Mactac apresenta novo site

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 24/08/2018
Página oferece acesso rápido às informações de produtos

Página oferece acesso rápido às informações de produtos

A Mactac, fornecedora de adesivos sensíveis à pressão, anunciou o lançamento de um novo site da empresa. Projetado para oferecer aos clientes e visitantes uma experiência melhorada, o novo Mactac.com (em inglês) apresenta interface amigável, acesso rápido a informações sobre produtos e compatibilidade em qualquer plataforma (computadores, tablets e smartphones).

Com aparência nova, o site oferece ferramentas de busca de soluções da Mactac por meio de categorias de produtos e aplicações. A página também apresenta uma barra de “Search” (Pesquisar), no canto superior direito.

Outra novidade é a ferramenta de serviços às empresas, que oferece aos clientes a facilidade de rastrear remessas, visualizar informações de inventário e preços, solicitar cotações e monitorar o histórico de faturas.

Cada produto da Mactac tem uma página dedicada, com guias de desempenho, especificação e assistência técnica, vídeos de produtos, gráficos de atributos, literatura comercial, boletins regulatórios, entre outros documentos.

Os negócios da Mactac englobam cinco segmentos: rótulos, fitas industriais, produtos gráficos, produtos em folhas e fitas médicas.

Fonte: Mactac



Drupa prepara nova edição de relatório de tendências globais

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 18/04/2018
Documento será lançado no fim de abril de 2018

Documento será lançado no fim de abril de 2018

A organizadora da Drupa, maior feira de impressão do mundo, lançará no fim de abril a quinta edição de seu relatório de tendências globais. A pesquisa, feita pelas consultorias Printfuture (da Grã-Bretanha) e Wissler & Partner (da Suíça), levou em conta dados de mais de 700 gráficas e quase 250 fornecedores internacionais.

O relatório completo em inglês poderá ser adquirido por meio do link www.drupa.com. O resumo grátis da pesquisa estará disponível em alemão, francês, português, espanhol, russo e chinês.

Sabine Geldermann, diretora da Drupa, declarou: “O relatório indica que a indústria de impressão está otimista. Após a recessão global de 2008, as gráficas e fornecedores estão aproveitando ao máximo a lenta, mas clara, recuperação econômica. Eles têm desenvolvido novos modelos de negócios e tecnologias inovadoras”.

Outro ponto levantado pelo documento é a transição da impressão analógica para a digital. Embora lenta no contexto geral, a mudança foi amplamente adotada entre as gráficas funcionais, como birôs de comunicação visual. E algumas gráficas de embalagens relatam vendas significativas de materiais estampados digitalmente.

A pesquisa mostra também que os planos de investimento para 2018 variam de acordo com o segmento. A flexografia é a opção mais popular entre as empresas do ramo de embalagens. Na impressão comercial, a tecnologia toner digital lidera, seguida de perto pela offset e pela inkjet de grande formato.

Fonte: Drupa



Propaganda de rua volta a ser utilizada em São Paulo

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 29/01/2013

Os novos pontos de ônibus instalados na cidade de São Paulo prometem aquecer o mercado publicitário. As propagandas, anteriormente vetadas pela "Lei Cidade Limpa", agora voltam às ruas da cidade nestes locais que abrigam quem espera pela condução.

A veiculação do material ocorre a partir de março. O design inovador dos pontos permite a inclusão de anúncios sem que haja poluição visual.

Relógios que marcam o horário e a temperatura local também voltam a ter mensagens publicitárias, mas apenas no mês de maio. Para que as propagandas sejam espalhadas pelas ruas, cerca de mil novos relógios serão instalados na Capital pela empresa francesa JCDecaux – que venceu na justiça pelo direito de utilizar este meio.

Vigente desde 2007, a "Lei Cidade Limpa" proíbe propagandas em forma de outdoors, cartazes e faixas em estabelecimentos.

As propagandas em pontos de ônibus, anteriormente vetadas pela

As propagandas em pontos de ônibus, anteriormente vetadas pela "Lei Cidade Limpa", voltam às ruas de São Paulo

Fontes: Prefeitura de São PauloFolha de São Paulo