve mostrar sua nova solução sublimática com fixação integrada, a MTEX 1800.

Com uma velocidade máxima de 65m²/h e resolução de até 1440dpi, a MTEX 1800 promete uma considerável economia de tempo, uma vez que a novidade dispensa a impressão prévia no papel transfer. Confira mais características da máquina:

  • Largura de impressão de 1,8m;
  • Sistema contínuo de tinta (bulk ink) de dois litros;
  • Sistema de alimentação de rolo sincronizado;
  • Sistema de dispositivo eletropneumático;
  • Compatível com tintas de sublimação;
  • Duas cabeças de impressão Epson DX6.
MTEX 1800: impressora sublimática com sistema integrado de fixação

MTEX 1800: impressora sublimática com sistema integrado de fixação

A impressora MTEX 500 também será demonstrada na ocasião. Criada para o mercado da moda e indústria de vestuário, a máquina vem com uma cinta adesiva (no sistema de alimentação de substratos) para trabalhar com malhas e tecidos típicos destes setores. Ela opera a 80m²/h, com qualidade de 600dpi, podendo chegar a 120m²/h em sua velocidade máxima, a uma largura de impressão de 1,8m e sistema de secagem infravermelho. Apresentada em duas versões (MTEX 500P e MTEX 500C), a impressora se mostra bastante versátil:

  • MTEX 500P: adaptada para trabalhar com poliamidas, lycras e tecidos esticados, contém um sistema de alimentação único e um secador horizontal integrado;
  • MTEX 500C: para tecidos não esticados, é compatível com uma série de materiais como algodão, poliamida, seda e nylon.

Fonte: Large Format Review



Presidente da EFI faz palestra sobre tendências em impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 14/06/2014

Gráficas e birôs terão de lidar com produções que exigem número menor de impressões e maior valor agregado

Gráficas e birôs terão de lidar com produções que exigem número menor de impressões e maior valor agregado

No dia 5 de junho, a EFI, fabricante de impressoras digitais, promoveu um evento para clientes e parceiros na cidade de São Paulo. Na ocasião, o CEO da empresa, Guy Gecht, discorreu sobre o que chamou de "Renascimento da Impressão".

O executivo foi taxativo ao dizer que as tecnologias digitais estão mais presentes no mercado gráfico, e que isso traz consequências: "Em cinco ou dez anos, a tendência é uma redução no número de impressões, mas com um valor agregado maior".

O CEO também compartilhou informações sobre as várias linhas de atuação da EFI, apresentou as vantagens da impressão digital e mostrou possibilidades de novos negócios.

Fonte: EFI