Metalnox lança calandra CMD 1800 Série 2 para sublimação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/07/2015
Calandra recém-lançada possibilita trabalhos em tecidos e transfers contínuos ou em peças cortadas

Calandra recém-lançada possibilita trabalhos em tecidos e transfers contínuos ou em peças cortadas

A Metalnox, fabricante nacional de máquinas para a indústria têxtil, anunciou o lançamento da CMD 1800 Série 2, calandra que conta com mesa exclusiva de trabalho modular, esteira transportadora para saída de material na parte posterior e sistema de tensionamento com balancim ativo, o que proporciona trabalhos com tecidos com elasticidade.

Podendo trabalhar na velocidade mecânica de até 3m/min, o equipamento possui cilindro térmico com 215mm de diâmetro, comprimento de 1,8m e 65% de área de aproveitamento do perímetro. O cilindro é revestido em aço cromado blindado com resistências imergidas em óleo, o que garante uniformidade de temperatura.

A calandra possui também sensor de alinhamento ativo automático do feltro com ação pneumática, além de nobreak com autonomia de aproximadamente 30 minutos, para casos de queda de energia e desligamento da máquina por temperatura.

Manutenção e segurança

A CMD 1800 Série 2 vem equipada com sensores e alarmes de monitoramento, os quais comunicam, por meio de avisos sonoros, a troca de óleo e outras manutenções.

Para garantir a segurança dos operadores, a calandra possui botões emergenciais nas laterais, cordão de segurança na alimentação de material, chaves de segurança nas portas dos painéis e leitor de temperatura redundante interno ao cilindro térmico.

Operação

Para facilitar a operação, a CMD 1800 Série 2 possui painel de comando IHM integrado ao CLP, com funções de contagem de metros, temperatura e velocidade.

O setup do equipamento é feito de forma simples e prática, já que o desbobinador de tecidos tem eixo livre e sem carambolas de travamento. Seu sistema de rebobinamento possui cilindros em alumínio revestidos em carpete, o que garante perfeita distribuição de tecidos e evita enrugamento ou desalinhamento.

Todos os equipamentos Metalnox possuem um ano de garantia.

Fonte: Metalnox



Mimaki faz upgrade de seu software de corte, o FineCut

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/11/2012

A nova versão do FineCut, software de corte da Mimaki, vem com aprimoramentos

Está disponível a nova versão (8.0.4) do Mimaki FineCut, software usado em conjunto com o CorelDRAW, para o comando de plotters de recorte ou impressoras conjugadas da fabricante japonesa.

Os interessados podem fazer a atualização pelo link que a empresa disponibilizou. O aplicativo é compatível com os Sistemas Operacionais: Windows 2000, Windows XP (32bit), Windows Vista (32/64bit) e Windows 7 (32/64bit). Pode ser aplicado nas versões 11, X2, X3, X4, X5 e X6 do CorelDRAW.

Na página do produto, há instruções (em inglês) de como fazer o download e a instalação da novidade. Entre os procedimentos necessários, está o uso do CD-ROM contendo a versão anterior do programa.

Segundo a Mimaki, algumas das novas e aperfeiçoadas funções são:

  • Especificação da posição inicial de corte;
  • Informações Online: notifica as últimas informações do FineCut;
  • Menu "Sobre o FineCut": é possível acessar o manual de operação a partir desta ferramenta;
  • Compatibilidade com o Illustrator CS5;
  • Teste de conexão: verifica a causa do erros de comunicação.
.
Fonte: Mimaki. Texto: InfoSign
.



Aplike apresenta novo vinil texturizado

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/08/2014

Película apresenta acabamento que simula superfície de madeira

Película apresenta acabamento que simula superfície de madeira

A Aplike, fabricante nacional de mídias, lançou o Vinil Texturizado Madeira, indicado para a decoração e personalização de painéis de veículos. Parte da linha Aplikcar, a película é calandrada e possui 0,15mm de espessura, 1,22m de largura e 25m de comprimento.

Segundo a empresa, o material apresenta efeito madeira texturizado, poder de adesão, adesivo reposicionável e estabilidade dimensional.

A mídia pode ser recortada em plotter, tem poder de cobertura superficial (por ser blockout) e durabilidade de quatro anos.

Fonte: Fespa Brasil