Massivit lança impressora 3D Massivit 1800 Pro

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 06/05/2019
Impressora 3D de grande formato vem com novos recursos de produção

Impressora 3D de grande formato vem com novos recursos de produção

A Massivit, fabricante de equipamentos 3D, expandiu seu portfólio e lançou a Massivit 1800 Pro, impressora indicada para as indústrias de comunicação visual, entretenimento, prototipagem e design de interiores.

A nova máquina acrescenta a linha de impressoras 3D da Massivit, que já comercializa os modelos 1800 e 1500, voltadas para fornecedores de serviços de impressão que oferecem recursos 3D de alta qualidade.

A Massivit 1800 Pro oferece um novo com recurso de resolução variável, predefinida pelo software Massivit Smart Pro. A ferramenta permite mudar o modo de produção (resolução e espessura da camada) durante a impressão de uma peça, de acordo com os requisitos do modelo.

Outra novidade é o Mega Quality, um modo de produção que possibilita impressões mais rápidas e de alta qualidade de objetos grandes, o que otimiza o consumo de gel e o tempo de impressão.

Um novo recurso de operação remota também foi desenvolvido. Com ele, os usuários operam a impressora e monitoram o progresso das impressões por meio de um tablete. Também podem entrar em contato direto com o atendimento ao cliente e com a equipe de atendimento da Massivit.

De acordo com a fabricante, a Massivit 1800 Pro executa procedimentos simples e automatizados de manutenção, que são acionados de acordo com os dados coletados e prioridades personalizáveis de manutenção preventiva.

Fonte: Massivit



Como são reproduzidas cópias oficiais das obras de Van Gogh

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/03/2019
Museu Van Gogh usa tecnologia de grande formato para imprimir quadros do pintor

Museu Van Gogh usa tecnologia de grande formato para imprimir quadros do pintor

Localizado em Amsterdã, na Holanda, o Museu Van Gogh abriga a maior coleção de obras do pintor homônimo. O visitante da exposição pode admirar uma coleção permanente de obras-primas de um dos pintores mais famosos e apreciados no mundo.

O museu abriga uma loja de lembranças onde é possível comprar objetos temáticos e itens colecionáveis. Entre ele, estão reproduções autenticadas (com certificado) e de alta definição das pinturas de Van Gogh.

Todas as imagens das obras-primas foram digitalizadas com scanners de alta resolução, que capturaram detalhes finos, texturas de pinceladas, protuberâncias de tinta e texturas das superfícies dos quadros. Por isso, as reproduções são quase idênticas aos originais.

Para estampar as imagens, o Museu Van Gogh utiliza uma Canon imagePrograf, capaz de produzir impressões de alta qualidade (na resolução de 2.400 x 1.200dpi) em papel ou canvas. A máquina emprega um conjunto de 12 tintas inkjet pigmentas, nas cores: preto fotográfico, preto fosco, ciano, magenta, amarelo, ciano fotográfico, magenta fotográfico, cinza, fotográfico cinza, vermelho, azul e otimizador cromático.

Para proteger reproduções de obras de arte, recomenda-se usar um vidro de proteção em cima das impressões, para para protegê-las da luz. Pode-se optar por envernizar o material com um revestimento que ressalte as cores e proteja a peça contra arranhões.

Após a impressão e o envernizamento, as imagens são montadas em uma base. As impressões em papel podem ser fixadas em poliestireno, papelão, placas de alumínio ou qualquer outra superfície plana. As telas tambpem podem ser esticadas à mão sobre uma moldura de madeira, para que o quadro fique com um aspecto mais artesanal. É aconselhável que as molduras de madeira tenham certificação PEFC e FSC, para garantir o manejo florestal sustentável. Existem muitos tipos de molduras, mas o mais importante é que ela reflita a qualidade da impressão.

Qualquer um pode adquirir uma reprodução autenticada das obras de Van Gogh

Fonte: Flaar



Kornit anuncia nova tinta para impressão direta em tecidos

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 31/01/2015

Insumo foi desenvolvido para equipamentos de estamparia têxtil digital

Insumo foi desenvolvido para equipamentos de estamparia têxtil digital

A Kornit, fabricante de soluções para estamparia têxtil, anunciou o lançamento no mercado internacional de uma nova geração de tintas de descarga para equipamentos Kornit Avalanche DC Pro, que imprimem diretamente em tecidos.

Segundo a empresa, com os insumos é possível criar peças únicas com sensação natural ao toque, para as indústrias de moda, decoração e vestuário.

As tintas de descarga branqueiam as moléculas de corante do tecido escuro e criam uma base para a impressão das tintas CMYK. Além disso, elas já vêm prontas, não exigem tratamento especial e mantêm-se estáveis nas cabeças de impressão por até um ano.

Kobi Mann, diretor da Kornit, declarou: "Empresas de estamparia têxtil poderão imprimir em tecidos escuros sem precisar aplicar uma base de camada branca, criando assim uma sensação suave e natural nas peças. Ao reduzir a quantidade de tinta branca e eliminar fluidos de pré-tratamento, a Avalanche DC Pro oferece grande vantagem competitiva".

Fonte: What They Think