Kornit lança tintas néon para estamparia digital têxtil

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 09/10/2017
Insumos foram apresentados pela primeira vez na feira SGIA 2017

Insumos foram apresentados pela primeira vez na feira SGIA 2017

A Kornit, fabricante de impressoras digitais têxteis, participou da SGIA 2017, feira que ocorreu entre os dias 10 e 12 de outubro, em Nova Orleans, Estados Unidos. Para o evento, a empresa levou seus principais equipamentos para estamparia em tecidos. Além disso, lançou as tintas néon (rosa e amarela) desenvolvidas para o sistema Allegro.

Segundo a empresa, os novos insumos ajudarão os usuários do Allegro a expandir seus negócios de moda, roupas esportivas e roupas infantis. O sistema é uma única solução de impressão digital direta em tecido que não exige pré e pós-tratamentos para estampar vários tecidos, além de contar com uma linha de produção totalmente integrada.

Outro destaque da Kornit na SGIA 2017 foi o Avalanche 1000 R, indicado para a produção em massa de peças de vestuário. Trata-se de uma plataforma robusta industrial que pode imprimir até 220 roupas claras ou 160 roupas escuras por hora.

Outra impressora têxtil da Kornit é a Vulcan, que é uma alternativa digital às máquinas de serigrafia. A máquina possui um sistema com pré-tratamento e impressão do branco e CMYKRG, em sequência. A Vulcan estampa até 250 peças de vestuário por hora, tanto em roupas escuras quanto claras.

Fonte: Kornit



Sinalização digital externa e as cidades inteligentes

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 11/03/2019
Tecnologia pode ser usada para melhorar os centros urbanos

Tecnologia pode ser usada para melhorar os centros urbanos

Não há dúvida de que a sinalização digital externa está mudando a cara de muitas cidades. Não se trata apenas de empresas tentando aumentar suas receitas por meio da tecnologia; ela faz parte das mudanças pelas quais estão passando as “cidades inteligentes”.

Em 2018, 55% da população mundial estava vivendo em áreas urbanas. O número deve aumentar para 68% até 2050. São mais 2,5 bilhões de pessoas procurando por lares, serviços e empregos em centros urbanos já lotados.

As “cidades inteligentes” adotam tecnologias para melhorar serviços, e a sinalização digital externa parece ser parte fundamental desse processo, pois está em linha com as tendências físicas, tecnológicas e ambientais da atualidade. Há instalações que melhoram a vida em áreas urbanas, ao oferecer bons serviços, manter as pessoas seguras e melhorar a qualidade de vida.

Serviços melhores

A sinalização digital de autoatendimento é cada vez mais comum. Elas são quiosques interativos, máquinas de bilhetes, telas tácteis usadas em varejo e exibições automáticas em compras de drive-thru.

O reconhecimento facial pode ser o próximo passo para a sinalização digital de autoatendimento. O KFC na China está empregando exibições que sugerem refeições com base no sexo e na idade do cliente. Também na China, alguns displays externos de reconhecimento facial são usados pela polícia para monitoramento e identificação.

Segurança

Nos EUA, a sinalização digital também tem sido usada para fins não comerciais. Com as instalações existentes, as autoridades conseguem fornecer alertas meteorológicos em vários estados, a fim de avisar a população sobre furacões e possíveis desastres naturais. É um indicativo de que, em breve, veremos a sinalização digital sendo usada em tempos de crise nas cidades de todo o mundo.

Qualidade de vida

A sinalização digital pode tornar os centros urbanos lugares mais agradáveis. A cidade de Bentonville, no Arkansas (EUA), recentemente trocou alguns de seus outdoors estáticos por digitais, que permitem que vários anunciantes compartilhem o mesmo espaço, em um loop contínuo de conteúdo. Por isso, a cidade conseguiu reduzir o número total de outdoors e melhorar a aparência da região.

As tendências relacionadas às características físicas, tecnológicas e ambientais da sinalização digital externa permitem que empresas e governos ofereçam serviços melhores para um número maior de pessoas. Essas tendências e seus benefícios garantem o crescimento contínuo da sinalização digital externa nos centros urbanos. Com essa integração, todos saem ganhando.

Fonte: DigitalSignageToday



Hollanders divulga estratégia de investimentos e crescimento para 2013

Por Luiz Ricardo Emanuelli em 07/02/2013

Impressora Colorbooster XL

Impressora Colorbooster XL, para estamparia digital

A Hollanders Printing Systems, fabricante holandesa de impressoras para estamparia digital, está com uma nova estratégia, que visa expandir a sua capacidade produtiva em 2013. Os investidores Zwart Guy e Wout van der Wijk vão fortalecer a estrutura financeira e operacional da Hollanders, a fim de otimizar a fabricação das seguintes linhas de equipamentos: ColorBooster (impressoras), Colorfix (unidades de fixação), ColorWash (máquinas de lavar) e ColorEdge (máquinas de corte). A empresa garante também que novos equipamentos serão adicionados a essas séries ao longo do ano.

Wout van der Wijk é especialista em gestão estratégica de negócios. Já Zwart Guy tem um grande conhecimento sobre tecnologias e mercados de impressão digital.

hollanders_colorbooster

Hollanders é uma das líderes do mercado europeu de equipamentos para impressão em tecidos

"Ambos os investidores viram o enorme potencial no crescente mercado de estamparia digital, e se apaixonaram pelo conceito da Hollanders", afirma Peter Hollanders, fundador da empresa. "Estamos prontos para lançar equipamentos em 2013, a fim de complementar a linha ColorBooster, e essa injeção de recursos está de acordo com tais planos."

"A Hollanders tem uma posição privilegiada na Europa continental, fica em um local facilmente acessível em termos de vendas, serviços e logística", comenta Wout van der Wijk. "Estamos impressionados com a qualidade dos sistemas produzidos na empresa. Como investidores, estamos ansiosos para ajudar no crescimento da Hollanders, ainda mais em agora, com o aumento da demanda por impressão digital têxtil nos segmentos industrial, de comunicação visual, moda e decoração."

Fonte: Hollanders. Texto: InfoSign