Lojas da Lacoste investem em sinalização digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 08/01/2013

A marca de roupas Lacoste investiu pesado na comunicação visual de três de suas lojas nos Estados Unidos. Para isso, a empresa escolheu a YCD Multimedia, plataforma que controla e gerencia projeções de imagens e vídeos. Os estabelecimentos escolhidos para ter a sinalização digital foram: "Lacoste Lincoln Road", "Lacoste Soho Boutique" e "Lacoste Fifth Avenue".

Os vídeos projetados apresentam a história da empresa, que foi criada em 1933 pelo tenista René Lacoste. Neles, também são mostradas as linhas de roupas, seguindo uma cronologia da marca. Todo o conteúdo é atualizado remotamente pela própria equipe da Lacoste, que foi a responsável por desenvolvê-lo.

Lacoste e sinalização digital

Três lojas da marca receberam sinalização digital e projeções de vídeo

"Estamos muito animados por trabalharmos com uma das marcas mais famosas na indústria de vestuário", comemorou Noam Levavi, CEO da YCD Multimedia. "Estas lojas, ao utilizar meios digitais, permitem que os clientes desfrutem de um ambiente luxuoso. Isso melhora a experiência do consumidor e o valor da marca", afirmou.

"Nossa ideia era apresentar a marca e, ao mesmo tempo, falar com nossos clientes de uma forma moderna", contou Peter Wiegand, gerente de projetos sênior da Lacoste. "Para isso, precisávamos de uma solução de qualidade com a qual pudéssemos atualizar constantemente o conteúdo", completou.

Fonte: DigitalSignageToday. Texto: InfoSign



Mutoh e Caldera anunciam solução de impressão digital

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 20/10/2014

Solução integra impressoras ValueJet e edição especial do RIP Caldera

Solução integra impressoras ValueJet e edição especial do RIP Caldera

A Mutoh, fabricante de impressoras, e a Caldera, desenvolvedora de softwares, firmaram parceria para lançar uma solução conjunta de impressão digital.

Trata-se de um pacote que inclui impressora Mutoh ValueJet e uma edição especial do RIP Caldera. A solução é indicada a birôs que usam dispositivos da Apple para controlar equipamentos de produção.

De acordo com as empresas, os usuários de Mac que adquirirem uma nova Mutoh ValueJet podem obter o RIP com configurações especiais para Mac minis.

O RIP Caldera incorpora ferramentas avançadas de panelização e aproveitamento de mídia, suporte a perfis ICC e automatização de tarefas. Segundo a empresa, trata-se de uma solução poderosa que ajuda os operadores a dar saída em cores consistentes e economizar insumos.

O RIP Mutoh Special Edition é baseado no VisualRIP+, da Caldera, aplicativo para fluxo de trabalho que inclui um driver de impressão, um driver recorte, APPE, CostProof e EasyMedia.

Brian Phipps, gerente geral da Mutoh America, declarou: "Estamos animados com a parceria. Passamos a oferecer uma solução Macintosh RIP para nossa linha ValueJet. O RIP apresenta muitos recursos e facilita bastante o trabalho dos usuários".

Fonte: Large Format Review



Inx lança tintas digitais têxteis e impressora cilíndrica

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 13/05/2019
Fabricante ampliou seu catálogo de tintas da linha Triangle

Fabricante ampliou seu catálogo de tintas da linha Triangle

A fabricante Inx apresentou a impressora digital cilíndrica CP100 UV e anunciou as novas tintas digitais têxteis Triangle DT8 e DT8-PRO.

A DT8 e a DT8-PRO são tintas à base d’água indicadas para impressão direta ou transferência em tecidos de poliéster (ou materiais sintéticos mistos que contenham, pelo menos, 60% de poliéster). Os insumos são compatíveis com cabeças Epson DX4, DX5, DX7 e TFP.

A impressora digital CP100 UV vem recursos de prova e prototipagem para pequenas produções em latas, garrafas e outros objetos cilíndricos. Com tintas CMYK e branca e verniz, a máquina utiliza sistema de cura UV de longa duração.

As peças estampadas pela CP100 UV podem ser testadas pela SLED, máquina que examina tintas, produtos químicos e cabeças de impressão. Ela mostra como as tintas respondem a uma ampla gama de substratos e materiais.

Jim Lambert, vice-presidente da divisão digital da Inx, declarou: “Quando a impressão digital direta em objetos começou, era mais ou menos colocar uma tinta e uma cabeça que já existiam, e ver se elas funcionariam. Mas elas avançaram muito e há cabeças específicas. Estamos agora no ponto em que os proprietários de marcas estão impulsionando a impressão digital de garrafas e embalagens cilíndricas em grandes volumes. E uma das coisas impressionantes da impressão direto em objetos é que você pode reduzir desperdícios e custos”.

Fonte: Inx