Metalnox lança calandra CMD 1800 Série 2 para sublimação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/07/2015
Calandra recém-lançada possibilita trabalhos em tecidos e transfers contínuos ou em peças cortadas

Calandra recém-lançada possibilita trabalhos em tecidos e transfers contínuos ou em peças cortadas

A Metalnox, fabricante nacional de máquinas para a indústria têxtil, anunciou o lançamento da CMD 1800 Série 2, calandra que conta com mesa exclusiva de trabalho modular, esteira transportadora para saída de material na parte posterior e sistema de tensionamento com balancim ativo, o que proporciona trabalhos com tecidos com elasticidade.

Podendo trabalhar na velocidade mecânica de até 3m/min, o equipamento possui cilindro térmico com 215mm de diâmetro, comprimento de 1,8m e 65% de área de aproveitamento do perímetro. O cilindro é revestido em aço cromado blindado com resistências imergidas em óleo, o que garante uniformidade de temperatura.

A calandra possui também sensor de alinhamento ativo automático do feltro com ação pneumática, além de nobreak com autonomia de aproximadamente 30 minutos, para casos de queda de energia e desligamento da máquina por temperatura.

Manutenção e segurança

A CMD 1800 Série 2 vem equipada com sensores e alarmes de monitoramento, os quais comunicam, por meio de avisos sonoros, a troca de óleo e outras manutenções.

Para garantir a segurança dos operadores, a calandra possui botões emergenciais nas laterais, cordão de segurança na alimentação de material, chaves de segurança nas portas dos painéis e leitor de temperatura redundante interno ao cilindro térmico.

Operação

Para facilitar a operação, a CMD 1800 Série 2 possui painel de comando IHM integrado ao CLP, com funções de contagem de metros, temperatura e velocidade.

O setup do equipamento é feito de forma simples e prática, já que o desbobinador de tecidos tem eixo livre e sem carambolas de travamento. Seu sistema de rebobinamento possui cilindros em alumínio revestidos em carpete, o que garante perfeita distribuição de tecidos e evita enrugamento ou desalinhamento.

Todos os equipamentos Metalnox possuem um ano de garantia.

Fonte: Metalnox



HP expande portfólio de impressoras látex para mídias rígidas

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 10/07/2018
Latex R1000 incrementou linha de impressoras

Latex R1000 incrementou linha de impressoras

A HP anunciou no mercado internacional a nova impressora Latex R1000. A máquina expande a linha de tecnologias látex para estampar mídias rígidas, que já incluía a Latex R2000, projetada para birôs de grande porte.

A estreante Latex R1000 é indicada para empresas em crescimento e com restrições de investimento e espaço. Ambas as máquinas da linha oferecem tecnologias para imprimir em grande variedade de mídias flexíveis e rígidas, para aplicações em varejo, sinalização externa, eventos, exposições e decorações.

De acordo com a empresa, a nova impressora é capaz de rodar a 57m²/h, vem com cartuchos de 3 litros de tinta e pode acomodar mídias com até 1,64m de largura e até 5cm de espessura.

A Latex R1000 emprega tinta branca capaz de estampar mídias transparentes e coloridas. Além disso, conta com cabeças térmicas removíveis que podem ser armazenadas em uma câmara off-line. A máquina também apresenta um sistema de manutenção automática que executa recirculação e verificações automáticas dos nozzles – funções operadas por meio do HP Smart Services, que maximizam o tempo de atividade e ajudam a evitar falhas na produção.

A HP também oferece um revestimento especial para acabamento superficial. À base d’água, o material proporciona alta aderência e resistência a riscos.

Fonte: HP



Durst apresenta seus desenvolvimentos tecnológicos mais recentes

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 21/06/2018
Apresentações se deram na sede da empresa, em Brixen, Itália

Apresentações se deram na sede da empresa, em Brixen, Itália

A Durst, fabricante de impressoras digitais, realizou em maio o Durst Tech Days 2018, evento no qual foram apresentados novos sistemas inkjet rolo a rolo, softwares de fluxo de trabalho e impressoras com a tecnologia Durst Water Technology.

Entre os destaques do evento, esteve a Rhotex 325, indicada para impressão de soft signage (tecido). A máquina roda na velocidade de até 235m²/h (modo de produção) para aplicação direta em tecido. Algumas impressões em papel ou diretamente em tecido também podem ser executadas a 380m²/h.

A Durst também anunciou a tinta Rhotex Dye Sub TR, para impressão de transferência. Segundo a empresa, o insumo ofere alto desempenho de secagem e maior liberação de corante, o que reduz o consumo de tinta em aproximadamente 15%.

Na área de softwares, foi apresentado o Durst Analytics, aplicativo que executa análises de padrões operacionais das impressoras, para viabilizar manutenções preventivas mais eficazes por meio de monitoramento remoto de parâmetros de produção.

Da Durst Water Technology, anunciada há dois anos, foi apresentada impressora plana industrial Durst WT 250. Indicada para papelão ondulado, a máquina possibilita operar com carro de impressão único ou duplo com comprimento de mesa de até 2.100mm. O equipamento tem recursos automatizados para separação de mídia, registro, posicionamento e transporte. Além disso, vem com canais para 4 ou 6 cores (CMYK, light cyan e light magenta), imprime com gotas de 10 picolitros e oferece qualidade visual de 1.000dpi.

Fonte: Durst Brasil