Linha de produtos DuPont Artistri recebe certificação Eco Passport

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 04/11/2018
Tintas e pré-tratamentos para estamparia têxtil ganharam selo de sustentabilidade

Tintas e pré-tratamentos para estamparia têxtil ganharam selo de sustentabilidade

A fabricante DuPont anunciou que os materiais da linha Artistri receberam a certificação Eco Passport, da Oeko-Tex. O portfólio Artistri é composto por químicos para pré-tratamentos de tecidos e tintas inkjet (ácidas, reativas, dispersas, pigmentadas e sublimáticas) para estamparia digital.

O Eco Passport, da Oeko-Tex, é um sistema independente de testes e certificações para fornecedores de produtos químicos têxteis. O selo garante que os materiais podem ser usados na produção sustentável de tecidos, além de assegurar que eles são seguros à saúde e ao meio ambiente.

Eric Beyeler, gerente de marketing da DuPont Advanced Printing, declarou: “As tintas inkjet DuPont Artistri são desenvolvidas para oferecer cores brilhantes, processamento eficiente e segurança. Estamos muito satisfeitos em anunciar essas certificações, que demonstram nosso compromisso com a saúde e a segurança dos colaboradores da indústria têxtil. Os certificados Eco Passport podem ajudar a oferecer aos nossos clientes uma medida extra de confiança no uso de nossos produtos”.

Fonte: DuPont



Tudo sobre fabricação de tinta solvente (impressão digital)

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/11/2012

Atire a primeira pedra o impressor que nunca teve problemas com tinta. Cores impressas que não correspondem às tonalidades do arquivo, entupimento das cabeças de impressão digital, falta de adesão ao substrato: tudo isso pode ter relação direta ou indireta com os insumos usados no equipamento.

O que fazer diante de problemas como esses? Entrar em contato com o fornecedor? Pedir assistência técnica? Mudar de tinta? Todas são possibilidades cabíveis. Mas para tomar a decisão acertada, nada melhor do que dominar o assunto. Conhecer características, componentes e métodos de fabricação ajuda muito na hora de comprar e usar os insumos.

Visando esclarecer os técnicos e empresários do mercado sobre tais pontos, a Gênesis, fabricante de tinta de impressão digital, encomendou ao editor do InfoSign (Luiz Ricardo Emanuelli) uma série (em 3 partes) de artigos técnicos sobre o assunto.

Na primeira parte, estão descritos os processos de dispersão, moagem, micronização e filtragem, utilizados na fabricação das tintas. Já o segundo texto aborda os elementos desses insumos: pigmentos, resinas, aditivos e solventes. A parte final trata de propriedades, como ancoragem, tensão superficial, viscosidade, entre outras.

A dispersão, uma das etapas da fabricação da tinta, é detalhada na série de artigos sobre o insumo

Texto: InfoSign. Informações de: Blog da Gênesis



Canon e Zünd desenvolvem nova solução de corte e acabamento

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 12/07/2016
Protótipo foi apresentado durante a feira Drupa 2016

Protótipo foi apresentado durante a feira Drupa 2016

A Canon, fabricante de impressoras digitais, e a Zünd, fornecedora de mesas de corte, estão desenvolvendo uma solução que visa aumentar a eficiência do fluxo de trabalho de birôs e gráficas digitais. Chamada provisoriamente de View & Cut, a máquina, cujo protótipo foi apresentado na Drupa 2016, visa automatizar o acabamento dos materiais impressos por equipamentos de grande formato da Canon. Trata-se de uma solução que une características de dispositivos da Océ e da Zünd.

A solução incorpora tecnologia EOS da Canon a um sistema que reconhece marcas de registro nos impressos e identifica automaticamente os trabalhos sobre a mesa. A tecnologia de visualização e corte converte os dados obtidos em instrução para o software Océ ProCut Vision, que processa os trabalhos com base em suas especificações, como cortes e vincos.

O equipamento poderá reduzir drasticamente a intervenção manual do operador no acabamento, além de poder aumentar a automatização das saídas de folhas ou rolos de uma ou mais impressoras de grande formato da Canon. Também oferecerá a possibilidade de aninhar vários trabalhos em folhas ou em rolos para agilizar os acabamentos.

A View & Cut ainda está em desenvolvimento e não está disponível comercialmente, mas ela mostra como os fabricantes estão pensando em novas soluções para aumentar a produtividade e a automação nos fluxos de trabalhos.

Mathew Faulkner, gerente de marketing da Canon Europa, declarou: “Esta inovação demonstra como o conhecimento da Canon pode gerar um progresso real e pragmático a ambientes de produção de impressão exigentes”.

Fonte: Graphic Display World