Matan lançará impressoras de grande formato na Fespa 2015

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/05/2015

Linha de equipamentos Matan QuantumFlex foi desenvolvida para produção em massa de sinalização para frota

Linha de equipamentos Matan QuantumFlex foi desenvolvida para produção em massa de sinalização para frota

A Matan, fabricante de impressoras digitais, estará na Fespa 2015, feira que ocorre de 18 a 22 de maio, na Alemanha, para apresentar novas soluções de impressão de grande formato. Entre elas estará a Matan Quantum, com 3,5m de largura e sistema híbrido. A máquina foi especialmente desenvolvida para aplicações indoor de alta qualidade e pode disparar gotas de tinta de até 7 picolitros. Além disso, o equipamento pode empregar LED ou arco de cura UV.

A Matan aproveitará a Fespa 2015 para apresentar em primeira mão a MatanFlex e a QuantumFlex, criadas para atender birôs que trabalham eminentemente com impressão de comunicação visual para frotas. As duas máquinas possuem 3,5m de largura e empregam tintas com alta elasticidade que podem ser combinadas com a aplicação em linha de verniz.

Tanto a MatanFlex quanto a QuantumFlex possuem sistema de impressão UV e são indicadas para empresas que procuram substituir a tecnologia solvente de seus parques gráficos.

Outra novidade da Matan é o sistema de aplicação de verniz em linha, que trabalha simultaneamente com o sistema de impressão, sem diminuir a velocidade de produção. Segundo a empresa, o sistema oferece aos materiais proteção contra abrasão, arranhões, químicos, danos climáticos e desbotamento UV.

O sistema de aplicação de verniz também trabalha em conjunto com o sistema de corte em linha, o que agiliza o fluxo de trabalho que inclui impressão, revestimento e corte em uma mesma máquina.

Fonte: Matan



Como limpar o veículo antes de realizar o envelopamento com vinil adesivo

Por Eduardo Yamashita em 16/07/2014

Neste artigo saiba como fazer a correta limpeza do veículo antes de fazer a aplicação do vinil adesivo

Neste artigo veja como fazer a correta limpeza do veículo antes da aplicação do vinil adesivo

A preparação da superfície do veículo que será envelopado envolve um procedimento de 3 etapas: lavagem com detergente, limpeza com solvente (desengordurante ou desengraxante) e limpeza final com álcool isopropílico.

Lavagem com detergente

O veículo deve ser lavado (com água limpa e detergente) um dia antes da aplicação, para que seja removida a maior parte da sujeira solúvel em água. É necessário lavar o carro com um dia de antecedência para que ele seque completamente, especialmente sob as cabeças dos rebites e entre os painéis.

Antes de aplicar a imagem, certifique-se de que a superfície esteja completamente seca. A água retida nas reentrâncias das cabeças de rebite pode levantar o vinil. Umidade sob as emendas das chapas também causa problemas.

Limpeza com solvente

A limpeza do veículo a ser envelopado requer cuidados. Cada parte do veículo deve estar impecável, incluindo áreas debaixo dos para-lamas, portas, capô e porta-malas – regiões que acumulam muita sujeira.

Depois de lavar a superfície com água e detergente, o segundo passo é limpá-la com solvente. Mesmo que uma superfície lavada pareça limpa, podem estar presentes contaminantes (ceras, gorduras, graxa e óleos). Para removê-los, use desengraxantes ou desengordurantes comerciais à base de xilol ou toluol, produtos encontrados em lojas de produtos automobilísticos.

Ao usar qualquer tipo de solvente, leia as advertências do rótulo e da FISPQ. Trabalhe em local bem ventilado, use equipamento de segurança e siga os procedimentos recomendados.

Nessa etapa, é importante fazer testes. As formulações dos produtos de limpeza à base de solventes variam muito de um fabricante para outro. Algumas formulações são muito fortes. Para não danificar o sistema de pintura do veículo, teste o solvente em uma área escondida do carro.

Concentre a limpeza nas áreas "escondidas", ou seja, nas bordas das portas, capô e para-lamas. As áreas das bordas das peças com borracha também acumulam muita sujeira.

Limpeza final

Como o desengraxante pode deixar resíduos oleosos, limpe a superfície com álcool isopropílico. Esta última etapa deve ser realizada com ambas as mãos: uma com um pano embebido com o álcool, a outra com um pano seco. Depois de aplicar o solvente na superfície, limpe-a antes de o álcool evaporar. Faça essa limpeza momentos antes da aplicação do vinil, para remover contaminantes do ar que se instalam na superfície do veículo.

Considerações finais

Muitas vezes, a limpeza da superfície é a última coisa em que o instalador pensa. Frequentemente, ela é ignorada. Mas a falta dela é primeira causa dos problemas de adesão do vinil. Considere o seguinte: se você não limpar a sujeira e a gordura da superfície, como o vinil ficará aderido à superfície? A limpeza inadequada é uma receita certa para o fracasso do envelopamento. Portanto, para obter bons resultados na instalação, limpe adequadamente o veículo antes da aplicação do vinil.

 
Esse artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Este artigo técnico foi patrocinado pela Imprimax, fabricante de vinis adesivos

Gostou do artigo? Você também vai se interessar pelas matérias abaixo:

 

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual

Sobre o autor: Eduardo Yamashita é consultor técnico especializado em vinis adesivos, envelopamento de carro e comunicação visual



J-Teck3 anuncia quatro novas opções de tintas para sublimação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/10/2016
Insumos fazem parte do portfólio de tintas sublimáticas da linha J-Cube

Insumos fazem parte do portfólio de tintas sublimáticas da linha J-Cube

A fabricante italiana J-Teck3 anunciou o lançamento de mais quatro opções de tintas sublimáticas com cores de alta densidade (cyan extra, magenta extra, yellow extra e black extra).

As novidades fazem parte da linha J-Cube PNF, composta por insumos de diversas cores, inclusive tons fluorescentes e vários tipos de preto.

Produzidas com a tecnologia Cluster, as tintas estão disponíveis para transfer ou impressão direta, para estampar tecidos de poliéster em aplicações nos mercados de moda e decoração.

Segundo a empresa, os insumos oferecem secagem rápida e são adaptados para papéis sublimáticos finos e não revestidos.

Luca Guggiari, gerente da J-Teck3, declarou: “Estamos sempre ouvindo nossos clientes, que requisitam uma vasta gama de tintas digitais para a produção de aplicações têxteis”.

Atualmente, a J-Teck3 faz parte do JK Group, que também engloba a Sawgrass e a Kiian Digital. O grupo foi adquirida recentemente pela Dover Engineering Systems (DES).

Fonte: Fespa