Mactac reformula filme para laminação ColorGard LUV

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/01/2018
Película pode ser usada para proteger imagens estampadas por impressoras digitais

Película pode ser usada para proteger imagens estampadas por impressoras digitais

A Mactac, fabricante de mídias para comunicação visual, anunciou a reformulação do Permacolor ColorGard LUV, filme de laminação que passou a ter uma nova camada de PVC transparente que evita o deslocamento de cores das imagens impressas. Além disso, o substrato apresenta adesivo acrílico e liner de papel kraft branco.

Disponíveis em acabamento brilhante e fosco, os filmes ColorGard LUV podem ser usados para laminar impressões fotográficas e imagens estampadas por serigrafia ou impressão digital látex, solvente, ecossolvente, à base de água e UV. O adesivo, por ter uma nova formulação, confere uma adesão superior em impressões inkjet UV.

Com durabilidade ao ar livre de 5 a 7 anos, os filmes conferem proteção contra abrasão e umidade, em ambientes internos e externos.

Jeff Stadelman, gerente de marketing da Mactac, declarou: “Os produtos Permacolor ColorGard LUV foram os primeiros de seu tipo a chegar no mercado, há 5 anos. E agora, eles acabaram de melhorar”.

Fonte: Mactac



Epson investirá 16 bilhões de ienes em novo centro de inovação

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/10/2017
Um novo edifício abrigará departamentos de pesquisa, vendas e impressão digital

Um novo edifício abrigará departamentos de pesquisa, vendas e impressão digital

A Epson, fabricante de impressoras digitais, investirá 16 bilhões de ienes (aproximadamente 142 milhões de dólares) para construir um novo edifício na cidade de Shiojiri, no Japão. Trata-se de um centro de inovações que abrigará um laboratório de teste de estamparia têxtil e uma fábrica para prototipagem e sistemas comerciais e industriais de impressão de grandes volumes.

Com área total de 37.650m², o centro terá três andares: o primeiro conterá a fábrica e o laboratório de teste, o segundo e o terceiro abrigarão uma série de escritórios.

O trabalho de construção está programado para começar em 2018. Já as operações deverão começar em torno de março de 2020.

Parte de um plano que visa a expansão no mercado de impressão digital, o novo edifício reforça a capacidade da Epson em pesquisa, desenvolvimento e produção de equipamentos para impressão comercial e industrial. A empresa também espera obter maior eficiência operacional, unindo departamentos relevantes em um mesmo local.

Segundo a empresa, a impressão digital comercial e industrial é uma área muito importante nos planos de médio e longo prazo da Epson. Já nos mercados de sinalização e estamparia têxtil digital, a marca está expandindo e atualizando suas linhas de impressoras.

Fonte: Epson



Sawgrass apresentará tecnologia de sublimação em algodão

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/10/2018
Solução estará no estande da empresa na SGIA 2018

Solução estará no estande da empresa na SGIA 2018

A Sawgrass, fornecedora de soluções para impressão sublimática, estará presente na SGIA 2018, feira que ocorre entre os dias 18 e 20 de outubro, em Las Vegas (EUA). Além de levar seus produtos, a empresa apresentará materiais dos parceiros Chemica, ChromaLuxe, Forever, PrintLAT, Poli-Tape, Siser e Vapor Apparel.

Entre as principais soluções que a Sawgrass disponibilizará ao público da feira está a SubliCotton, que permite a sublimação de imagens em tecidos de algodão. A tecnologia foi desenvolvida em conjunto com a Forever e a PrintLAT.

Segundo a empresa, a sublimação em algodão é uma forte demanda de muitos clientes, porque trata-se de um tecido extremamente popular. Porém, o processo sublimático só funciona com polímeros e exclui o algodão. A SubliCotton vem, portanto, para mudar esse paradigma.

A Sawgrass também levará para a SGIA 2018 materiais para sublimação em tecidos escuros. São as mídias SubliTwill e SubliFlock (da Poli-Tape), SubliTex (da Chemica) e a HTV (da Siser), que trabalham com os sistemas Virtuoso HD e Virtuoso Print Manager (da Sawgrass). A empresa explica que as tintas de sublimação são semitransparentes. Por esse motivo, depois da prensagem, as cores impressas são influenciadas pela cor dos substratos. Os materiais citados foram desenvolvidos para lidar com essa particularidade do processo.

Fonte: Sawgrass